Élder Sean Douglas: ‘Enfrentando nossos furacões espirituais por acreditar em Cristo’

Resumo do discurso

Furacões são tempestades massivas que deixam para trás danos tremendos. Eles são governados por leis naturais, à medida que se formam sob condições específicas e enfraquecem quando encontram o solo. 

“Cada um de nós resistiu e ainda resistirá a furacões espirituais que ameaçam nossa paz e colocam à prova nossa fé.”

Ao vivermos o evangelho de Jesus Cristo, podemos superar esses desafios com alegria. 

“Assim como as leis naturais governam os furacões, as leis divinas governam como podemos sentir alegria durante nossos furacões espirituais.” 

Presidente Russell M. Nelson compartilhou: “Torna-se uma fórmula bastante simples: se você quer ser feliz, guarde os mandamentos.”

O inimigo da fé e da alegria é a dúvida, e a dúvida é o terreno fértil para furacões espirituais. Satanás quer levar as pessoas a este terreno fértil de dúvida, endurecer o coração das pessoas e tentá-las a diminuir sua vigilância espiritual. 

“Assim como os furacões enfraquecem sobre o solo, a dúvida é substituída pela fé à medida que construímos nosso alicerce em Cristo.”

Então, quando os furacões espirituais são vistos em sua perspectiva adequada, a capacidade de uma pessoa para vencê-los é ampliada. 

Não é necessário ter fé ou conhecimento perfeitos; no entanto, as pessoas são desafiadas a acreditar. 

“Enfrentamos melhor nossos furacões espirituais crendo em Cristo e guardando Seus mandamentos.”

Élder Sean Douglas discursa na sessão da tarde de domingo, dia 3 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Élder Sean Douglas discursa na sessão da tarde de domingo, dia 3 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Sobre Élder Douglas

  • Élder Sean Douglas foi apoiado como Setenta Autoridade Geral na conferência geral de abril de 2021. 
  • Ele serviu, quando jovem, como missionário na Missão Chile Concepción. Ele e sua esposa, a irmã Ann Douglas, foram líderes da Missão Peru Lima Sul de 2012 a 2015. 
  • Sua família viveu na Inglaterra; St. Louis, Missouri; Houston, Texas; Salt Lake City e, eventualmente, de volta a Houston.