Semana de Educação da BYU: Como encontrar propósito e foco como mulheres do convênio

PROVO, Utah – Manter o foco significa ser mais eficaz, disse a autora Connie E. Sokol durante a Semana de Educação da BYU na quarta-feira, dia 18 de agosto, em uma série de aulas “Mulheres do Convênio: Destemidas, fiéis e cumpridoras do nosso destino.”

Sokol repetiu as palavras de Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, que disse durante seu discurso na conferência geral de abril de 2020: “O convite do Senhor de fazermos brilhar nossa luz não se trata de aleatoriamente acenar um feixe de luz e tornar o mundo mais claro em geral. Trata-se de focarmos nossa luz para que as outras pessoas possam ver o caminho que leva a Cristo.” 

Assim como diferentes formas de luz — lanternas ou lâmpadas, por exemplo — servem propósitos diferentes, as mulheres podem ter uma variedade de propósitos ou focos. Sokol sugeriu nos voltarmos para o Senhor para determinarmos nosso propósito único: “Perguntem a Deus: Onde queres que eu esteja? Onde posso ser mais útil?”

É importante refletirmos sobre o propósito e o foco de modo atencioso e intencional, e reconhecermos que o propósito pode ir além de ações como escrever ou falar, o que, às vezes, é o que nos vem à mente quando falamos sobre este assunto. 

Sokol ofereceu outras possíveis sugestões para as mulheres: “Vocês foram chamadas para guiarem espíritos de personalidades fortes e os transformarem em homens e mulheres talentosos e fiéis? … Vocês foram chamadas para aprenderem a distinguir o bem do mal, e a se manifestarem corajosamente contra as práticas que apoiam o plano do adversário?” Algumas pessoas podem ter sido enviadas a uma situação familiar complicada, para, possivelmente, ajudar a família a progredir.

Connie E. Sokol.
Connie E. Sokol.

Se for difícil definir um propósito ou foco, sigam em frente mesmo assim.

“Se prosseguirmos, conseguiremos encontrá-lo”, disse Sokol. “Portanto, não esperem que ele chegue até vocês.”

Ela também recomendou nos concentrarmos no Senhor quando experienciarmos falta de clareza concernente ao foco correto.

Joy D. Jones, ex-presidente geral da Primária, ensinou um princípio semelhante ao dizer às mulheres, na conferência geral de outubro de 2018, que “podemos transformar a nossa lista de coisas a fazer em uma maneira de glorificá-Lo. Podemos visualizar cada tarefa como um privilégio e uma oportunidade de servir a Ele, a despeito dos cronogramas, das responsabilidades e das fraldas sujas.”

Outro recurso para determinarmos nosso foco é refletirmos sobre nossos dons espirituais individuais. Sokol explicou os dons espirituais citando Tad R. Callister, Setenta Autoridade Geral emérito e ex-presidente geral da Escola Dominical: “Para cada fraqueza, existe um dom espiritual que nos ajuda a nos tornarmos semelhantes a Deus.”

A comparação é um obstáculo comum para sermos “destemidos” em nosso foco.

Sokol contou uma história da vida da irmã Sheri Dew, vice-presidente executiva da Deseret Management Corp. e ex-membro da presidência geral da Sociedade de Socorro, que cresceu jogando basquete e queria participar do processo seletivo para o time feminino de basquete da BYU em 1971, mas começou a se questionar quando chegou na seletiva e viu as outras moças jogando. Após caminhar pelo prédio por três horas, ela foi para casa.

Muitos anos depois, a irmã Dew compartilhou essa história com as atletas da BYU. Elaine Michaelis, que treinou o time de basquete quando a irmã Dew era estudante, disse à ela que se lembrava bem do seu time de 1971, porque não havia conseguido completar a equipe naquele ano — faltou uma jogadora. 

Assim como os diferentes tipos de luz, existem maneiras diferentes de cumprimos um propósito. Néfi, o irmão de Jarede e Moisés tiveram de atravessar extensas massas de água, e cada um deles o fez de maneira diferente.

“Não precisamos duvidar porque a nossa maneira é diferente da de outras pessoas”, disse Sokol. “Todos eles receberam orientação personalizada e sob medida para si mesmos, e cada um deles confiou e agiu. Então, confiem, voltem ao alicerce da verdade e sigam o que vocês sabem que é verdadeiro.”