Líderes da presidência geral das Moças: Metas são o processo pelo qual nos tornarmos como Jesus Cristo

Esperança, cura, progresso e alegria. Estas são as palavras que Presidente Russell M. Nelson usou para descrever o processo de mudança — que podemos experimentar por causa de Jesus Cristo.

Presidente Nelson proclamou durante a conferência geral de abril de 2021 que, “Graças à Expiação do Salvador, Seu evangelho nos convida a continuar mudando, crescendo e nos tornando mais puros. Este é um evangelho de esperança, de cura e de progresso. Portanto, o evangelho é uma mensagem de alegria! Nosso espírito se regozija a cada pequeno passo que damos.”

O programa Crianças e Jovens incentiva todos a aumentarem a fé em Jesus Cristo e a se tornarem mais semelhantes a Ele, progredindo individualmente. Isto ocorre à medida que aprendemos sobre o evangelho de Jesus Cristo, participamos do serviço e das atividades, e nos desenvolvemos pessoalmente. Seguimos o modelo de Jesus Cristo, como descrito em Lucas 2:52 — crescendo como o Salvador — social, espiritual, intelectual e fisicamente.

A presidência geral das Moças, da esquerda para a direita: irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Rebecca L. Craven, segunda conselheira.
A presidência geral das Moças, da esquerda para a direita: irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Rebecca L. Craven, segunda conselheira. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Estabelecermos e cumprirmos metas nos ajudam a progredirmos e a alcançarmos nosso potencial. Quando ouvimos a palavra “meta”, o que vem à nossa mente? Vocês se sentem ansiosos ou enxergam isso como uma oportunidade para progredir?

Incentivar a criação de metas não significa nos sobrecarregarmos. Procurar entender em que o Pai Celestial gostaria que trabalhássemos aumentará nossa fé e dependência do Salvador, Jesus Cristo. Isto é algo que muitos de nossos jovens e adultos estão aprendendo a fazer. Estamos todos aprendendo e progredindo em ritmos diferentes, e não há nada de errado com isso. 

Conheçam uma jovem que moldou sua vida com alguns princípios importantes. Tessa Turner, 15 anos de idade, de Enid, Oklahoma, é determinada, extrovertida, ama a vida e é apaixonada por balé. Ela toca violoncelo, está ocupada com a escola, adora musicais, serve na presidência de sua classe das Moças e ama sua família. Tessa também estabelece metas. Ela e sua família realizam conselhos familiares mensais para discutirem e definirem metas pessoais e familiares. Quando questionada sobre o processo de definição e cumprimento de metas, Tessa compartilhou as seguintes percepções de sua experiência:

  • Em espírito de oração, considerem como podem melhorar física, social, espiritual e intelectualmente. Em seguida, façam uma lista. 
  • Peçam ajuda ao Pai Celestial, e ouçam a orientação e o conselho do Espírito.
  • Anotem tudo. Determinem o prazo para cumprirem a meta, listem passo a passo o que deve ser feito e dependam da ajuda do Pai Celestial e de sua família. Identifiquem como a meta poderá ajudá-los a se tornarem mais como Jesus Cristo.
  • Tentem se tornar bem-equilibrados. O estabelecimento de metas é uma questão de autoaperfeiçoamento em todas as áreas da vida. O Salvador quer que nos tornemos o melhor que podemos ser. Muitas das metas que estabelecemos se tornam hábitos que, praticados regularmente, nos ajudam a nos tornarmos cada vez melhores. 
  • O verdadeiro aperfeiçoamento requer que façamos coisas difíceis.

Uma das metas de Tessa era fazer exercícios de fortalecimento corporal todas as noites durante 10 ou 15 minutos para melhorar seu desempenho no balé. Em algumas noites, isso não foi possível, e ela teve que reavaliar sua rotina e meta para que fosse possível cumpri-la, sem se sentir sobrecarregada. Ela descobriu que, quando a meta é muito difícil, ela começa a negligenciá-la e a perder o interesse, então ajustes são feitos para ajudá-la a progredir, ser constante e se sentir bem consigo mesma.

Tessa Turner, 15 anos de idade, aprendeu que estabelecer metas pode ajudá-la a se tornar mais como o Salvador.
Tessa Turner, 15 anos de idade, aprendeu que estabelecer metas pode ajudá-la a se tornar mais como o Salvador. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Tessa compartilhou que luta contra a ansiedade em algumas coisas, então estabeleceu uma meta para ajudá-la a aprender habilidades para superar sua ansiedade. Ela identificou o que causa sua ansiedade, como falar em público e se preocupar em ser perfeita. Seu pai a ajuda. Ela encontrou livros de exercícios com ferramentas para ajudá-la a lidar com sua ansiedade. A oração e o estudo das escrituras a ajudam, assim como seu serviço como conselheira da presidência de sua classe das Moças. Ela teve a oportunidade de servir em reuniões semanais de coordenação do “Compartilhe o Evangelho” com líderes adultos. Ela ganhou confiança ao compartilhar suas ideias com os adultos e descobriu que o Senhor a abençoou com sua ansiedade.

Ao resumir sua jornada com o estabelecimento de metas, Tessa disse: “Confiem no Pai Celestial. Peçam muito a Sua ajuda. Estamos aqui para trazermos luz ao mundo. Quanto mais confiarmos no Pai Celestial e em Jesus, mais longe iremos. Pude ‘ouvi-Lo’ com mais frequência. Senti-me mais digna de pedir Sua ajuda.”

Estabelecer metas não é algo fácil para todos nós, mas é possível por meio da ajuda do Senhor. Aconselhamos vocês a se ajoelharem e a orarem por algo que desejem (Alma 32:27). Perguntem, com um coração sincero, o que o Pai Celestial gostaria que fizessem. Uma moça, querendo experimentar este conselho, orou para que o Senhor a deixasse saber o que Ele queria que ela fizesse. O Espírito a inspirou a se levantar e limpar seu quarto. Ela não esperava esta resposta, mas se levantou e fez o que havia sido instruída a fazer. Enquanto tentava manter o quarto limpo, ela descobriu que estava mais feliz e podia sentir o Espírito ainda mais. Muitas vezes, Deus responde nossas orações de maneiras inesperadas.

As metas que vocês estabelecem são para vocês mesmas. O Pai Celestial as orientará quando pedirem com fé. Comecem de forma simples, mas definam suas metas com propósito. Determinem etapas específicas a serem realizadas diariamente e que as ajudarão a alcançarem suas metas. Não digam apenas: “Bem, já estou fazendo algo, então vou contar isso como minha meta.” Em vez de se concentrarem em uma lista, lembrem-se de que a experiência de estabelecer e cumprir metas os ajudará a se tornarem como o Salvador. Nenhum de vocês terá exatamente as mesmas experiências ou sucesso com os mesmos métodos. Façam ajustes, quando precisarem, e se aconselhem com amigos de confiança, com membros da família e com o Pai Celestial frequentemente (Alma 37:37). Somos filhos e filhas amados de Deus. Ele não está procurando a perfeição; Ele está procurando o aperfeiçoamento. Ao se esforçarem para se tornarem como Ele e Seu Filho, busquem e ajam de acordo com a revelação pessoal, valorizem o dom do arrependimento e procurem ser melhores a cada dia (ver o Tema das Moças).

Nossa vida atarefada nos obriga a nos concentrarmos nas coisas que fazemos no dia a dia, mas o desenvolvimento do caráter surge apenas quando nos concentramos em quem nos tornamosNosso Salvador é nosso modelo e guia. Ao nos concentrarmos na revelação pessoal, nosso Pai Celestial nos guiará no estabelecimento de metas para nos tornarmos como Jesus Cristo.