Em seu primeiro devocional, presidente Ashton ensina como exercer mais fé em Jesus Cristo

Em seu primeiro discurso em um devocional como presidente e primeira dama da BYU-Pathway Worldwide, presidente Brian Ashton e irmã Melinda Ashton naturalmente aproveitaram a oportunidade para apresentarem a si mesmos e sua família aos estudantes matriculados em todo o mundo no programa de educação online da Igreja. 

A irmã Ashton nasceu em Portland, Oregon. Ela recebeu seu diploma de Bacharel pela Universidade Brigham Young, cursou Medicina na Universidade Northwestern e serviu uma missão na Espanha. Presidente Ashton nasceu em Provo, Utah, recebeu diploma de Bacharel pela BYU, cursou Mestrado em Administração de Empresas na Universidade de Harvard e serviu uma missão no Peru. Os dois têm sete filhos, com idades entre 9 e 22 anos.

Entretanto, em sua primeira mensagem, transmitida na terça-feira, dia 21 de setembro, o casal também aproveitou a oportunidade para expressar sua maior expectativa para o próximo semestre: que os estudantes exerçam mais fé no Salvador Jesus Cristo.

“De todas as coisas que poderíamos esperar de vocês, por que escolhemos que vocês exerçam mais fé?”, perguntou presidente Ashton. “Como sabemos, Jesus Cristo é a fonte da verdade, dos milagres e das bênçãos. É exercendo fé em Jesus Cristo que podemos obter todas as coisas boas. Isto inclui ajuda para aprendermos de maneira mais eficaz. Ajuda para conseguirmos um emprego melhor. Ajudar para termos o suficiente para comer. Ajuda para encontrarmos uma moradia segura. Ajuda para nos darmos bem com os membros de nossa família.”

Presidente Ashton então compartilhou a promessa feita por Presidente Russell M. Nelson na última conferência geral: “Sua fé crescente em [Jesus Cristo] moverá montanhas — não as montanhas que fazem parte das paisagens que embelezam a Terra, mas as montanhas de sofrimento em sua vida. … A sua descrença é a única coisa que impedirá que Deus os abençoe com milagres para que montanhas sejam movidas em sua vida” (“Cristo Ressuscitou; a fé que temos Nele moverá montanhas“, conferência geral de abril de 2021).

A irmã Ashton recordou como se sentiu sobrecarregada em seu primeiro ano da faculdade de Medicina. Apesar de não fazer nada além de comer, dormir, frequentar aulas e estudar, suas notas nas provas não eram altas.

Ao iniciar seu segundo ano, seu marido compartilhou com ela a experiência de Presidente Henry B. Eyring, que prometeu a um de seus filhos que se ele fizesse o melhor que pudesse em seus estudos e dedicasse tempo a sua família e a seu chamado na Igreja, ele poderia ter fé que Jesus Cristo o ajudaria a realizar as obras que Deus lhe havia reservado. 

“Decidi que precisava exercer mais fé e fazer algumas mudanças em minha vida”, lembrou a irmã Ashton.

A irmã Melinda Ashton discursa durante a transmissão de um devocional para estudantes da BYU-Pathway Worldwide na terça-feira, dia 21 de setembro de 2021.
A irmã Melinda Ashton discursa durante a transmissão de um devocional para estudantes da BYU-Pathway Worldwide na terça-feira, dia 21 de setembro de 2021. Credit: Captura de tela, byupathway.org

Ela começou a perguntar ao Pai Celestial quanto tempo precisava passar estudando para se sair bem o suficiente e realizar as obras que Ele lhe havia reservado. Depois disso, quando concluía o tempo de estudo pré-determinado, ela fechava seus livros e desfrutava de todos os outros aspectos de sua vida. Embora estivesse estudando menos, ela não apenas se sentiu mais feliz, mas as notas de suas provas permaneceram as mesmas.

“O Salvador não precisava me abençoar dessa forma. Minhas notas poderiam ter baixado, disse a irmã Ashton. Mesmo que sua trajetória de vida a tenha levado a ser mãe em período integral em vez de praticar medicina, a irmã Ashton disse que acredita que Deus estava tentando lhe ensinar uma lição: “Acho que Ele queria que eu soubesse que poderia fazer as coisas sozinha, se essa fosse a minha escolha, mas se eu Lhe pedisse ajuda, Ele me ajudaria. Ele faria parte do trabalho.”

Alguns podem ter dificuldades em administrar seu tempo, enquanto outros vivenciam desafios, preocupações ou expectativas diferentes, disse presidente Ashton. “O processo de encontrarmos soluções para essas questões deve começar sempre com o exercício da fé em Jesus Cristo.”

Porque Jesus Cristo cumpriu Sua missão dada pelo Pai Celestial de se sacrificar em nome de todos, Ele recebeu poder no céu e na Terra, explicou presidente Ashton. Portanto, os milagres que as pessoas buscam dependem primeiramente do exercício da fé Nele. “No Livro de Mórmon, o profeta Morôni ensinou: ‘Ninguém, em tempo algum, fez milagres antes de exercer fé; portanto, primeiro creram no Filho de Deus’” (Éter 12:18).

“A sua descrença é a única coisa que impedirá que Deus os abençoe com milagres para que montanhas sejam movidas em sua vida.”

De acordo com Éter 12:6, a fé consiste de “coisas que se esperam e não se veem”. No caso da irmã Ashton, ela acreditava que Jesus Cristo poderia ajudá-la a se sair bem se tentasse ter mais equilíbrio em sua vida, mas não tinha certeza absoluta, então pôs isso à prova, confiando em seu conhecimento da bondade de Deus.

“Isto é o que significa exercer fé — prosseguirmos com a crença de que, se agirmos, Deus nos ajudará”, disse presidente Ashton. Ao fazermos isso, podemos ter acesso ao poder, misericórdia e graça de Deus, ou ajuda ou força divina.

A irmã Ashton acrescentou que o Salvador nem sempre fará as coisas como esperamos ou de acordo com nosso cronograma. “Mas se exercermos fé em Jesus Cristo, Ele não nos abandonará e usará Seu poder em nosso favor”, disse ela. 

Repetindo seu convite para procurarmos aumentar a fé em Jesus Cristo, presidente Ashton exortou os estudantes a “determinarem, em espírito de oração, uma ou duas coisas com as quais precisam que Deus os ajude em sua vida.” Peçam Sua ajuda. Em seguida, prossigam com fé, esperando ver a mão de Deus em sua vida em Seu tempo e a Seu modo.”

Ele então convidou os ouvintes para ajudarem outras pessoas a desenvolverem fé em Jesus Cristo.

O Pai Celestial e o Salvador querem que as pessoas tenham sucesso e sejam felizes, disse a irmã Ashton. “Conforme exercermos fé em Jesus Cristo e confiamos em seu amor, poder e sabedoria, permitimos que sua influência nos abençoe mais plenamente em nossa vida. Sei que eles os ajudarão neste semestre, se vocês pedirem com fé.”

Presidente Ashton concluiu com uma promessa: “Testifico que, ao escolherem exercer fé em Jesus Cristo, vocês verão milagres neste semestre.”

Brian Ashton, presidente da BYU-Pathway, discursa durante a transmissão de um devocional na terça-feira, dia 21 de setembro de 2021.
Brian Ashton, presidente da BYU-Pathway, discursa durante a transmissão de um devocional na terça-feira, dia 21 de setembro de 2021. Credit: Captura de tela, byupathway.org