Mãe e filha terminam trilha de cavalos mundialmente famosa de 160 km

Às 5h15, Natalie Law e sua filha de 13 anos, Kyla Law, partiram de Robie Park ao leste de Squaw Valley, Califórnia, montadas em seus cavalos, Brave e Flash. Nas 24 horas seguintes, elas tentaram completar uma viagem de 160 quilômetros até Auburn.

O terreno rochoso que atravessa as acidentadas montanhas de Sierra Nevada é difícil, com subidas e descidas drásticas. Brave e Flash subiram um total de 4511 m e desceram 6096 m. As temperaturas chegaram a 37,7 graus.

Aproximadamente, apenas 50% dos cerca de 130 participantes na corrida deste ano terminaram a trilha de um dia da Western States Trail Foundation Tevis Cup de 160 km, conhecida como um dos melhores testes de resistência e equitação do mundo.

Depois de conquistar as trilhas de High Camp, Devil’s Thumb, Chicken Hawk e outras, a dupla de mãe e filha chegou ao Auburn Fairgrounds às 4:33 da manhã do dia seguinte — com 42 minutos de sobra dentro do limite de 24 horas.

Kyla Law, de 13 anos, é fotografada com Flash, seu pônei Hackney. Ela treina com Flash desde os 9 anos de idade.
Kyla Law, de 13 anos, é fotografada com Flash, seu pônei Hackney. Ela treina com Flash desde os 9 anos de idade. Crédito: Natalie Law

“Depois de cada verificação veterinária, depois de cada escalada, agradecemos a nosso Pai Celestial e pedimos a Ele que nos ajudasse a chegar ao próximo local. (…) Sinto que conseguimos fazer isso por causa Dele”, disse Natalie Law, membro da Ala Leeds 2, Estaca Washington Utah Leste.

Como parte da participação de Kyla no programa para Crianças e Jovens, “estabelecemos a meta de ir para Tevis”, disse Natalie Law ao Church News. “Quando a data começou a se aproximar, ela começou a ficar ansiosa e nervosa e estressada e não queria mais não fazer isso. (…) Eu não a deixei desistir.”

Kyla acrescentou: “Eu não teria conseguido sem ela.”

Terminar a árdua corrida foi uma lição para as duas sobre confiar uma na outra e no Senhor.

Kyla disse que a parte mais difícil da trilha foi cavalgar no escuro, exausta. O medo surgiu. Mas conversar com a mãe a ajudou a esquecer seus medos.

“Passamos muito tempo juntas, então conversamos sobre muitas coisas e ficamos mais próximas”, disse ela.

Natalie Law disse sobre sua filha: “Ela sempre foi forte.”

O testemunho de Kyla sobre a oração também se aprofundou durante a trilha de 160 km. “Eu estava tendo muitos problemas para orar (…) e durante a cavalgada, orei quase todas as horas para que os cavalos aguentassem e por mim e a minha mãe. E eu simplesmente me senti melhor depois da corrida”, disse Kyla.

Para Natalie, o maior desafio era obter calorias suficientes e se manter abastecida — o que não é uma coisa fácil de se fazer em um cavalo por horas a fio. Ela e Kyla dormiram um total de oito minutos durante essas 24 horas.

Natalie Law é fotografada com Brave, seu American Saddlebred.
Natalie Law é fotografada com Brave, seu American Saddlebred. Crédito: Natalie Law

Brave, um American Saddlebred, e Flash, um pônei Hackney, foram bem treinados para a difícil jornada e tiveram um bom desempenho. “[Brave] era o cavalo mais alto da corrida e Flash, o mais baixo, então era um par muito improvável”, disse Natalie Law.

Treinar um cavalo para uma trilha de 160 km é como treinar um corredor para uma ultramaratona, explicou ela. “Você treina nas montanhas. Você treina cavalgando em trilhas.”

A experiência da lista de desejos de treinar e terminar a Tevis juntas é algo que Natalie e Kyla disseram que vão se lembrar por muitos anos por causa de como isto fortaleceu seu relacionamento.

“Como nós treinamos a nós mesmas, passamos muito tempo juntas”, disse Natalie Law. “Nós escalamos as montanhas mais altas e pudemos olhar e ver as criações de Deus. Pudemos falar sobre as coisas espirituais da vida.”

“Acho que as pessoas se esquecem de ter aquele tempo individual com seus filhos e de se aprofundar nisso, e descobrir com o que estão lutando, e como estão emocional e espiritualmente.”

Inspirada pelo impacto que Tevis teve sobre Kyla, Natalie Law disse que está ansiosa para passar mais tempo pessoalmente com seus outros três filhos, fazendo coisas de que eles gostam. A seguir vem uma filha que adora pescar. “Eu vou conseguir um barco de pesca para ela e vamos pescar um pouco”, disse Natalie.

Kyla Law, de 13 anos, e seu pônei Hackney, Flash, cruzam a trilha rochosa a Western States Trail Foundation Tevis Cup de 160 km em 24 de julho de 2021.
Kyla Law, de 13 anos, e seu pônei Hackney, Flash, cruzam a trilha rochosa a Western States Trail Foundation Tevis Cup de 160 km em 24 de julho de 2021. Crédito: Natalie Law