Menu
NAS NOTÍCIAS

O que uma família aprendeu sobre o poder das letras no Festival de Música da Igreja de 2022

Concerto anual apresenta composições originais, letras e arranjos enviados por membros em todo o mundo

Chacon_Family.jpeg

A família Chacon apresenta “I Will Say a Prayer” no Festival de Música da Igreja de 2022 no Teatro do Centro de Conferências em Salt Lake City no sábado, 6 de agosto de 2022.

Ben B. Braun, Deseret News


Quando Sayuri Chacon ora, ela sabe que o Pai Celestial a ouvirá. Este é um simples testemunho que a jovem de 15 anos recebeu enquanto cantava com sua família no Festival de Música da Igreja de 2022.

“Às vezes você sente que, no mundo, as pessoas não ouvem, mas quando você faz uma oração, Ele está sempre lá para ouvir”, disse ela.

Sayuri, juntamente com seus pais e cinco irmãos entre 8 e 16 anos, cantou a música “I Will Say a Prayer” [“Farei uma Prece”] durante o concerto no sábado, 6 de agosto.

“I Will Say a Prayer”, com letra e música de Janice Kapp Perry, foi uma das 17 obras originais premiadas, apresentadas no Festival de Música da Igreja de 2022 com o tema “Alegrai-vos!” O concerto ao vivo foi apresentado no Teatro do Centro de Conferências, na Praça do Templo, em Salt Lake City, e foi transmitido on-line na página de transmissões ao vivo da Igreja.

Tsukie Chacon, mãe de Sayuri, disse que enquanto sua família ensaiava a música nas últimas semanas, ela viu como a repetição da letra os fortaleceu.

“Agora entendo o propósito de aprender ou memorizar hinos e escrituras”, disse Tsukie, que nasceu no México e hoje mora em Highland, Utah. “Eu vejo a importância disso em nossa vida diária.”

O Festival anual de Música da Igreja apresenta músicas e letras originais da Igreja, enviadas por membros de todo o mundo através da página de Envio de Músicas da Igreja. O Envio de Músicas da Igreja incentiva o desenvolvimento de talentos musicais e traz à luz novas obras musicais, convidando os santos dos últimos dias a enviarem músicas originais para consideração, incluindo hinos e canções infantis, arranjos para coros, solistas e instrumentistas, e hinos para coros.

Katie Bastian, gerente de música do Departamento de Sacerdócio e Família da Igreja, disse: “Embora todos tenhamos experiências, provações e culturas diferentes, a música é uma linguagem universal da qual todos podemos nos beneficiar, sejam criadores, intérpretes ou ouvintes. Nossa esperança é que todos os participantes sintam o amor do Pai Celestial e de Jesus Cristo.”

Uma coisa que torna o Festival de Música da Igreja único, acrescentou, é que muitos dos compositores e autores da letra originais participam pessoalmente para ouvir suas criações ganharem vida, alguns pela primeira vez.

O concerto abriu com “The Day Dawn Is Breaking” (“O Mundo Desperta”), um arranjo de Suzanne Ostler Shippen, interpretado por um coro de várias idades. A jovem artista Elle Hirst cantou “Along the Covenant Path” [Ao Longo do Caminho do Convênio], letra e música de Jocelyn Parker Parmer. Joshua Yordy cantou sua música original “Follow Me” [Segue-Me], e um quarteto masculino cantou “Touch Thou My Eyes” [Toca Meus Olhos], letra de Jan Pinborough e música de Michael Finlinson Moody.

Outras canções incluíam uma apresentação de violoncelo e piano de “Nearer, My God, to Thee” (“Mais Perto Quero Estar”), arranjada por Heather G. Badger, e um videoclipe de “It is Glorious” [“É Glorioso”], letra e música de Marie Pearson Tarbet e Larry Pearson. O coro encerrou o concerto com “Come, Rejoice!” [Venha, Regozije-se], organizado por Tami N. Petersen.

Apenas algumas das mais de 70 músicas premiadas foram apresentadas durante o concerto. Entre os vencedores estavam membros da Nigéria, República Democrática do Congo, Inglaterra, Canadá e vários estados dos E.U.A.

Emma Lounsbury e Maleia Robinson participaram pela primeira vez, enviando canções contemporâneas, e ambas foram premiadas.

Originalmente de Oregon, Lounsbury começou a fazer arranjos e compor músicas no piano aos 8 anos de idade. Ela escreveu sua música “I Have You” [Tenho Você] quando era adolescente. A música comunica seu relacionamento com Deus e como ela confiou Nele para superar dificuldades, solidão e desespero.

“A música para mim é apenas uma maneira de comunicar minhas experiências, contar histórias e expressar as coisas do meu coração”, disse ela.

Lounsbury acrescentou que se sente honrada em compartilhar uma música, que é significativa para ela, com outras pessoas. “Minha esperança é que minha música seja capaz de se conectar e ressoar com eles”, disse ela sobre aqueles que ouvem.

Robinson, que cresceu em Orange County, Califórnia, escreveu a música “Remember” [Lembre-se], enquanto refletia sobre o que mais importa para ela: a família. Ela expressou gratidão pela oportunidade de compartilhar seu testemunho através da música.

“Servi missão em Cincinnati, Ohio, como missionária de proselitismo, e depois voltei para casa como missionária de serviço. E sempre senti que minha missão precisava continuar”, disse Robinson ao Church News. “Sinto que a música é minha maneira de cumprir essa missão e compartilhar meu testemunho de Jesus com os outros.”

As partituras deste concerto estarão disponíveis para download gratuito em ChurchofJesusChrist.org/music/library/submitted-music-2012-present [em inglês]. A gravação do Festival de Música da Igreja de 2022 será arquivada na Biblioteca do Evangelho, no aplicativo Música da Igreja e na Mídia do Evangelho para visualização sob demanda.

NEWSLETTER
Receba destaques do Church News entregues semanalmente na sua caixa de entrada grátis. Digite seu endereço de e-mail abaixo.