Élder Teixeira compartilha com os alunos da BYU uma das “bênçãos extraordinárias” de ser um membro fiel

O Merriam Webster Dictionary anunciou recentemente que sua Palavra do Ano para 2020, com base nas pesquisas feitas em seu dicionário online, era “pandemia”.

No dia em que a Organização Mundial da Saúde declarou a COVID-19 uma pandemia, o dicionário mostrou um aumento de 115.806% das pesquisas do mesmo dia em 2019, relatou Élder José A. Teixeira, da Presidência dos Setenta, durante um devocional no campus da BYU na terça-feira, dia 9 de fevereiro.

A origem grega da palavra “conta uma história clara”, disse Élder Teixeira, explicando que “pan” significa “todos”, enquanto “demos” significa “pessoas”, então a palavra literalmente significa “de todas as pessoas”.

“De uma forma ou outra, todos nós fomos afetados por este surto inesperado e emergência médica”, disse ele.

Entretanto, saber o que fazer em tempos difíceis é uma “bênção extraordinária” na vida dos membros fiéis da Igreja. “Pessoalmente, não consigo pensar em uma bênção mais sublime do que ter a companhia e orientação constante do Espírito Santo e ser capaz de receber conforto, paz e orientação Dele em nossa vida”, disse Élder Teixeira.

Citando as palavras do apóstolo Paulo – “Ter uma mente espiritual é vida e paz” (Romanos 8:6) – Élder Teixeira prometeu aos ouvintes: “Escolher ter uma mente espiritual vivendo uma vida digna dos suaves sussurros do Espírito Santo irá lhes fornecer orientação em suas decisões e proteção contra perigos físicos e espirituais.”

Por meio do Espírito Santo, as pessoas podem receber dons do Espírito. “A comunicação dele com seu espírito traz muito mais certeza do que qualquer comunicação que você possa receber por meio de seus sentidos naturais”, disse Élder Teixeira.

Para levar uma vida espiritual, continuou ele, as pessoas devem estar em sintonia com o Pai Celestial e o Salvador.

Além disso, ele acrescentou, “amar a Deus é ter uma mente espiritual. Cultivar um relacionamento com seu Pai Celestial em oração O manterá em sua mente e em seu coração.”

Élder José A. Teixeira, da Presidência dos Setenta, fala durante uma transmissão do devocional da BYU em 9 de fevereiro de 2021. Crédito: Captura de tela, BYUtv.org
Élder José A. Teixeira, da Presidência dos Setenta, fala durante uma transmissão do devocional da BYU em 9 de fevereiro de 2021. Crédito: Captura de tela, BYUtv.org Credit: Captura de tela, BYUtv.org

Élder Teixeira disse aos ouvintes que eles podem sentir o amor de Deus por meio da companhia do Espírito Santo. “Quando fazemos a vontade de nosso Pai que está nos Céus e nos esforçamos para permanecer no caminho que nos leva a Ele, o Espírito Santo pode nos guiar.”

As pessoas também têm uma mente espiritual quando entendem que o propósito do sacramento é lembrar do Salvador e o que Ele fez por elas, acrescentou.

“A promessa em ambas as orações do pão e da água contém a frase ‘que todos os que partilharem dele … possam ter sempre consigo o seu Espírito’ (Doutrina e Convênios 20:77, 79). Esforçamo-nos para tomar o sacramento todas as semanas porque queremos preservar e nutrir nossa espiritualidade”, disse Élder Teixeira.

Reconhecer as coisas espirituais também é ter uma mente espiritual. “Atesto que a espiritualidade é uma bênção pelo esforço consistente de nossa parte. Ao buscarmos aprender e seguir os sussurros do Espírito, podemos distinguir mais facilmente as coisas de Deus das coisas do mundo”, disse ele.

Élder Teixeira então perguntou a seus jovens ouvintes: “Vocês estão desenvolvendo sua espiritualidade?”

Graças à visão dos líderes da Igreja, existem ferramentas para ajudar no fortalecimento da espiritualidade, como o aplicativo Biblioteca do Evangelho, o programa de ministério e o “Vem, e Segue-Me“.

“Não precisamos ficar em quarentena espiritual com todos esses recursos disponíveis”, declarou Élder Teixeira.

Ele incentivou então os alunos a seguirem os sussurros do Espírito e estabelecerem metas espirituais. “Lembre-se de que sua Liahona espiritual funciona melhor quando você pratica diferenciar a voz do Espírito das vozes do mundo.”

Élder Teixeira lembrou aos alunos que o Espírito Santo é calmo, claro e confortante, trazendo paz e esperança.

Concluindo, ele testificou que ter uma mente espiritual “é realmente vida e paz, que a qualidade de vida melhora quando você está em harmonia com Deus e Seu Filho, Jesus Cristo, e que Deus o ama e está atento a você e às suas necessidades agora.”