Conheça os 9 novos Setentas Autoridades Gerais

Durante a sessão da tarde de sábado da Conferência Geral de Abril de 2020, os santos dos últimos dias apoiaram nove novos setentas autoridades gerais, bem como os três membros de uma nova presidência geral dos Rapazes e 58 novos setentas de área. O Presidente Dallin H. Oaks, da Primeira Presidência, anunciou os chamados.

A seguir, leia um breve resumo de cada um dos novos setentas autoridades gerais. Um perfil mais completo sobre cada um será publicado nas próximas semanas.

Setentas Autoridades Gerais

Élder Jorge T. Becerra

Embora o Élder Jorge T. Becerra fosse tímido e tranquilo quando era jovem, seu presidente de missão lhe deu oportunidades de liderança e ele voltou para casa depois de sua missão, com o desejo de estar envolvido no trabalho do Senhor para o resto de sua vida. 

Muitas oportunidades de liderança vieram mais cedo do que o esperado. Aos 27 anos, foi chamado para fazer parte de um bispado pela primeira vez. Aos 32 anos, foi chamado bispo. Ele se sentia inadequado quando as pessoas o procuravam pedindo ajuda para resolverem seus problemas. “Não faço ideia do que estou fazendo”, disse ele ao pai.

Élder Jorge T. Becerra e irmã Debbie I. Becerra
Élder Jorge T. Becerra e irmã Debbie I. Becerra Credit: Rachel Domonique

A resposta de seu pai lhe ensinou uma lição poderosa, lembrando-o da fé demonstrada por seu presidente de missão que o ajudou a se preparar para futuros chamados de liderança, incluindo o de presidente de estaca aos 37 anos. 

“Ele disse: ‘Filho, quantos anos tem o Espírito Santo?’” disse o Élder Becerra. “Foi um grande momento de ensino para mim porque sabia que poderia fazer qualquer coisa que o Senhor me pedisse.”

A lição ficou com Élder Becerra durante muitos anos de serviço em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. 

Jorge Eduardo Torres Becerra nasceu em Salt Lake City, Utah, no dia 18 de dezembro de 1962, filho de Juan C. Becerra e Celia T. Becerra. Ele foi criado em Salt Lake City. 

Depois de servir missão de tempo integral em Arcadia, na Califórnia, o Élder Becerra se casou com Debbie Ilene Schneberger no Templo de Salt Lake, no dia 10 de agosto de 1984. O casal tem quatro filhos. 

O Élder Becerra é formado em Estudos Gerais pela Universidade de Utah e se formou em Ciências Contábeis pela Salt Lake Community College; ele também estudou Administração na Universidade de Phoenix. Tornou-se sócio do Allegis Advisor Group, uma empresa de consultoria financeira. Mais recentemente, trabalhou como consultor de investimentos da Intermountain Financial Partners. O Élder Becerra serviu como missionário de tempo integral em Arcadia, na Califórnia, tendo sido presidente dos Rapazes, conselheiro em uma presidência de missão, professor do Seminário, bispo, presidente de estaca e presidente da Missão Califórnia Arcadia. Na ocasião de seu chamado, ele estava servindo como setenta de área e membro do Quinto Quórum dos Setentas na Área Utah.  

Élder Matthew S. Holland

O Élder Matthew S. Holland não é desconhecido entre as autoridades gerais ou nas conferências gerais.

Muitos santos dos últimos dias conhecem o novo setenta autoridade geral como sendo o filho do Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos. Outros se lembram dele como o jovem de 17 anos que discursou durante a sessão do sacerdócio da Conferência Geral de Abril de 1983.

“Foi uma bênção maravilhosa, por toda a vida, ver como meus pais viveram, as coisas com as quais se comprometeram e o que eles foram convidados a fazer”, disse Élder Matthew Holland, que atualmente preside a Missão Carolina do Norte Raleigh.

Élder Matthew S. Holland e irmã Paige B. Holland
Élder Matthew S. Holland e irmã Paige B. Holland Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“No entanto, devido a todas estas experiências em primeira mão, sabemos muito sobre este chamado para pensar que estamos adequadamente prontos para cumpri-lo. Felizmente, também aprendemos que o Senhor qualifica aqueles a quem Ele chama, e estamos tendo muita fé e consolo nisso.”

Ele se lembra de que falar em uma conferência foi assustador. Preparar uma mensagem que por fim veio “linha sobre linha, preceito sobre preceito” se tornou “uma bênção inicial e reconfortante para saber que quando aceitamos as designações do Senhor, Ele nos ajuda e nos dá os pensamentos e impressões sobre aquilo que precisa ser compartilhado”.

Matthew Scott Holland nasceu no dia 7 de junho de 1966 em Provo, Utah, filho de Jeffrey R. e Patricia Holland. Casou-se com Paige Bateman no dia 20 de maio de 1996, no Templo de St. George Utah; eles têm quatro filhos.

As atividades educacionais do Élder Holland incluem três diplomas em Ciência Política — Bacharel em Artes pela Universidade Brigham Young em 1991 e Mestre em Artes e Doutor em Filosofia, ambos pela Universidade Duke, em 1997 e 2001, respectivamente.

Como professor associado de Ciência Política na BYU (2001-2009), foi nomeado presidente da Universidade de Utah Valley em 2009, servindo até seu chamado de 2018 como presidente de missão.

Seus chamados anteriores na Igreja incluem servir como missionário de tempo integral na Missão Escócia Edimburgo, professor da Escola Dominical da ala, membro do sumo conselho, conselheiro no bispado, líder de missão da ala, bispo e conselheiro dos Rapazes da ala.

Élder William K. Jackson

Depois de 23 anos como oficial médico regional no Ministério das Relações Exteriores dos EUA, o Élder William K. Jackson foi convidado a compartilhar as 20 melhores experiências que teve enquanto viveu e trabalhou nas regiões mais devastas do mundo.

Enquanto refletia sobre isto durante as semanas anteriores à sua cerimônia de aposentadoria, “todas as minhas 20 melhores experiências eram relacionadas com a Igreja ou com a família”, disse ele. Não era exatamente isso que seus empregadores do governo queriam ouvir.

William King Jackson nasceu no dia 29 de março de 1956 em Washington D.C., filho de E. William e Lois Andrey Jackson. Ele cresceu em Ojai, na Califórnia, mas também estudou no Afeganistão, na Argélia e em Honduras devido ao trabalho voluntário de seus pais.

Élder William K. Jackson e irmã Lois Andrey Jackson
Élder William K. Jackson e irmã Lois Andrey Jackson Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Depois de servir missão na Bolívia, o Élder Jackson conheceu Ann Kesler no verão de 1977. “Foi amor à primeira vista para mim”, compartilhou. “Passei o resto do verão tentando convencê-la de que eu era a pessoa certa para ela.”

Eles se casaram no dia 29 de dezembro de 1977, no Templo de Los Angeles Califórnia. Eles têm oito filhos, três dos quais são adotados — um do Camboja, um da Índia e outro do Nepal.

O Élder Jackson estudou na Universidade Brigham Young e se formou em Ciências pela Universidade da Califórnia, em Berkeley, completando seu doutorado em Medicina pela Universidade da Califórnia, em São Francisco. 

Depois de sua residência médica, “aceitamos um emprego no exterior e não voltamos por 26 anos”, disse ele. 

Eles passaram a maior parte do tempo entre muitos membros de primeira geração da Igreja e presenciaram “a mudança inacreditável na vida dessas pessoas”, disse. 

“Uma das maiores partes do meu testemunho foi observar o que o evangelho faz com estas pessoas que amamos. Ele as muda.”

O Élder Jackson serviu como presidente dos Rapazes, bispo, professor de Doutrina do Evangelho, setenta de área, presidente da Missão Índia Nova Déli (2009-2012) e missionário na Missão Bolívia La Paz (1975-1977).

Élder Jeremy R. Jaggi

Quando o Élder Jeremy R. Jaggi era adolescente, sua irmã Kristen, de 7 anos, contraiu uma bactéria que atacou seu cérebro. Os médicos disseram que ela não sobreviveria. 

O jovem Jeremy se ajoelhou ao lado de sua cama em casa na cidade de Salt Lake City e implorou ao Senhor para saber por que ela teria que morrer tão cedo. Sua irmã recebeu uma bênção do sacerdócio e, contra todas as probabilidades, sobreviveu.  

Este foi um catalisador para que Jeremy, de 17 anos, “fizesse a vontade de Deus”, levando-o a fazer um estudo sério do Livro de Mórmon pela primeira vez. Ele serviu como missionário de tempo integral na Missão Ohio Cleveland.

Élder Jeremy R. Jaggi e irmã Amy Anne Jaggi
Élder Jeremy R. Jaggi e irmã Amy Anne Jaggi Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Voltou a cair de joelhos em uma oração desesperadora anos depois, quando sua esposa, Amy, estava em trabalho de parto prematuro com seu terceiro filho. “Naquele momento, senti uma paz avassaladora — que só pode ser descrita como os braços amorosos de um Pai Celestial, me envolvendo com a calidez do Espírito Santo”, disse ele. 

Essa paz os acompanhou pelo pouco tempo que o bebê viveu e os meses de luto que se seguiram com outro aborto. “Todos passamos por ‘adversidades’ à nossa maneira”, disse ele, “mas ainda ‘contamos com toda a alegria’ que o Salvador nos proporcionou uma forma de termos paz e felicidade” (Tiago 1:2).

O Élder Jaggi é bacharel em Ciência Comportamental e Saúde pela Universidade de Utah e mestre executivo em Administração de Empresas pela Universidade Pepperdine. Estava trabalhando para a Alkermes Inc. e gerenciando imóveis comerciais na HCA Investments LLC na ocasião de seu chamado. 

Ele serviu como setenta de área, presidente da Missão Utah Ogden, professor de preparação missionária, secretário executivo assistente, bispo, presidente do quórum de élderes, conselheiro na presidência dos Rapazes da ala e líder de missão da ala. 

Jeremy Robert Jaggi nasceu em Salt Lake City, Utah, no dia 23 de março de 1973, filho de Robert Stanley Jaggi e Judy Anne Roos. Ele se casou com Amy Anne Stewart no Templo de Salt Lake, no dia 12 de junho de 1995. Eles têm cinco filhos.

Élder Kelly R. Johnson

O Élder Kelly R. Johnson se lembra de ter sido chamado como bispo aos 31 anos e com essa mesma idade ser diagnosticado com Paralisia de Bell — uma condição na qual os músculos de um lado do rosto ficam paralisados ou enfraquecidos. Foi um momento desafiador na vida, não só pelo desconforto e constrangimento causados pela doença, mas também pelas muitas novas responsabilidades que ele tinha como bispo. Contudo aquele momento difícil se tornou uma bênção, disse ele. 

“Ao passar por isso sem saber qual seria a situação a longo prazo, desenvolvi uma compaixão que têm estado comigo durante o resto de minha vida”, disse ele. “Aprendi, por experiência própria, que as pessoas passam por coisas difíceis e tristes, as quais não conseguem controlar, que afetam suas habilidades, seus sentimentos e sua confiança.”

lder Kelly R. e Terri Lynn Johnson
lder Kelly R. e Terri Lynn Johnson Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Às vezes, não é conveniente servir na Igreja do Senhor. Mas assim como o Salvador chamou Seus discípulos e imediatamente eles deixaram suas redes e O seguiram, “o que quer que nos seja pedido para fazer, estamos dispostos a fazê-lo”, disse o Élder Johnson depois de ser apoiado como setenta autoridade geral no dia 4 de abril de 2020. 

Essa é a atitude que Élder Johnson teve a vida toda. Não importa onde o Senhor o chame ou a sua família, eles vão com o coração e a mente dispostos — procurando encontrar o bem, independentemente das circunstâncias.

Kelly Ray Johnson nasceu em Pleasant View, Utah, no dia 16 de janeiro de 1963, filho de Harold Raymond Johnson Jr. e Helen Cragaun Johnson. Cresceu em Ogden, Utah, e se casou com Terri Lynn Bartrum no Templo de Salt Lake City, no dia 27 de março de 1986. Eles têm cinco filhos.

Élder Johnson se formou pela Universidade Weber State no ano de 1987 com um bacharelado em Ciências Contábeis e um MBA pela BYU em 1989. Ele trabalhou anteriormente como contador forense para a KPMG e mais recentemente, como contador forense e parceiro para Norman, Townsend and Johnson, LLC.

O Élder Johnson já serviu como setenta de área na Área Utah, professor de preparação missionária, presidente da Missão Tailândia Bangkok, presidente de estaca, conselheiro na presidência da estaca, bispo e presidente do quórum de élderes.

Élder Thierry Mutombo

O Élder Thierry K. Mutombo obteve um forte testemunho do evangelho ao receber seu chamado missionário quando jovem. Batizado com sua família aos 10 anos de idade, ele presenciou a forma poderosa como o evangelho transformou sua família depois que os missionários os encontraram e os converteram. 

Entretanto, mesmo enquanto se preparava para servir missão na Costa do Marfim, seu testemunho do Livro de Mórmon não era firme. Ele nunca o tinha lido antes. 

Élder Thierry K. Mutombo e irmã Nathalie Tshayi Mutombo
Élder Thierry K. Mutombo e irmã Nathalie Tshayi Mutombo Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Por meio da inspiração de seu chamado, o bispo do jovem Thierry o desafiou a ler o Livro de Mórmon todos os dias antes de partir para a missão. Ele até mesmo lhe deu uma chave para a capela da Igreja local para que pudesse estudar na paz e tranquilidade da biblioteca.

Por três meses, o futuro élder Mutombo ia todos os dias à capela para ler. No momento em que ele entrou no campo missionário, não só tinha desenvolvido hábitos de estudo úteis, mas também tinha ganhado um forte testemunho do Livro de Mórmon. 

“A maior ferramenta que temos para trazer as pessoas à luz do evangelho e coligar a Israel dispersa é o Livro de Mórmon”, disse ele. 

Thierry Kasuangi Mutombo nasceu em Kinshasa, República Democrática do Congo, no dia 31 de janeiro de 1976, filho de Antoine Kasuangi Mutombo e Marie Therese Matsanga Mutumbo. Casou-se com Nathalie Tshayi Sinda Mutombo em uma cerimônia civil no dia 29 de novembro de 2002; mais tarde, o casal foi selado no Templo de Joanesburgo África do Sul no dia 19 de novembro de 2004. Eles têm seis filhos. 

Élder Mutombo se formou em Gestão Empresarial pela Universidade de Cepromad no ano de 2010, depois se graduou em Gestão de Recursos Humanos pela mesma universidade em 2012. Trabalhou para a Igreja na República Democrática do Congo como supervisor no Departamento de Gestão de Materiais, gerente do Departamento de Recursos Humanos e, mais recentemente, como gerente do Departamento de História da Família. 

Élder Mutombo foi apoiado setenta autoridade geral no sábado, 4 de abril de 2020. Atualmente ele serve como presidente da Missão Maryland Baltimore, sendo que já serviu como presidente de estaca, conselheiro na presidência da estaca, líder de missão de ala, professor da Escola Dominical e secretário executivo da estaca.

Élder Adeyinka A. Ojediran

Chamar a Conferência Geral de Abril de 2020 de “um fim de semana inesquecível” para o Élder Adeyinka A. Ojediran seria um eufemismo histórico. 

Sim, o converso da Igreja foi o primeiro santo dos últimos dias nigeriano da África Ocidental a ser chamado para servir como setenta autoridade geral. Mas sua enorme gratidão e alegria foram talvez aumentadas dez vezes quando o Presidente Russell M. Nelson anunciou, nos momentos finais da conferência geral, que o terceiro templo da Nigéria seria construído na Cidade de Benin.

Élder Adeyinka A. Ojediran e irmã Olufunmilayo Omolola Ojediran
Élder Adeyinka A. Ojediran e irmã Olufunmilayo Omolola Ojediran Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“Não estava esperando por isso”, disse ele, com um grande sorriso. “Ouvir nosso profeta dizer que outro templo será construído na Nigéria foi extremamente maravilhoso. Para mim, foi uma confirmação de que o trabalho do Senhor está prosseguindo rapidamente. 

“Todos temos muito a fazer para preparar Seus filhos para Sua Segunda Vinda.”

Nascido em Ibadan, Nigéria, no dia 5 de abril de 1967, filho de Amos Adeniyi e Caroline Anike Ojediran, o jovem Adeyinka Ojediran estudou Botânica na Universidade de Ilorin no ano de 1991, antes de, mais tarde, fazer mestrado em Administração de Empresas pela Universidade Ladoke Akintola e seguir carreira na área de finanças e administração de empresas como contador profissional. 

Ele estava servindo como gerente financeiro de negócios da Shell Nigéria antes de seu chamado como setenta autoridade geral.

O Élder Ojediran disse que é grato por cada chamado da Igreja que recebeu desde que se batizou em 1990, quando tinha 23 anos. Cada designação eclesiástica lhe proporcionou crescimento pessoal e oportunidades sagradas para ajudar os outros a se desenvolverem em seus respectivos chamados e deveres.

Três anos após seu batismo, ele conheceu Olufunmilayo Omolola em uma atividade social. Os dois posteriormente começaram a namorar — mas o emprego em cidades diferentes significava que “mantínhamos contato apenas por telefone”. 

 O casamento finalmente encurtou a distância. Casaram-se na Nigéria em 1998 e foram selados no Templo de Joanesburgo África do Sul no dia 14 de novembro de 2002. Eles têm uma filha.

Élder Ojediran já serviu como presidente de ramo, bispo, conselheiro na presidência da estaca, presidente de estaca, conselheiro na presidência de missão e setenta de área na Área África Oeste.

Élder Ciro Schmeil

O Élder Ciro Schmeil sempre se esforçou para ser obediente ao Senhor, mesmo sem entender a lógica por trás de um mandamento específico. Mas logo aprendeu que “quando somos obedientes e guardamos os mandamentos, o Senhor sempre nos abençoa”.

Ao cumprir seus chamados, ele continuou a ver as bênçãos da obediência. Enquanto servia como bispo e presidente de estaca, ele teve muitas oportunidades preciosas de ver as pessoas mudando a vida por obterem um testemunho do Salvador e do Livro de Mórmon”.

Élder Ciro Schmeil e irmã Alessandra Machado Schmeil
Élder Ciro Schmeil e irmã Alessandra Machado Schmeil Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Élder Schmeil nasceu em abril de 1971 em Ponta Grossa, no Paraná, Brasil, filho de Bruno e Erica Schmeil, ambos conversos da Igreja. Ele cresceu em Curitiba, Brasil, e quando seus pais foram chamados para presidir a Missão Campinas Brasil, ele partiu para servir na Missão Utah Ogden.

O Élder Schmeil é bacharel em Estudos Arquitetônicos pela Universidade de Utah e fez MBA executivo pela Universidade de Ohio. Trabalhou no Walmart Brasil como encarregado de desenvolvimento imobiliário, como diretor de operações da Scopel, gerente geral da Cia City e como encarregado de imóveis da JBSSA.

Enquanto frequentava a Universidade de Utah, Élder Schmeil conheceu Alessandra Machado Louza, estudante da BYU, em um devocional. “Quando nos encontramos pela primeira vez no devocional, ela me ignorou totalmente”, disse ele. Mas para ele, foi amor à primeira vista.

Eles se casaram no Templo de São Paulo Brasil em julho de 1994 e terminaram seus estudos nos Estados Unidos. Eles voltaram para o Brasil por 20 anos antes de se mudarem para o Colorado e depois para a Flórida. O casal atualmente mora em Pinecrest, na Flórida, e tem dois filhos.

Élder Schmeil serviu como setenta de área, presidente de estaca, conselheiro na presidência da estaca, bispo, presidente de ramo de Jovens Adultos Solteiros e missionário na Missão Utah Ogden.

Élder Moisés Villanueva

Apesar de ter apenas 10 anos na época, o Élder Moisés Villanueva ainda se lembra de como se sentiu quando os missionários ensinaram a ele e sua família em Oaxaca, no México. 

“Lembro-me do Espírito que eles deixaram e da paz que senti no coração”, disse o recém-chamado setenta autoridade geral.

Élder Moisés Villanueva e irmã Letícia Ávalos
Élder Moisés Villanueva e irmã Letícia Ávalos Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Élder Villanueva foi batizado com quatro de seus irmãos, e sua mãe — uma mãe solo que estava criando Moisés e seus irmãos em circunstâncias difíceis — retornou à atividade da Igreja.

Enquanto Élder Villanova, na época com 18 anos, se preparava para servir missão, sua família continuou a enfrentar desafios temporais. Ele ficou com dúvidas se deveria partir e disse a sua mãe que queria ficar e ajudá-la. 

Ela respondeu: “Se você realmente quer me ajudar, vá e sirva ao Senhor.” 

Ajoelhado ao lado de sua cama ao final de seu primeiro dia na Missão Hermosillo México, ele sentiu que o Senhor estava satisfeito com sua decisão. Ele dá à sua missão o mérito pelo crescimento de seu testemunho do evangelho restaurado. 

“Esta Igreja é liderada pelo nosso Salvador Jesus Cristo”, disse o Élder Villanueva. “Ele nos conhece pelo nome. Conhece nossas necessidades, nossos desafios e nossas preocupações. Ele também conhece nossos pontos fortes e até mesmo os desejos de nosso coração.”

Moisés Villanueva Lopez nasceu no dia 13 de dezembro de 1966 em Oaxaca, Oaxaca, no México, filho de Rubén Villanueva Platas e Delfina Lopez Dominguez. Casou-se com Letícia Ávalos Lozano no Templo da Cidade do México México, no dia 30 de junho de 1995. O casal tem três filhos.

O Élder Villanueva se formou em Administração de Empresas pela Universidade Regional do Sudeste em 1997 e fez mestrado em Inovação para Melhoria de Negócios pela Tecnológico de Monterrey em 2011. Ele estava trabalhando como diretor executivo da Sertexa, uma empresa de transportes, na ocasião de seu chamado.

Élder Villanueva já serviu como setenta de área, diretor de assuntos públicos, presidente da Missão Califórnia Arcadia, conselheiro na presidência de estaca, bispo e missionário na Missão México Hermosillo.