Reunir-se em conselho com classes das Moças e quóruns do Sacerdócio Aarônico

Quem tem estado em nossas mentes ultimamente? Como podemos ajudar essas pessoas?

Quem precisa de nossa ajuda e orações? O que nos sentimos inspirados a fazer para ajudá-los?

Como podemos alcançar as pessoas como Cristo faria quando vemos uma necessidade e não sabemos o que dizer?

Essas perguntas são exemplos da seção “Reunir-se em conselho” dos esboços das lições do “Vem, e Segue-Me” das Moças e do Sacerdócio Aarônico. Imaginem as conversas poderosas que poderiam ocorrer em uma classe, ou quórum, após perguntas como essas. Fazer esse tipo de pergunta aberta ajuda a classe inteira a se concentrar nos outros e a abrir o coração e a mente para a revelação.

O Senhor usa Sua juventude para realizar milagres na coligação de Israel. As moças e os rapazes valorizam as oportunidades de contribuir para o trabalho de salvação e fazer a diferença na vida de seus colegas, alas e comunidades. A seção “Reunir-se em conselho” da reunião dominical é uma oportunidade para os jovens se unirem na causa de Cristo para trazerem almas a Ele.

A presidência geral das Moças: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Rebecca L. Craven, segunda conselheira.
A presidência geral das Moças: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Rebecca L. Craven, segunda conselheira. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

O horário da reunião em conselho às vezes pode começar com um silêncio que causa um certo incômodo. Às vezes, é preenchido pelos líderes adultos sugerindo coisas que os jovens poderiam ou deveriam estar fazendo, ou perguntando, sobre o que aconteceu durante a semana – os altos e baixos. Outras vezes, ele é muito curto ou até mesmo ignorado para começar a lição. Como resultado, muitos se perguntam: “Qual é o propósito da seção “Reunir-se em conselho”? E como usamos esse tempo de forma mais eficaz?” 

O objetivo

À medida que as presidências de classe pensam sobre como envolver os alunos no trabalho de salvação e exaltação — “viver o evangelho, cuidar dos necessitados, compartilhar o evangelho e unir as famílias para a eternidade” (Manual Geral 1.2) — eles experimentarão revelação e sentirão a alegria de serem instrumentos nas mãos do Senhor. Dedicar tempo para ensinar os jovens a aconselhar, e depois permitir que o façam, renderá aprendizados valiosos em seu crescimento espiritual e os preparará para futuras oportunidades de liderança.

Como usar o tempo de forma eficaz

Permitam que as presidências de classe e de quórum determinem como usar o tempo e em que se concentrar. Isso é feito na reunião da presidência. A preparação para liderar a seção “Reunir-se em conselho” aumentará sua confiança e os ajudará a direcionar a conversa de maneira inspirada. Então, o incômodo silêncio desaparecerá.

O currículo do “Vem, e Segue-Me” para os jovens fornece exemplos de perguntas que podem ajudar os líderes dos jovens a conduzirem o debate. Ensinem-nos a fazerem perguntas adicionais – essa é a melhor maneira de ter conversas relevantes e focar nas necessidades. Então, atribuições significativas podem ser feitas. Lembren-se de que as perguntas feitas não são tão importantes quanto o objetivo final: fortalecer a fé em Jesus Cristo e realizar o trabalho de salvação e exaltação.

Coloquem o Salvador no centro

O elemento mais importante do aconselhamento é buscar a vontade do Pai Celestial e de Jesus Cristo. Ajudem os líderes dos jovens a se concentrarem em fazer Seu trabalho à Sua maneira. Vocês podem fazer perguntas como: “Como o Salvador procuraria realizar essa tarefa? O que já sabemos sobre Ele que pode nos ajudar a enfrentar esse desafio? Como Ele nos ajudará a cumprir essa designação — mesmo estando ocupados?” Ao buscarmos realizar Sua obra, precisamos lembrar que “[Podemos] todas as coisas naquele que [nos] fortalece” (Filipenses 4:13).

Será perfeito? Não. Essa responsabilidade dará espaço a tarefas não cumpridas e incômodos silêncios? Sim. Haverá necessidade de continuar a ajudar os jovens a realizar a obra do Senhor? Sempre. Haverá crescimento na juventude? Lento e firmemente. Haverá revelação e fé crescente em Jesus Cristo e milagres poderosos? Sem dúvidas.

Reunirem-se em conselho trará grandes bênçãos. O Senhor está interessado no sucesso dessas discussões. Ele os abençoará e os magnificará ao ajudarem sua presidência de classe e quórum a liderar com mais eficiência a seção “Reunir-se em conselho” de classes e reuniões de quórum. Juntos eles podem descobrir o que Deus quer que eles façam. Lembrem-se, haverá milagres.