Novos processos para completar, assinar e imprimir entre as mudanças para recomendações para o templo

Estacas, distritos e missões selecionadas passarão a implementar um novo processo de emissão de recomendações para o templo, com a utilização da ferramenta on-line Recursos para Líderes e Secretários (LCR), por líderes locais do sacerdócio de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias para completar, assinar e imprimir a maioria das recomendações.

O processo permite que presidentes de estaca, distrito e missão determinem com seus bispos e presidentes de ramo se as recomendações terão as assinaturas digitais ou físicas dos líderes, sendo este último o método atual de assinatura e autorização das recomendações.

O novo processo é uma das várias mudanças que os membros começarão a ver com a maioria das recomendações utilizadas para entrarem nos templos da Igreja e participarem de ordenanças, adoração e instrução.

A recomendação usada por membros sem investidura para participarem de batismos e confirmações vicários tem um modelo atualizado, e a designação “recomendação de uso limitado” não será mais utilizada.

O novo modelo de recomendações para batismos e confirmações vicários mostra que o portador está autorizado a participar apenas dessas ordenanças. Estas recomendações continuarão a ser processadas e impressas em Recursos para Líderes e Secretários (LCR), com a recomendação ativada ao ser impressa.

O processo para o recebimento de uma recomendação para ordenanças próprias — investidura própria ou selamento ao cônjuge — não muda, com o preenchimento de recomendações obtidas de um livro pré-impresso pelo bispo ou presidente de ramo e assinaturas físicas de líderes do sacerdócio que conduzem as entrevistas.

Com exceção das recomendações para a realização de ordenanças próprias, todas as recomendações para o templo emitidas em uma unidade serão feitas em Recursos para Líderes e Secretários (LCR).

Para os membros, o processo de entrevista continua o mesmo — se reunir com um membro do bispado ou presidente do ramo e, em seguida, com um líder da estaca, da presidência do distrito ou da missão — além de uma assinatura física do membro. As recomendações para a realização de batismos e confirmações vicários requer entrevistas apenas em nível de ala ou ramo.

O uso de assinaturas digitais pelos líderes do sacerdócio que conduzem entrevistas, visto como o método mais seguro para a emissão de recomendações, é aconselhável.

Os membros que receberam uma recomendação do modelo antigo podem continuar a usá-la até sua data de vencimento.