Assista: Correndo da escuridão e violência do centro de Nova York, Élder Johnson encontrou a luz do evangelho de Jesus Cristo

O jovem Peter Johnson passou seus anos de juventude correndo. Correndo da violência. Correndo da escuridão. Correndo em busca de sua identidade.

Quando se mudou do centro da cidade de Nova York para o Havaí, ainda adolescente, sua nova paixão pelos esportes o levou para um caminho de luz, em direção ao evangelho de Jesus Cristo.

“Quando você está fugindo da escuridão, você sente medo”, disse ele. “Mas quando está correndo em direção à luz, sente esperança. Você sabe que está correndo para ter força, paz e felicidade. Todos precisamos correr para a luz.”

Élder Peter M. Johnson, Setenta Autoridade Geral atualmente servindo como presidente da Missão Inglaterra Manchester, narra sua história em um novo vídeo da Igreja, “Correr em Direção à Luz”.

O vídeo de 17 minutos, lançado na quinta-feira, dia 10 de junho, apresenta Élder Johnson sentado em um auditório, assistindo a cenas de sua vida — terminando com ele de pé, frente à frente com sua versão quando menino, com a luz sobre o palco. Élder Johnson testifica sobre a superação da decepção, distração e desânimo causadas pelo adversário, através da compreensão de nossa identidade divina.

Depois do divórcio de seus pais quando tinha 11 anos de idade, Peter teve dificuldades para saber quem ele era e onde pertencia.

A busca por sua identidade o levou a se juntar a uma gangue. Quando a violência se tornou demasiada, ele se juntou a um grupo de rap que seu irmão fazia parte. Mas a violência continuou. “Tinha que haver algo melhor”, pensou.

Ainda correndo, ainda procurando, ainda tentando encontrar a si mesmo, Peter, através de um amigo, foi apresentado à fé muçulmana. O código de saúde muçulmano o manteve longe das drogas, a qual ele viu muitos outros usando. Ele começou então a pensar mais na Divindade. “Foi um início, um começo para mim”, disse ele.

Aos 15 anos de idade, Peter entrou em um avião, a caminho do Havaí, para morar com sua mãe. Ele passou a fazer parte do time de basquete de sua escola do ensino médio e recebeu uma bolsa de estudos para jogar para a Universidade Brigham Young – Havaí (BYU-H). Ver os pais nas arquibancadas, torcendo por seus filhos, reforçou o desejo de Peter de ter uma família — uma família forte que amasse e apoiasse uns aos outros.

Em seu primeiro semestre na BYU-H, Peter se registrou em um curso do Novo Testamento e aprendeu como orar ao Pai Celestial, em nome de Jesus Cristo. Ele se ajoelhou em seu pequeno apartamento no Havaí e disse a seu Pai Celestial, pela primeira vez, que O amava.

“E então eu soube”, Élder Johnson disse. “Eu soube que havia um Pai Celestial, e que eu era Seu filho. Eu senti uma luz, … que me envolveu de uma maneira como eu nunca, nunca tinha sentido antes. Senti como se soubesse quem eu era e quem eu poderia me tornar.”  

Uma foto da família de Élder Peter M. Johnson é mostrada no novo vídeo da Igreja, “Correr em Direção à Luz”, lançado no dia 10 de junho de 2021.
Uma foto da família de Élder Peter M. Johnson é mostrada no novo vídeo da Igreja, “Correr em Direção à Luz”, lançado no dia 10 de junho de 2021. Credit: Captura de tela YouTube

Ele não precisava mais correr da escuridão: ele havia encontrado a luz. Através do arrependimento e perdão a seu alcance, ele queria correr em direção à luz.

O mundo está cheio de várias vozes que nos distraem e enganam, Élder Johnson explicou em seu vídeo. O desânimo vem.  “Podemos superar esses momentos fortalecendo nosso relacionamento com o Pai Celestial e Seu filho, Jesus Cristo”, disse ele. 

Leia o discurso de Élder Johnson na íntegra, da conferência geral de outubro de 2019, “Poder para vencer o adversário”.