A Primeira Presidência desencoraja a viagem internacional de líderes e membros para a conferência geral de abril devido às preocupações com o coronavírus

A Primeira Presidência anunciou que as sessões de liderança da próxima conferência geral de abril de 2020 foram adiadas, devido às preocupações crescentes com a propagação do coronavírus.

O anúncio foi feito por meio de uma declaração da Igreja, publicada no Newsroom na quinta-feira, dia 27 de fevereiro.

“Com muita cautela e profunda preocupação com as considerações globais de saúde, assim como em consideração por todos que foram ou podem ser afetados pelo vírus COVID-19, estamos adiando as reuniões de liderança associadas à próxima conferência geral”, declarou a Primeira Presidência.

“Desejamos ser bons cidadãos globais e fazer o que pudermos para limitar a propagação desta doença. Também queremos aliviar preocupações dos nossos líderes, membros e suas famílias relacionadas às incertezas das viagens neste momento”.

As precauções dos líderes da Igreja com as viagens aos EUA feitas por líderes e membros, vêm em meio à crescente preocupação global pela propagação do coronavírus. Apenas uma semana antes da declaração da Primeira Presidência ser publicada, os líderes da Igreja anunciaram o fechamento de alguns templos em áreas fortemente afetadas pelo vírus e emitiram cuidados adicionais para membros e missionários.

As sessões de liderança, que tipicamente reúnem as Autoridades Gerais, setentas de área e líderes gerais da Igreja nos dias anteriores às sessões de primavera da conferência geral, foram adiadas por seis meses e estão sendo reagendadas para os dias 1º e 2 de outubro deste ano. 

Apenas as reuniões de liderança antes da conferência foram afetadas pelo adiamento neste momento. Espera-se que as sessões gerais da conferência prossigam conforme anunciadas anteriormente. 

“Somos gratos pelo fato de que, todos os membros que não viajarem para Salt Lake City serão capazes de ver os eventos da conferência geral de abril com o uso da tecnologia”, a Primeira Presidência declarou. “Com grande compaixão, oramos por todos aqueles cuja vida tem sido afetada por esta doença”.

Espera-se que a conferência geral de abril seja uma conferência histórica devido ao foco e à celebração do aniversário de 200 anos da Primeira Visão. O Presidente Nelson anunciou, durante a conferência geral de outubro de 2019, que a conferência geral de abril de 2020 será “inesquecível” e fez dois convites aos santos dos últimos dias para ajudá-los a se prepararem para a futura celebração.