Menu
NAS NOTÍCIAS

De artista da Disney a líder geral da Sociedade de Socorro, irmã Yee é guiada por sua confiança no Senhor


A irmã Kristin M. Yee era ainda uma garotinha quando testemunhou o poder da Sociedade de Socorro, ao sair para ministrar sentada no banco de trás da caminhonete da família.

“Eu me juntava à minha mãe quando ela saía como professora visitante, ou apenas visitava alguém em necessidade. Suas visitas não se limitavam às suas atribuições”, lembrou ela. “Minha mãe colocava todos nós, seus filhos, na parte de trás de nossa caminhonete, e observávamos ou ajudávamos enquanto ela ouvia, falava, ensinava, cozinhava, limpava e cuidava dos outros e de seus filhos. Todos amavam minha mãe porque ela os amava.

“Ela nos mostrou o que significa amar como o Salvador amaria. Vimos como é importante cuidar dos que estão ao nosso redor. Estávamos sempre fazendo comida e doando para alguém durante nossas visitas.”

Agora, como a recém-chamada segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, a irmã Yee continua a aprofundar seu testemunho sobre ministração. “Quando oferecemos bondade e sinceramente amamos e ministramos àqueles ao nosso redor, então somos bem-sucedidos, não importa o que dê certo ou errado em nosso dia, e é por isso que ‘a caridade nunca falha.’”

Uma artista talentosa e gerente da equipe de animação da Igreja, a irmã Yee provavelmente nunca esperou servir como líder geral em uma Igreja global em crescimento. Ela começa seu novo chamado em 1º de agosto. Mas ela aprendeu uma verdade comprovada desde o início: deixe Deus guiar seu caminho e você terminará exatamente onde você deveria estar.

“O Senhor está no comando e eu confio Nele”, disse ela ao Church News. “Minha esperança é que eu seja capaz de ouvi-Lo da melhor maneira possível, e fazer o que Ele quer que eu faça.”

Descobrindo talentos artísticos e um propósito divino

Kristin Yee cresceu em Sacramento, Califórnia, até que sua mãe, Jaydean Yee McKay, decidiu que seria melhor criar seus cinco filhos em um ambiente mais rural.

“Então nos mudamos para Burley, Idaho. Mudamos de estradas movimentadas para rodeios e foi lá onde vi um cowboy pela primeira vez”, disse ela, rindo.

Além da óbvia mudança de ambiente, ela também passou a apreciar a intuição de uma mãe espiritualmente sensível e a orientação por meio da oração. “Acredito que nossa vida seria muito diferente hoje se não tivéssemos nos mudado para Burley.”

Camille N. Johnson, presidente geral da Sociedade de Socorro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ao centro, posa para uma foto com a irmã J. Anette Dennis, primeira conselheira, à esquerda, e a irmã Kristin M. Yee, segunda conselheira, à direita, no Edifício dos Escritórios da Igreja em Salt Lake City, na segunda-feira, dia 4 de abril de 2022.

Camille N. Johnson, presidente geral da Sociedade de Socorro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ao centro, posa para uma foto com a irmã J. Anette Dennis, primeira conselheira, à esquerda, e a irmã Kristin M. Yee, segunda conselheira, à direita, no Edifício dos Escritórios da Igreja em Salt Lake City, na segunda-feira, dia 4 de abril de 2022.

Crédito: Scott G Winterton, Deseret News

A vida nem sempre foi perfeita para a irmã Yee e sua família, assim como não é para ninguém. Mas ela continua confiando em Deus. “Com Seu amor e orientação, posso enfrentar esses difíceis desafios familiares com esperança. Sei que Ele se importa profundamente com os relacionamentos em nossas famílias. É por isso que temos a Expiação de Jesus Cristo. Ele pode nos curar, curar relacionamentos e fornecer o bálsamo individual que é necessário em nossa vida.

“Esta é uma das mensagens que quero compartilhar.”

Quando criança, a irmã Yee descobriu seu amor e talento pela arte. “Eu sempre desenhava quando era criança. Usei muitos lápis de cor e muito papel.”

Ela ainda se lembra da emoção que sentiu na primeira vez que alguém elogiou um de seus desenhos. Mais tarde, quando adolescente, ela foi convidada a pintar um retrato do Salvador do lado de fora do templo. Ela pintou vários outros retratos de Cristo nos últimos anos.

Usar seus talentos para servir aos propósitos do Senhor, eleva a irmã Yee. Sua arte permite que ela comunique algo especial, espiritual e pessoal aos outros.

Nem todo mundo é artista. Mas a irmã Yee tem certeza de que todos têm algum talento para criar algo bonito, seja tangível ou invisível. “Como seres humanos, desenvolvemos relacionamentos. Criar é um atributo divino. Faz parte da nossa natureza divina. Oferecemos nossas criações a Ele, e Ele as magnifica.”

Ansiosa para estudar Arte na faculdade, Kristin terminou o ensino médio cedo e se mudou para San Francisco quando completou 17 anos. Embora tivesse crescido em uma família de santos dos últimos dias, aquele tempo sozinha a levou a buscar as coisas que mais importam.

“O que aprendi foi que precisava do Senhor. Foi um momento crucial na minha vida. Com tudo acontecendo ao meu redor, eu sabia que precisava de luz, e Ele era essa luz.”

Ela decidiu deixar San Francisco e mais uma vez se mudar para Idaho, desta vez para estudar na Ricks College, universidade patrocinada pela Igreja (agora BYU–Idaho) em Rexburg. Depois de obter um diploma em um curso de dois anos em Ilustração, ela se transferiu para a Universidade Brigham Young para continuar seus estudos de Artes Plásticas.

Enquanto morava em Provo, ela saiu de sua zona de conforto artística e se ofereceu para ajudar na arte conceitual de um filme estudantil do curso de Animação. Antes de se formar na BYU, ela não tinha certeza de onde seu caminho profissional a levaria, mas, mais uma vez, ela confiou no Senhor. Após a formatura, o projeto conceitual inesperadamente a conectou a uma carreira na Disney.

“Quando O colocamos em primeiro lugar, isso permite que todo o resto se encaixe em seu devido lugar”, disse ela. “Isto nos permite tomar as decisões certas e permite que o Espírito entre em nossa vida. Quando você faz isso, Ele fornece um caminho que talvez não esperássemos.”

Encontrar capacidades para servir ainda não descobertas

Para uma artista de longa data que ainda sente a alegria de criar algo em um caderno de rascunhos, ou em uma tela de computador, conseguir um emprego depois de ter se formado na Disney parece ser um sonho realizado. E, sim, a irmã Yee estava feliz por poder trabalhar, talvez na empresa de mídia de massa e entretenimento mais amplamente reconhecida do mundo.

“Trabalhar na Disney foi importante para mim, mas aprendi que não era quem eu era”, disse ela.

Seu relacionamento com Deus, e ser Sua filha, era sua identidade primária.

Ela trabalhou na Disney Interactive Studios por 13 anos, dois como artista de textura e conceito e mais 11 anos como produtora sênior. “Eu tinha talentos que não percebi na época, e o Senhor queria que eu os desenvolvesse. Recebi oportunidades inesperadas que me ensinaram a liderar e unificar equipes, desenvolver minhas habilidades de comunicação, ajudar os membros da equipe a crescer, criar estratégias e produzir conteúdo ao lado de pessoas incríveis.”

O inesperado treinamento de gerenciamento de equipes da irmã Yee na Disney veio a ser muito útil para ela quando em 2016, ela se tornou a gerente e produtora da equipe de animação da Igreja.

Ela também retornou à BYU para cursar pós-graduação, obtendo um mestrado em Administração Pública em 2019. Isso também marcou um caminho educacional que ela não esperava no início de sua carreira, mas que provou ser uma bênção pessoal e profissional.

A nova presidência geral da Sociedade de Socorro (a partir de 1º de agosto de 2022): primeira conselheira J. Anette Dennis (à esquerda), presidente Camille N. Johnson (no meio) e segunda conselheira Kristin M. Yee (à direita).

A nova presidência geral da Sociedade de Socorro (a partir de 1º de agosto de 2022): primeira conselheira J. Anette Dennis (à esquerda), presidente Camille N. Johnson (no meio) e segunda conselheira Kristin M. Yee (à direita).

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Sociedade de Socorro: Um lugar onde todas as irmãs pertencem

As lições de ministração que a irmã Yee aprendeu décadas atrás, sentada no banco de trás daquela caminhonete da família, permanecem com ela até hoje. Ela continua a descobrir a alegria de servir ao Senhor cuidando dos outros.

Ela serviu em vários chamados, desde presidente da Sociedade de Socorro da estaca, presidente das Moças da ala, professora de Doutrina do Evangelho, missionária da ala e oficiante nos templos de Salt Lake e Bountiful. Atualmente, ela serve no conselho consultivo geral da Primária.

A irmã Yee acredita fervorosamente na capacidade e na compaixão de suas irmãs da Sociedade de Socorro em todo o mundo. “Há muita necessidade de ministrar. Este é o padrão do Senhor. E a Sociedade de Socorro facilita isto de uma maneira linda.”

Como filhos de Deus, ela acrescentou, as pessoas em todos os lugares possuem a necessidade de pertencer a algo essencial e eterno. “A Sociedade de Socorro é aquele lugar onde toda irmã tem seu lugar, não importa sua circunstância, idade ou formação, ela é parte desta organização.”

A irmã Yee testemunhou uma irmandade edificante e solidária em vários ambientes. “E para onde quer que eu tenha viajado no mundo, procurei minhas irmãs da Sociedade de Socorro. Instantaneamente me sinto amada. Há uma semelhança em Cristo e em nossos testemunhos Dele.”

A transição para a Sociedade de Socorro pode ser desafiadora para algumas moças, que podem se sentir deslocadas com mulheres de diferentes gerações e circunstâncias aparentemente diferentes.

Como adolescente e jovem adulta, a irmã Yee descobriu que encontrar maneiras de servir e contribuir foi seu canal para a comunidade das irmãs da Sociedade de Socorro de todas as idades. O serviço e a ministração a ajudaram a encontrar seu lugar na Sociedade de Socorro e isso se tornou parte dela.

“Quando você recebe responsabilidades ainda jovem, percebe que a Sociedade de Socorro é algo para o qual pode contribuir e fazer parte de sua vida. Você percebe que é a sua Sociedade de Socorro”, disse ela.

Ela reconhece que a participação inicial na Sociedade de Socorro às vezes pode ser difícil para as moças. E ela oferece este conselho:

“A Sociedade de Socorro é a organização do Senhor para vocês. Vocês têm um lugar aqui e Ele precisa de vocês. Ele precisa das jovens adultas. Vocês têm os dons, talentos e a fé que o mundo precisa agora.” A Sociedade de Socorro, ela acrescentou, conecta as mulheres santos dos últimos dias através das gerações.

Independentemente da idade ou experiência, todas as irmãs da Sociedade de Socorro da Igreja estão enfrentando desafios. “E podemos compartilhar isso, mas temos que nos abrir para esta oportunidade e nos dar a chance de compartilhar e contribuir com quem somos. É preciso ter coragem, mas quando compartilhamos, começamos a perceber que realmente somos mais parecidas do que diferentes. E com isso vêm as bênçãos de compreensão e pertencimento.”

A irmã Yee sempre aprende com a experiência e a sabedoria de suas irmãs mais velhas da Sociedade de Socorro. Simultaneamente, ela é revigorada pela energia e fé que suas irmãs mais jovens da Sociedade de Socorro podem oferecer. “Somos todas amigas e irmãs no evangelho, e o serviço e a ministração podem derrubar todas as barreiras.” Em última análise, ela acrescentou, Cristo é o grande Unificador.

“Precisamos de unidade agora porque o mundo está nos dizendo para nos dividirmos”, disse ela. “Mas o Senhor está nos dizendo para nos unirmos. Encontraremos Cristo quando nos reunirmos. Sentimos esta unidade quando ministramos e quando nos reunimos para adorar em Seu nome.”

No Novo Testamento, o Senhor ensina um eterno paradoxo: “Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por causa de mim, achá-la-á.” (Mateus 16:25).

As palavras do Salvador, disse a irmã Yee, são especialmente relevantes para as mulheres santos dos últimos dias hoje, que esperam tirar o máximo proveito de sua experiência na Sociedade de Socorro.

“Se vocês querem algo da Sociedade de Socorro, deem o que têm para ela. Isso voltará para você dez vezes mais. Apenas venha e ofereça quem você é.”

A irmã Yee disse que o Senhor está ansioso para abençoar suas “ofertas” na Sociedade de Socorro, em qualquer lugar do mundo.

“Abra seu coração, compartilhe e trabalhe com os outros”, disse ela. “E então observe o Senhor pegar esta oferta e multiplicá-la. Observe-O pegar os pães e peixes que você oferece e realizar milagres em sua Sociedade de Socorro e em sua vida.”

Informação biográfica

Família: Nascida em 5 de maio de 1981, filha de Ryan Royce Yee e Jaydean Yee McKay em Sacramento, Califórnia. Ela tem quatro irmãos.

Educação: Obteve um diploma de Associada em Artes [de dois anos] em Ilustração pela Ricks College/BYU-Idaho em 2002, e um Bacharelado em Belas Artes em ilustração pela Universidade Brigham Young em 2005. Mais tarde, ela retornou à BYU para obter um Mestrado em Administração Pública, em 2019.

Carreira profissional: Trabalhou como artista de textura e conceito, e produtora sênior na Disney Interactive Studios por 13 anos. Atualmente está empregada como gerente/produtora da equipe de animação da Igreja.

Serviço na Igreja: Servirá como segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, a partir de 1º de agosto de 2022. Atualmente é membro do Conselho Consultivo Geral da Primária. Serviu em vários chamados locais, incluindo presidente da Sociedade de Socorro da estaca, conselheira e secretária da Sociedade de Socorro da ala, presidente e conselheira das Moças da ala, instrutora da classe de Doutrina do Evangelho, missionária de ala e oficiante de ordenanças nos templos de Salt Lake e Bountiful.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.