Yvonne Hubert: Poder do sacerdócio ‘na hora precisa’

Nota do editor: Esta história é parte da série do Church News intitulada “Mulheres do Convênio”, em que mulheres da Igreja discutem suas experiências pessoais com o poder do sacerdócio e compartilham o que aprenderam por seguirem o conselho do Presidente Russell M. Nelson de “trabalhar com o Espírito para compreender o poder de Deus — o poder do sacerdócio” (“Tesouros Espirituais”, Conferência Geral, outubro de 2019).

Alguma vez você se sentiu impotente e totalmente despreparada? Como você superou isto? Você humildemente se voltou ao alto e suplicou por algum tipo de milagre? Naquele momento focado em completa submissão, como o seu milagre veio?

Yvonne Hubert, membro da junta geral das Moças.
Yvonne Hubert, membro da junta geral das Moças. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Recentemente, em um domingo, enquanto estava perto do quadro negro contemplando como e o que iria ensinar minha classe de jovens naquele dia, me senti cansada. Meu corpo estava cansado, assim como minha mente. Todos os meus quatro filhos pequenos haviam acabado de se recuperar depois uma longa semana doentes. Os efeitos de dormir pouco durante a semana e a pouquíssima preparação para a minha lição da Escola Dominical eram evidentes. Escrevi algumas ideias no quadro, mas sabia que precisaria contar com o apoio dos jovens para ajudarem com a lição naquele dia.

Cumprimentei os jovens conversando e felizes conforme entravam na sala e se sentavam em seus lugares. Então, meu maior medo se tornou realidade. O bispo colocou sua cabeça na sala e perguntou: “Irmã Hubert, tudo bem se o presidente e eu visitarmos sua classe hoje?”

Meu coração afundou ao ver o bispo e o presidente da estaca entrarem na sala. “De todos os domingos, por que hoje?” Pensei comigo mesma. Meu sorriso calmo desmentiu meu pânico crescente quando respondi: “Claro, podem entrar.” 

Virando-me para o quadro e agindo como se ainda estivesse me preparando para a lição, direcionei meu coração para o céu e supliquei ao meu Pai Celestial que me ajudasse. Ele sabia que estava despreparada para ensinar, mas também sabia o porquê. Ele sabia dos desafios que havia enfrentado naquela semana e que precisava de Seu poder e orientação.

Não me lembro do que ensinei durante aquela lição, mas me lembro de uma doce confiança enchendo minha alma. Surgiram pensamentos, ideias e perguntas que não eram meus. O Espírito, o Consolador, foi enviado para ensinar a verdade e “aquele que prega e aquele que recebe se compreendem um ao outro e ambos são edificados e juntos se regozijam” (Doutrina e Convênios 50:14-22). Apesar das difíceis circunstâncias, estava buscando fazer o meu melhor e o Senhor me abençoou com uma porção de Sua palavra na hora precisa em que necessitei (Doutrina e Convênios 84:85).

Yvonne Hubert, membro da junta geral das Moças, com seus dois primeiros netos.
Yvonne Hubert, membro da junta geral das Moças, com seus dois primeiros netos. Credit: Cortesia de Yvonne Hubert

“Todos os membros da Igreja podem exercer a autoridade delegada conforme são designados e chamados para auxiliar no cumprimento da obra do Senhor” (Manual Geral 3.4). O Pai Celestial e Jesus Cristo compartilham porções do seu divino poder do sacerdócio para nos ajudarem a executar Sua grande obra de “Levar a efeito a imortalidade e vida eterna do homem” (Moisés 1:39). Que maior obra existe do que servir com o poder de Deus e ajudar alguém a se aproximar um pouco mais Dele e de Seu Filho?

O Manual Geral ensina: “O poder do sacerdócio de Deus flui para todos os membros da Igreja — homens e mulheres — conforme guardam os convênios que fizeram com Ele. Os membros fazem estes convênios ao receberem as ordenanças do sacerdócio (Doutrina e Convênios 84:19-20)”.

As bênçãos do poder do sacerdócio que os membros podem receber incluem:

  • Orientação para sua vida.
  • Inspiração para saberem como servir os membros da família e outros.
  • Forças para perseverarem e sobrepujarem desafios.
  • Dons do Espírito para magnificarem suas habilidades.
  • Revelação para saberem como cumprir a obra para a qual foram ordenados, designados ou chamados.
  • Ajuda e força para se tornarem mais como Jesus Cristo e o Pai Celestial (Manual Geral 3.5).

Sei que qualquer pessoa se esforçando para guardar seus convênios com o Senhor pode escolher receber o poder do sacerdócio de Deus em sua vida. 

O Presidente Nelson recentemente ensinou: “Todos nós precisamos agir melhor e ser melhores do que éramos antes” (Conferência Geral de Abril de 2019). Ele também ensinou que, “Jesus Cristo … está de braços abertos, esperando e desejando nos curar, perdoar, limpar, fortalecer, purificar e santificar”. Por meio do poder do sacerdócio de Deus, todos os membros que se engajarem no chamado para avançar o trabalho de salvação, podem experienciar milagres e serão edificados e auxiliados na hora precisa em que necessitarem.