Como vocês estão conduzindo sua vida? Élder e irmã Gay perguntam a jovens adultos durante o devocional mundial

Alguns anos antes de se casarem, o Élder Robert C. Gay dirigiu de Provo, Utah, para Rexburg, Idaho, para visitar a irmã Lynette Gay.

Quando saíram do apartamento dela, a irmã Gay perguntou ao Élder Gay se poderia dirigir o carro dele. Ela não tinha carro e já fazia algum tempo que estava habilitada para dirigir. “É claro”, ele respondeu. 

Na metade da descida de uma ladeira perto de onde ela morava, a irmã Gay lhe perguntou se havia um sinal de pare no fim da rua. De fato, havia um sinal de pare. “Por que não consegue vê-la?” perguntou o Élder Gay. 

A irmã Gay respondeu: “Porque não estou usando óculos e não consigo enxergar bem sem eles.” 

Uma imagem exibida durante o discurso do Élder Robert C. Gay no devocional mundial para jovens adultos no dia 3 de maio de 2020, mostra uma placa de pare. “Estão conduzindo sua vida com os óculos necessários para enxergar a realidade de forma clara?”, perguntou.
Uma imagem exibida durante o discurso do Élder Robert C. Gay no devocional mundial para jovens adultos no dia 3 de maio de 2020, mostra uma placa de pare. “Estão conduzindo sua vida com os óculos necessários para enxergar a realidade de forma clara?”, perguntou. Credit: Captura de tela, ChurchofJesusChrist.org

Ao contar esta experiência durante o devocional mundial para jovens adultos no domingo, dia 3 de maio, Élder Gay, da Presidência dos Setenta, perguntou: “Como vocês estão conduzindo sua vida? Estão conduzindo sua vida com os óculos necessários para enxergar a realidade de forma clara?” 

Os santos da antiga cidade de Laodiceia não tinham pecados “visíveis”, mas eram “mornos” em seu discipulado, explicou o Élder Gay. O Senhor lhes disse: “Que unjas os teus olhos… para que vejas” (Apocalipse 3:18). 

Para combater o adversário, que tem a intenção de impedir que os filhos de Deus vejam as coisas como realmente são e serão, é preciso “ver” com Seus olhos as verdades, os mandamentos e os convênios, disse ele.  

A irmã Gay compartilhou um conselho semelhante. “Talvez não vejamos ou entendamos completamente o que está nos rodeando, acima de nós ou atrás de nós”, disse ela, “mas podemos ter confiança em nossa jornada diária se ‘ouvirmos o Senhor’”.

“Onde e em que vocês colocarão os desejos de seu coração, determinará como serão capacitados, tanto para seguir em frente como para vencer na vida”, disse Élder Gay. “Hoje eu os convido a escolherem moldar sua vida com o desejo primordial de serem convertidos e de fortalecerem outras pessoas.”

Ver claramente através da confusão deste mundo

Ser convertido significa viver de acordo com as prioridades de Deus, disse o Élder Gay. Ele aprendeu esta importante lição enquanto estava sendo entrevistado por um membro sênior do Quórum dos Doze Apóstolos para servir como presidente de missão. 

Na época, o Élder e a irmã Gay tinham dinâmicas familiares desafiadoras e estavam fortemente envolvidos em grandes esforços humanitários. Ele também era sócio-gerente sênior de uma empresa de investimento global. Eles determinaram que não seria a melhor hora para servirem. 

Sem hesitar, o apóstolo disse ao Élder Gay: “Você não está entendendo. O Senhor está chamando você para salvar sua vida. Você viverá sua vida ou por convênio, ou por conveniência. Nunca há um momento conveniente para servir”. 

O Élder Gay ficou assombrado. Ele e a irmã Gay foram para casa e pensaram em espírito de oração como viveriam a vida.

“Rapidamente tomamos a decisão de servir e viver nossa vida por convênio e fazer todas as coisas que o Senhor nos pedisse”, disse o Élder Gay. “Nossa vida não tem sido a mesma desde então.”

Aqueles que vivem por convênio se lembram do Salvador Jesus Cristo — não de vez em quando, mas sempre, disse ele. “Quando vocês se lembrarem Dele, sempre terão o poder do céu com vocês para lhes auxiliar diariamente em todo e qualquer desafio que enfrentarem, pequeno ou assustador — independentemente da impressão que isto possa ter sobre vocês.

“Então, ponderem agora sobre aquilo que pode ser a coisa mais importante que precisam fazer para se lembrarem mais plenamente Dele e coloquem isto em prática.” 

Talvez alguns vejam a vida do evangelho da mesma forma como veem os limites de velocidade — vendo quantos quilômetros acima do limite de velocidade podem ir sem receber uma multa, disse ele. “No evangelho, nunca devemos pensar em quanto do mundo podemos abraçar sem passarmos dos limites. …

“Somente quando tomarem sobre si os convênios de Deus, vocês terão olhos que lhes permitirão ver claramente através da confusão deste mundo.” 

Uma imagem exibida durante o discurso do Élder Robert C. Gay durante o devocional mundial para jovens adultos no dia 3 de maio de 2020, mostra um carro dirigindo acima da velocidade máxima permitida. Élder Gay disse que não se deve pensar sobre o quanto do mundo eles podem abraçar sem cruzar a linha do evangelho.
Uma imagem exibida durante o discurso do Élder Robert C. Gay durante o devocional mundial para jovens adultos no dia 3 de maio de 2020, mostra um carro dirigindo acima da velocidade máxima permitida. Élder Gay disse que não se deve pensar sobre o quanto do mundo eles podem abraçar sem cruzar a linha do evangelho. Credit: Captura de tela, ChurchofJesusChrist.org

Ser um discípulo de Cristo significa se submeter àquilo que o Senhor possa pedir, não se importando com quão difícil ou injusto possa ser. Os desafios das provações da vida nunca serão maiores do que a Expiação de Jesus Cristo. 

“Nunca duvidem que o Senhor seja capaz de abrir todas as portas eficazes, tranquilizá-los sobre questões de fé e ajudá-los a garantir trabalho, educação e força para viver com justiça ou qualquer outra coisa que possam precisar para alcançar seu potencial máximo. … Não há erro ou dificuldade que não possa ser curada por meio Dele.”

Além de se submeterem à vontade de Deus, os discípulos de Jesus Cristo se fortalecem entre si. “Meus queridos amigos, nada é mais vital do que compartilhar a Luz de Cristo e a luz de Seu evangelho”, disse o Élder Gay. “Nada além do evangelho de Cristo pode trazer paz às nações, salvar o mundo da pobreza ou trazer a felicidade duradoura a outrem.”

Ouça a voz do Espírito 

Durante a conferência geral mais recente, o Presidente Russell M. Nelson disse: “Saber como o Espírito fala a vocês nunca foi tão importante como agora. … Reitero meu apelo a vocês para que façam tudo o que estiver a seu alcance para ampliar sua capacidade espiritual de receber revelação pessoal.”

A irmã Lynette Gay fala no domingo, dia 3 de maio de 2020, no devocional mundial para jovens adultos santos dos últimos dias. A transmissão foi feita a partir do auditório do Edifício de Escritórios da Igreja, na Praça do Templo em Salt Lake City.
A irmã Lynette Gay fala no domingo, dia 3 de maio de 2020, no devocional mundial para jovens adultos santos dos últimos dias. A transmissão foi feita a partir do auditório do Edifício de Escritórios da Igreja, na Praça do Templo em Salt Lake City. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Para ajudar Seus filhos a “verem” através das tempestades da vida, o Senhor deu o dom do Espírito Santo e a revelação pessoal, disse a Irmã Gay.

As impressões do Espírito Santo podem vir na forma de um influxo sutil, um pensamento recorrente, uma instrução clara ou até mesmo no nome de uma pessoa. Ao procurar compreender e seguir a linguagem do Espírito, “vocês serão guiados, protegidos e elevados de todas as formas necessárias”. 

“Peço carinhosamente que encarem o Salvador todos os dias — não desviem o olhar para longe”, disse a irmã Gay. “Não deixem que as dúvidas, os medos ou aquelas coisas que os mantêm acordados à noite os afastem da proteção e do poder do Espírito Santo, e das promessas de nosso Salvador, Jesus Cristo.”

A conversão e viver sob o convênio é um processo, não um evento, disse o Élder Gay. O arrependimento diário através da Expiação de Jesus Cristo fortalece a fé. 

Seja qual for o desafio ou o julgamento, lembre-se: “Não cheguei até aqui para chegar somente até aqui” — as palavras que o Élder Gay ouviu de um missionário retornado enquanto acompanhava o Élder Jeffrey R. Holland em Joanesburgo, na África do Sul. 

“Somente quando tomarem sobre si os convênios de Deus vocês terão olhos que permitirão ver claramente através da confusão deste mundo.” 

“Acredito que vocês são a maior geração de jovens adultos na história desta Igreja. Também podem ser a geração que enfrenta os maiores desafios”, disse o Élder Gay. “O Espírito pode ajudá-los a cultivar seus desejos, mas só vocês podem escolher o que desejam e só vocês são responsáveis perante Deus por esta escolha.”

O Élder Gay concluiu seu discurso com uma promessa: “Ao desejarem se esforçar sinceramente para serem convertidos, viverem sob o convênio e não conveniência, e se submeterem à vontade de Deus ao fortalecerem outras pessoas, vocês encontrarão cada bênção e milagre de que necessitam para ter sucesso nesta vida e estarem capacitados a retornar ao seu Pai Celestial e receberem a alegria eterna.” 

O devocional foi transmitido a partir de um auditório quase vazio no Edifício de Escritórios da Igreja em Salt Lake City, Utah. A música para o devocional foi pré-gravada.