Élder Pieper identifica 3 maneiras pelas quais estudantes e professores da BYU podem fortalecer a comunidade da universidade

A Universidade Brigham Young é uma instituição única, com uma “comunidade de excelência acadêmica e espiritual incomparável e que só poderia existir como resultado da Restauração”, disse Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral.

“Ao escolherem e serem aceitos pela Universidade Brigham Young, estudantes, professores e administradores concordam em fazer parte de uma comunidade acadêmica religiosa, unidos por um compromisso comum de buscarem o aprendizado secular e religioso pelo estudo, e também pela fé”, disse ele.  

Durante um devocional no campus, realizado no Marriott Center na terça-feira, dia 21 de setembro, Élder Pieper enfatizou que a decisão de fazer parte da comunidade da BYU desencadeia tanto o acesso aos benefícios quanto a responsabilidade de honrar o compromisso de manter seus valores e propósitos. 

Ele convidou estudantes e professores a perguntarem a si mesmos: “O que posso fazer para fortalecer a Universidade Brigham Young?” e identificou três maneiras pelas quais eles podem “trabalhar juntos” para realizarem todo o poder e força da BYU. 

1. Trabalhem para manter o Espírito Santo presente diariamente em cada aspecto da vida

Uma das características mais distintas da BYU é o reconhecimento e a incorporação do papel essencial do Espírito Santo em seus modelos de ensino e aprendizagem, disse Élder Pieper. 

“Considerem a quantidade de luz e inteligência disponível para fluir em nosso coração, lar e salas de aula, à medida que estudantes e professores trabalham para ter a companhia do Espírito Santo consigo a cada minuto de cada dia.”

Como um estudante há mais de 40 anos, ele se lembra de professores e colegas que ensinavam e aprendiam com o poder do Espírito. “Os assuntos eram seculares, mas o aprendizado era espiritual”, disse ele.

Estudantes da BYU se reúnem no Marriott Center para ouvir Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral, discursar durante um devocional no campus no dia 21 de setembro de 2021.
Estudantes da BYU se reúnem no Marriott Center para ouvir Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral, discursar durante um devocional no campus no dia 21 de setembro de 2021. Credit: Jaren Wilkey/BYU

“À medida que trabalhamos para manter nossa vida limpa ao vivermos os princípios do evangelho, o Espírito Santo virá para acelerar, revigorar, ampliar e expandir nossa mente e capacidades intelectual, tirando o máximo proveito possível do ambiente de aprendizagem único da BYU.”

2. Desenvolvam confiança e demonstrem que confiam uns nos outros e em Deus

Citando resultados de pesquisas recentes [artigo em inglês], Élder Pieper enfatizou que mais confiança aumenta o senso de inclusão, e mais inclusão gera um senso de comunidade mais forte. “Uma comunidade mais forte acelera o aprendizado e o crescimento”, disse ele. 

No início do semestre, Kevin J Worthen, Presidente da BYU, anunciou o novo Escritório de Inclusão para apoiar este esforço. “Talvez mais importante do que a criação de um novo escritório é o que cada um de nós pode fazer individualmente para gerar mais confiança dentro da comunidade da BYU”, disse Élder Pieper. 

Leia mais: Presidente Worthen da BYU compartilha sua visão de como criar uma comunidade de inclusão, com ‘corações entrelaçados em amor’

A sociedade tem sido “sugada por um gigantesco redemoinho” de conduta que destrói a confiança, como o egoísmo, o escárnio, a imposição da vontade individual sobre os outros e o uso de desinformações para desacreditar outras pessoas e favorecer a si mesmo. Estas táticas, disse Élder Pieper, têm sido usadas por Satanás desde antes da criação da Terra. 

“Hoje eu imploro que vocês não sejam sugados pelas táticas destruidoras de confiança de Satanás, só porque é isso que o resto do mundo está fazendo, especialmente contra outros membros da comunidade da BYU. Discípulos de Jesus Cristo usam Seus meios para realizarem Seus propósitos”, declarou Élder Pieper. 

Élder Pieper encorajou seus ouvintes a orarem diariamente pelos membros da comunidade da BYU e pelos líderes da Igreja, especialmente aqueles que têm responsabilidade sobre a BYU. “Posso lhes prometer que, à medida que fizerem isso, sua confiança aumentará.” 

Ele também os incentivou a “cumprirem com exatidão” o compromisso de viverem o Código de Honra e “confiarem nos outros como gostariam que eles confiassem em vocês.”

Músicos apresentam o número musical durante um devocional no campus da BYU com Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral, no dia 21 de setembro de 2021.
Músicos apresentam o número musical durante um devocional no campus da BYU com Élder Paul B. Pieper, Setenta Autoridade Geral, no dia 21 de setembro de 2021. Credit: Jaren Wilkey/BYU

“Caso sintam que sua confiança nos outros foi profundamente abalada, a ponto de não permitir que vocês possam confiar, depositem sua confiança em seu Pai Celestial. … Esta é Sua universidade. Vocês são Seus filhos. Ele os conhece melhor do que ninguém. Confiem totalmente Nele enquanto continuam a desenvolver confiança nos outros”, disse Élder Pieper.

3. Ajudem cada membro da comunidade a se sentir respeitado

Demonstrar respeito é mostrar confiança, o que é algo que requer intencionalidade para ser desenvolvido, disse Élder Pieper. “O desrespeito separa e divide. O respeito une e fortalece.” 

Ele fez referência a uma declaração compartilhada pela irmã Sharon Eubank, primeira conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, que citou as palavras de sua recém-chamada presidente da Sociedade de Socorro da ala: “O que … prometo … é que seu nome está seguro comigo. … Vou enxergá-las pelo que são, sua melhor versão. … Nunca direi algo sobre vocês que seja indelicado, que não as edifique. Peço-lhes que façam o mesmo por mim, pois francamente estou apavorada por poder decepcioná-las.”

Élder Pieper acrescentou: “O respeito motiva cada membro de uma comunidade a proteger os nomes de outros membros, a enxergarem o melhor nos outros, a não dizerem palavras que não edificam e a terem medo de desapontarem uns aos outros.” Em conclusão, Élder Pieper testificou sobre os profetas, videntes e reveladores que Deus chamou: “Sei que Presidente Russell M. Nelson foi chamado por Deus e hoje é Seu porta-voz na Terra. Sou testemunha de que seus conselheiros e os membros dos Doze são os servos que Deus chamou para liderarem Sua Igreja. Eles são uma parte importante da comunidade da BYU em virtude de seus chamados.”