Memnet Lopez: Escolher confiar no Senhor e ter esperança Nele

Nota do editor: Esta história é parte da série do Church News intitulada “Mulheres do Convênio”, em que mulheres da Igreja discutem suas experiências pessoais com o poder do sacerdócio e compartilham o que aprenderam por seguirem o conselho do Presidente Russell M. Nelson de “trabalhar com o Espírito para compreender o poder de Deus — o poder do sacerdócio” (“Tesouros Espirituais”, Conferência Geral, outubro de 2019).

Ao longo de meu tempo como membro da Igreja, sempre tive medo de que um dia pudesse perder a fé. E por ter este medo, sempre orei a Deus pedindo para que Ele me ajude a me manter no caminho duradouro da fé em Cristo e em Sua Expiação, assim como para me sustentar durante dos poderosos ventos e tempestades da vida. Continuo orando para que Deus mantenha minha fé para que quando futuras tempestades sobrevierem, eu não seja movida e vencida pelo adversário. 

Meu esforço para examinar escrituras e orar tem sido, às vezes, altamente irregular. Muitas vezes tenho sido inconsistente na prática, mas meu desejo de me conectar a Deus sempre se manteve forte e percebi que, para alcançar meu objetivo desejado, preciso ter autodisciplina. E por ter o desejo de perseverar, o estudo das escrituras e a oração se tornaram importantes e significativos para mim. 

Acredito que minha escolha de perseverar foi o Espírito me impulsionando. Nem tudo pelo que oro é respondido, mas escolho confiar em Deus e esperar por Sua sabedoria para responder às questões e perguntas maiores pelas quais eu suplico.

Memnet Lopez, membro da junta geral da Sociedade de Socorro. Memnet Lopez da junta geral da Sociedade de Socorro.
Memnet Lopez, membro da junta geral da Sociedade de Socorro. Memnet Lopez da junta geral da Sociedade de Socorro. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Em muitas pequenas experiências, Deus me ajudou a encontrar o que estou procurando por meio dos sussurros do Espírito. Estes fortes sentimentos, ou impressões do Espírito, são exemplos do poder do sacerdócio trabalhando em minha vida. Eles me ajudam a ver que Deus está atento às minhas necessidades nos momentos de desespero e fortalecem meu testemunho sobre o poder do sacerdócio em minha vida.  

Tentar fazer e melhorar a cada dia que passa, faz com que o poder do sacerdócio de Deus seja convidado para minha vida.  Entender o poder do sacerdócio me inspira a ter esperança no fato de que posso mudar o que precisa ser mudado em minha vida. O amor de Deus e Seu Espírito me motivam a melhorar e, por sua vez, Deus tem destilado Sua luz e conhecimento sobre mim, pouco a pouco. Esta destilação da verdade, vinda de Deus por meio do Espírito Santo, é o poder do sacerdócio em ação. 

Amo a maravilhosa verdade de que, como filha de Deus, tenho o direito de recorrer ao Seu poder em minha vida — a qualquer hora, em qualquer lugar. Como é sublime aprender sobre as coisas da eternidade e o poder do sacerdócio de Deus, que governa Suas incontáveis criações. Para mim, é de tirar o fôlego.

Embora Deus tenha me colocado no fogo do ourives várias vezes na vida – e ainda o faz – quero manter meus convênios com Ele, porque sei que há um inegável poder do sacerdócio que flui ao honrarmos os convênios. Deus me tornou uma pessoa mais forte conforme exerço uma fé inabalável e honro meus convênios em meio às provações da vida. 

Sinto-me armada com o poder do sacerdócio toda vez que me visto com as roupas do santo sacerdócio em Sua Santa Casa, guiada por Seu Santo Espírito. Participar da sessão de investidura me faz sentir como se estivesse momentaneamente me transformando na filha de Deus que fui concebida e destinada a ser. Sinto-me exultante quando estou no templo de Deus. Sinto-me empoderada e santificada quando realizo o trabalho no templo pelos mortos. E a paz, alegria, amor e serenidade que sinto quando estou no templo de Deus é o poder do sacerdócio manifestado a mim em toda sua sagrada majestade.  

Memnet e Marlo Lopez com seus netos em Bear Lake, em julho de 2020.
Memnet e Marlo Lopez com seus netos em Bear Lake, em julho de 2020. Credit: Cortesia de Memnet Lopez

Minha frequência ao templo traz poder de força espiritual, propósito divino e direção inspirada em minha vida. A adoração no templo me dá poder para carregar meus fardos. E embora minha frequência ao templo não resulte na remoção de minhas provações, minha capacidade de suportá-las com paciência é muito maior. 

Esta jornada mortal não é apenas para se encontrar alívio às dificuldades e dor, mas para se ganhar força e coragem para seguir em frente, continuar andando e mantendo o curso da viagem em direção a Deus no deserto da vida. Coragem e força para avançar é o poder do sacerdócio me guiando pelo caminho.   

Apesar dos comentários insensíveis e julgamentos indelicados que tenho experienciado, não me permito me sentir marginalizada ou menosprezada, porque sei quem sou. Amo meu Pai Celestial com todo o coração e alma, e aprendi que Ele me ama e que sou importante para Ele. Aprender sobre minha identidade divina, meu valor, propósito e dever para com Deus é um processo que traz o poder do sacerdócio para minha vida, conforme faço e guardo convênios sagrados. Isto, por sua vez, me ajuda a progredir eternamente. Este conhecimento é um tesouro espiritual para mim e o guardo junto ao coração.