Saiba mais sobre os 8 novos Setentas Autoridades Gerais apoiados durante a conferência geral de abril de 2021

Durante a sessão da tarde de sábado da 191ª Conferência Geral Anual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em 3 de abril, os membros apoiaram 8 novos Setentas Autoridades Gerais e uma nova Presidência Geral da Primária.

A seguir, apresentamos um breve resumo de cada novo Setenta Autoridade Geral. Um perfil mais detalhado de cada um será publicado nas próximas semanas.

Élder Sean Douglas

Sean e Ann Douglas.
Sean e Ann Douglas. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Como um jovem missionário servindo na Missão Chile Concepcion, Sean Douglas começou seu serviço no interior rural, muito diferente de onde ele cresceu. Seu “maravilhoso primeiro companheiro e treinador chileno falava espanhol na velocidade da luz”. Depois de três meses no campo missionário, ele ainda tinha dificuldades para falar e entender o idioma espanhol.

Élder Sean Douglas.
Élder Sean Douglas. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Um pacote de casa, incluindo uma fita cassete de seu pai, o mergulhou em um momento de dúvida e o deixou de joelhos. “Não estou fazendo nada de bom”, orou ele. “Não pareço estar impactando ninguém.”

Seu coração se encheu de uma pergunta ardente. “Você está aqui por mim ou você está aqui por você?”

Foi nesse momento que ele resolveu com Deus esquecer-se de si mesmo e continuar tentando. Essa determinação fez toda a diferença. “Naquela mesma noite sonhei em espanhol.”

No dia seguinte tudo foi um pouco mais fácil. “Eu podia falar um pouco melhor. Eu podia entender um pouco mais.”

“A missão catalisou meu testemunho do poder da oração e de que, quando você vai e faz o que o Senhor ordena, Ele sempre oferece uma maneira de realizar.”

Este foi um princípio padrão e verdadeiro que o guiaria o resto de sua vida.

Sean Douglas nasceu em 1964, em Salt Lake City, Utah, filho de Barbara e Leo Douglas. Casou-se com Patricia Ann Dickson — sua melhor amiga e namorada desde o colégio — no Templo de Salt Lake em junho de 1985. Ele se lembra do sábio conselho então dado a eles: “Vocês escolheram seu amor, agora amem sua escolha”. Eles são pais de quatro filhos.

Ele se formou em contabilidade pela Universidade de Utah e trabalhou como auditor antes de passar “três décadas agradáveis” na Huntsman Corporation, trabalhando como vice-presidente executivo e diretor financeiro.

Sua fé e confiança no Senhor, cimentadas durante sua juventude e missão, guiaram-no nas mudanças de carreira que os levaram à Inglaterra, onde serviu como jovem bispo; para St. Louis, Missouri; Salt Lake City, Utah; e Houston, Texas, duas vezes. Ele serviu como presidente da Missão Peru Lima Sul de 2012-2015, e o Élder Douglas servia como Setenta de Área antes de ser chamado como Setenta Autoridade Geral.

Élder Michael A. Dunn

Michael A. e Linda P. Dunn.
Michael A. e Linda P. Dunn. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Embora os pais de Élder Michael A. Dunn tenham se divorciado quando ele era criança, ele foi criado por uma mãe que lhe incutiu uma forte fé e valores. Depois de frequentar uma escola episcopal particular em Salt Lake City, ele foi transferido no segundo ano para uma escola pública de ensino médio, onde teve seu primeiro contato real com os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Élder Michael A. Dunn.
Élder Michael A. Dunn. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Quando seus novos amigos e seus pais o receberam de braços abertos, Michael desejou aprender sobre a Igreja e, por fim, se encontrou com os missionários. Os ensinamentos sobre a Trindade e a Primeira Visão de Joseph Smith “pousaram em mim com verdadeiro poder”, disse ele.

Por meio da oração e do Espírito Santo, ele sabia que o evangelho era verdadeiro e foi batizado em seu último ano do ensino médio. Desde então, Élder Dunn disse que foi “nutrido por uma série de líderes incríveis”. Ele também reconhece a providência do Pai Celestial e do Salvador ao longo de sua vida.

“Eu acredito”, disse Élder Dunn. “Sou abençoado por ser uma testemunha de Jesus Cristo e promulgar Sua vida, Sua bondade e Seu evangelho restaurado hoje.”

Michael Austin Dunn nasceu em Tucson, Arizona, em 5 de março de 1958. Ele é filho de Patricia Sargeant e James R. Dunn. Ele cresceu em Salt Lake City, Utah, e se casou com Linda Virigina Poulson no dia 1º de maio de 1980, no Templo de Salt Lake. Eles têm três filhos.

Élder Dunn recebeu o título de Bacharel em Ciências em Comunicação de Massa em 1981 e o título de Mestre em Artes em Comunicação em 2008, ambos pela Universidade de Utah. Ele foi gerente geral da KUED (PBS Utah), presidente da Dunn Communications Inc. e, mais recentemente, diretor administrativo da BYUtv e BYUradio.

Élder Dunn, que servia como Setenta de Área na época de seu chamado, serviu como presidente de missão da Missão África do Sul Joanesburgo, presidente de estaca, sumo conselheiro, bispo, conselheiro no bispado, presidente dos Rapazes da ala e missionário de tempo integral na Missão Havaí Honolulu.

Élder Clark G. Gilbert

Clark G. e Christine Gilbert.
Clark G. e Christine Gilbert. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Muitos conhecem Élder Clark G. Gilbert como presidente da BYU-Pathway Worldwide e ex-presidente da Brigham Young University-Idaho, assim como por seu desenvolvimento inovador de programas de ensino superior online nas duas universidades.

Élder Clark G. Gilbert.
Élder Clark G. Gilbert. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Ele dá crédito à definição de serviço da Igreja há duas décadas — ajudando os jovens do centro da cidade em Boston, Massachusetts — ao prepará-lo para levar as oportunidades educacionais para públicos maiores. Isso aconteceu quando ele estava ocupado cursando a pós-graduação e cuidando de sua jovem família.

“Esses jovens nem sempre tiveram muito apoio — eles se tornaram parte de nossa vida e passamos a amá-los”, disse ele. “Aprendi a ouvir o Senhor e sabia que Ele estava em suas vidas. Eu podia ouvi-Lo me dizendo o que eu precisava fazer por eles.”

O Senhor o ensinou sobre as necessidades de outras pessoas, disse Élder Gilbert. “Não era apenas que Ele estava me preparando para a educação, mas Ele estava me mostrando o que Ele poderia fazer na vida das pessoas a um nível pessoal profundo.”

Clark Gordon Gilbert nasceu em Oakland, Califórnia, em 18 de junho de 1970, filho de Paul Ensign Gilbert e Susan Carlson Gilbert. Ele cresceu em Phoenix, Arizona e se casou com Christine Calder em 5 de fevereiro de 1994, no Templo de Salt Lake. Eles têm oito filhos.

Élder Gilbert recebeu o diploma de Bacharel em Relações Internacionais em 1994 pela Universidade Brigham Young, grau de Mestre em Estudos Asiáticos em 1995 pela Universidade de Stanford, e um grau de Doutor em Administração de Empresas em 2001 pela Universidade de Harvard. Outras experiências de trabalho incluem professor da Harvard Business School, vice-presidente acadêmico associado da BYU-Idaho e presidente e CEO da Deseret News e Deseret Digital Media.

Servindo como setenta de área na época de seu chamado, Élder Gilbert também serviu como missionário de tempo integral na Missão Japão Kobe, presidente do quórum de élderes, conselheiro na presidência dos Rapazes da estaca, conselheiro na presidência da estaca e bispo.

Élder Patricio M. Giuffra

Maria Eugenia e Patricio M. Giuffra.
Maria Eugenia e Patricio M. Giuffra. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Patricio Giuffra tinha 4 anos quando seu pai morreu de câncer. Como resultado, ele cresceu questionando a Deus e se perguntando por que a vida era tão injusta.

Élder Patricio M. Giuffra.
Élder Patricio M. Giuffra. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Meu pai era um bom marido, pai e provedor”, Élder Giuffra se lembra de ter pensado. “Por que ele teve que morrer?”

Respostas e compreensão surgiram a cerca de uma década depois, quando Patricio, com 14 anos, e sua mãe conheceram os missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e aceitaram o evangelho.

“O plano de salvação me deu esperança porque entendi o propósito”, disse ele. “Meu pai preparou o caminho para nos filiarmos à Igreja.”

Um dos momentos especiais da vida de Élder Giuffra aconteceu em 1989, quando ele foi selado a seu pai e irmãos falecidos no Templo de Ogden Utah. Após a ordenança, sua mãe sussurrou: “Eu senti a presença de seu pai.”

Desde o momento em que ele foi batizado, o evangelho de Jesus Cristo tem ancorado a vida de Élder Giuffra.

“A Igreja tem sido minha vida”, disse ele. “Sinto que sempre pertenci à Igreja.”

Patricio Mauricio Giuffra Vargas nasceu em Valparaíso, Chile, em 6 de abril de 1962, filho de Lázaro Dante Giuffra Riffo e Olga Rosa Vargas Canales. Cresceu em Valparaíso, Chile, e se casou com Maria Eugenia Gonzalez Olmos no Templo de Santiago Chile, em 23 de dezembro de 1992. Eles têm quatro filhos.

Élder Giuffra se formou na Brigham Young University em 1990, com bacharelado em Ciências em Marketing e Tradução/Interpretação, e recebeu seu diploma de Mestre em Administração de Empresas, com ênfase em Marketing e Operações, pela BYU em 1994.

Ele trabalhou como gerente de compras da Woodgrain Millwork (1994-1996), gerente de vendas e gerente de operações da Alvenius Chilena (1996-1998), e como gerente geral da Carbotech Chile (1998-1999) e gerente geral da Arcotex SA (de 2000 até o presente).

Ele serviu como missionário de tempo integral na Missão Chile Osorno, secretário executivo da estaca, presidente dos Rapazes da estaca, bispo e presidente da estaca. Antes de ser chamado como Setenta Autoridade Geral, ele serviu como Setenta de Área (2015-2020).

Élder Alfred Kyungu

Lucie e Alfred Kyungu.
Lucie e Alfred Kyungu. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Em 1991, Élder Alfred Kyungu era um estudante de 24 anos na Universidade de Lubumbashi, na República Democrática do Congo, e morava com seu tio, Polydor Ngoy. Um dia, seu tio lhe disse sobre um encontro com alguns missionários, que explicariam mais sobre sua igreja — A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. “Não perca esta boa oportunidade”, alertou o tio.

Élder Alfred Kyungu.
Élder Alfred Kyungu. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Logo depois, ele e seu tio estavam se reunindo regularmente com um casal de missionários sênior de Utah.

No início, Élder Kyungu hesitou em entrar para uma nova religião estrangeira. Porém, após seis meses de discussões e muitas perguntas, Élder Kyungu e seu tio foram batizados no mesmo dia, em 21 de setembro de 1991.

Em alguns aspectos, não foi uma transição fácil. Muitos na comunidade suspeitavam da Igreja e se perguntavam se os santos dos últimos dias eram místicos ou mesmo verdadeiramente cristãos. Felizmente, os membros de seu pequeno ramo foram gentis e receptivos. Élder Kyungu e seu tio também foram fortalecidos pelo que estavam sendo ensinados. “Sabíamos que estávamos aprendendo os princípios ensinados por Jesus Cristo.”

Élder Kyungu se casou com Lucie Kabulo Malale em 28 de novembro de 1998, em Lubumbashi. Eles foram selados no Templo de Joanesburgo, na África do Sul, em 2004. Eles têm duas filhas e um filho.

Alfred Kyungu Kibamba nasceu em Kamina, República Democrática do Congo, em 31 de outubro de 1966, filho de Domitien Kyungu Nkimba e Celestine Ngoy Mbuyu.

Élder Kyungu recebeu os graus de Bacharel e Mestre em Ciências Sociais e Relações Internacionais pela Universidade de Lubumbashi. Trabalhou em vários cargos para o governo da República Democrática do Congo, e para a Igreja como coordenador de Seminários e Institutos e gerente de história da família.

Setenta de área na época de seu chamado, ele também serviu como professor do Instituto, professor da Escola Dominical da ala, conselheiro no bispado, sumo conselheiro, conselheiro na presidência da estaca e presidente da Missão Mbuji-Mayi da República Democrática do Congo, de 2016 a 2019.

Élder Alvin F. Meredith III

Alvin F. “Trip” e Jennifer Meredith.
Alvin F. “Trip” e Jennifer Meredith. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

No último ano do ensino médio de Alvin (conhecido como “Trip” entre a família e amigos) Meredith no Tennessee, ele foi selecionado como o atleta do ano em sua escola por um grupo de estudantes atletas cristãos.

Pouco depois, seu treinador o notificou de que a liderança estadual do grupo o havia desqualificado porque não reconhecia A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias como uma fé cristã.

Élder Alvin F. Meredith III.
Élder Alvin F. Meredith III. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Seu treinador, “um verdadeiro homem cristão”, pediu à organização que enviasse alguém à escola para se encontrar com o jovem atleta.

O representante da organização foi à escola e explicou 10 pontos da doutrina que ele considerava justificados em sua decisão de desqualificar o atleta santo dos últimos dias. Ao ver uma Bíblia na bolsa do homem, Élder Meredith perguntou se os dois poderiam revisar alguns versículos.

“Vimos cada um desses 10 pontos e fomos para Crônicas, Tiago, o Livro de Apocalipse e Coríntios”, disse Élder Meredith. “Minha fé foi desafiada e, através do fogo desse desafio, foi fortalecida e nunca mais vacilou.”

Élder Alvin Frazier “Trip” Meredith III nasceu em Chattanooga, Tennessee, em 22 de julho de 1970, filho de Alvin Frazier Meredith Jr. e Mary Smartt Meredith. Casou-se com Jennifer Denise Edgin em 6 de junho de 1998, no Templo de Salt Lake. Eles têm seis filhos.

Élder Meredith se formou na Universidade Brigham Young com bacharelado em Psicologia em 1994 e obteve seu mestrado em Administração de Empresas em 2001, pela Universidade de Chicago. Ele trabalhou com a GE Capital, Boston Consulting Group e Asurion.

Élder Meredith servia como presidente de missão da Missão Utah Salt Lake City Sul na época de seu chamado e serviu quando era jovem na Missão Utah Salt Lake City. Antes de ser presidente de missão, ele serviu como Setenta de Área, presidente de estaca, conselheiro da presidência de missão, bispo e professor da Escola Dominical.

Élder Carlos G. Revillo Jr.

Carlos G. e Marites F. Revillo.
Carlos G. e Marites F. Revillo. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Carlos G. Revillo Jr. desde a infância teve o desejo de servir uma missão de tempo integral, mas isso foi testado quando ele foi para a faculdade. Ele decidiu adiar sua missão por um ano para terminar o curso de Engenharia Química de cinco anos e passar nos exames de certificação do conselho nacional. Ele ficou entre os cinco primeiros nos exames do conselho e teve várias boas ofertas de emprego de empresas multinacionais. Por causa disso, ele vacilou em seu plano de ir.

Élder Carlos G. Revillo Jr.
Élder Carlos G. Revillo Jr. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Durante tudo aquilo, tive que me perguntar: ‘Será que realmente quero servir missão?’”, Disse Élder Revillo. “Tive que orar e realmente olhar para o que acredito. (…) Sei realmente que Joseph Smith foi um profeta verdadeiro e que o Livro de Mórmon é verdadeiro?”

Além disso, ele soube mais tarde que sua mãe estava orando e jejuando por ele.

Élder Revillo disse que o Espírito tocou seu coração e ele decidiu servir missão.

“Meu testemunho foi totalmente galvanizado quando servi em uma missão de tempo integral”, disse ele. “Todas as bênçãos que tenho agora, atribuo a essa decisão crítica.”

Carlos Garcia Revillo Jr. nasceu na cidade de General Santos, Filipinas, em 8 de novembro de 1965, filho de Carlos G. Revillo Sr. e Amparo Garcia Revillo. Ele cresceu em General Santos e se casou com Marites Enriquez Fernando Revillo no Templo de Manila Filipinas, em 12 de setembro de 1989.

Élder Revillo se formou na Universidade de Santo Tomas, em Manila, com um diploma de Bacharel de Ciências em Engenharia Química, em 1986. Ele trabalhou por 22 anos em vários cargos de gestão para a Procter & Gamble nas Filipinas, na região da Ásia-Pacífico e na sede global da empresa nos Estados Unidos, e também como chefe de qualidade, segurança alimentar e assuntos regulatórios na Ásia para a Kellogg Co.

Élder Revillo, que era o gerente de bem-estar e autossuficiência da Igreja nas Filipinas na época de seu chamado, serviu como presidente de missão na Missão Filipinas Quezon City. Ele serviu missão de tempo integral na Missão Filipinas Bacolod, assim como como bispo, presidente de estaca, professor do seminário e sumo conselheiro.

Élder Vaiangina Sikahema

Vaiangina e Keala Sikahema.
Vaiangina e Keala Sikahema. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Desde o momento quando começou a chamar a atenção dos recrutadores de universidades, como astro do futebol americano de uma escola de ensino médio do Arizona, Élder Vaiangina (Vai) Sikahema viveu aos olhos do público.

Ele se destacou no campo de futebol americano da Universidade Brigham Young, competindo no campeonato nacional pelos Cougars em 1984. Ele jogou profissionalmente para vários times da National Football League e foi duas vezes nomeado para o Pro Bowl, antes de fazer a transição para uma carreira de sucesso como locutor de notícias na Filadélfia.

Élder Vaiangina Sikahema.
Élder Vaiangina Sikahema. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Mas o “jogador de futebol” ou “âncora de TV” sempre foi algo que o gênio de 58 anos fez — nunca quem ele era.

“Nunca confiei em ser um atleta profissional ou um locutor como minha identidade”, disse Élder Sikahema, que foi apoiado como Setenta Autoridade Geral em 3 de abril de 2021. “Identifico-me primeiro como um filho de Deus e como um santo dos últimos dias.”

Ele também é marido, pai e portador do sacerdócio — todas identidades eternas.

Nascido em 29 de agosto de 1962, em Nuku’alofa, Tonga, filho de Sione e Ruby Sikahema, Élder Sikahema foi criado em uma família definida pela fé. Seus antepassados ​​foram alguns dos primeiros em Tonga a se filiarem à Igreja.

Tendo crescido em Mesa, Arizona, sua preparação para se tornar um boxeador profissional foi deixada de lado quando ele descobriu seus talentos no futebol. Ele não planejava servir missão de tempo integral quando aceitou uma oferta de bolsa de estudos para jogar na BYU.

“Mas eu me encontrei com rapazes profundamente comprometidos em viver o evangelho e queria ser mais como eles”, disse.

Em 1982, ele deixou o futebol universitário para servir na Missão South Dakota Rapid City.

Retornando à BYU, ele conheceu a nativa do Havaí Keala Heder. Os dois se casaram mais tarde no Templo de Mesa Arizona, em 21 de julho de 1984. Os Sikahemas têm quatro filhos.

Antes de se tornar Autoridade Geral, Élder Sikahema cumpriu vários chamados na Igreja, incluindo presidente dos Rapazes da ala, bispo, diretor regional de assuntos públicos, conselheiro da presidência da missão, presidente de estaca e Setenta de Área.