A Primeira Presidência anuncia opções adicionais para missionários em meio à COVID-19

Com dezenas de milhares de missionários sendo desobrigados ou retornando aos seus países de origem para receberem novas designações devido à pandemia de COVID-19, a Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos fizeram ajustes adicionais e apresentaram opções para o serviço missionário. Eles incluem desobrigações temporárias e redesignações, quando as condições permitirem, ou o adiamento do serviço missionário.

Segundo a carta do dia 31 de março dos líderes, “A pandemia de COVID-19 exigiu muitos ajustes no serviço missionário, incluindo a necessidade de um grande número de missionários retornarem aos Estados Unidos e Canadá, vindos de todas as partes do mundo” … “A habilidade de redesignações a estes missionários — mesmo que temporariamente — se tornou agora mais limitada pela mudança de condições. Isto criou uma medida de incerteza para muitos missionários e suas famílias.”

Reconhecendo a consideração em espírito de oração das circunstâncias, a Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos esboçaram duas oportunidades de serviço missionário para aqueles que retornaram e estão aguardando novas designações ou que ainda tenham sido obrigados a retornar aos Estados Unidos e Canadá, sendo que, qualquer opção que seja escolhida, exige uma desobrigação temporária antes da redesignação.

Uma opção é ser reintegrado à missão original ou receber uma designação temporária — conforme determinado pelo Quórum dos Doze Apóstolos — assim que as condições permitirem, com o missionário mantendo a data de término original. A outra opção é retornar ao serviço dentro de 12 a 18 meses e receber uma nova data de término.

As sísteres missionárias sorriem após uma reunião com o presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Lima, Peru, em 20 de outubro de 2018.
As sísteres missionárias sorriem após uma reunião com o presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Lima, Peru, em 20 de outubro de 2018. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Todas as redesignações específicas das missões serão determinadas pelo Quórum dos Doze Apóstolos.

Os presidentes de estaca receberão informações e orientações adicionais, incluindo informações sobre os missionários seniores.

“Estamos confiantes de que os missionários e futuros buscarão os conselhos dos pais, dos líderes do sacerdócio e do Senhor, ao considerarem seu futuro serviço missionário”, escreveram os líderes na carta. “Por favor, saibam do nosso profundo amor pelos missionários e suas famílias, conforme continuamos a participar deste grande trabalho juntos.”

Uma matriz para missionários – àqueles regressando de missões internacionais, em treinamento online ou com um chamado em mãos – bem como os missionários em perspectiva, apresenta os seguintes ajustes:

Para os missionários dos Estados Unidos e do Canadá

Os missionários que retornam aos Estados Unidos e Canadá vindos de missões estrangeiras são temporariamente desobrigados e têm até o dia 30 de abril de 2020 para decidirem entre:

  • Serem reintegrados à designação original ou temporária, assim que as condições permitirem, com a data de término original.
  • Voltarem ao serviço dentro de 12 a 18 meses, com uma nova data de término.

Os missionários dos Estados Unidos e do Canadá, que atualmente estão participando do treinamento online do CTM, têm até o dia 30 de abril para decidirem entre:

  • Serem desobrigados após o treinamento online do CTM e reintegrados à designação original ou temporária, assim que as condições permitirem, com a data de término original.
  • Serem desobrigado e retornarem ao serviço dentro de 12 a 18 meses, com uma nova data de término.

Aqueles que atualmente têm um chamado, mas ainda não começaram o treinamento online do CTM, têm até o dia 30 de abril para decidirem entre:

  • Iniciarem o treinamento online do CTM conforme programado e começarem a servir com a designação original ou temporária, assim que as condições permitirem, com a data de término original.
  • Adiarem a missão e começarem a servir dentro de 12 a 18 meses, com uma nova data de término.

Os futuros missionários podem escolher entre:

  • Enviarem o pedido, receberem o chamado missionário, iniciarem o serviço com a designação original ou temporária, assim que as condições permitirem, com a data final original.
  • Adiarem e depois enviarem o formulário de Recomendação para Missionário de Tempo integral em uma data futura.

Para os missionários de outros países que não são os Estados Unidos ou Canadá

Os missionários que estão retornando aos seus países de origem,

  • Serão redesignados para uma missão em seu país de origem e retornarão ao serviço, assim que as condições permitirem.

Os missionários que estão atualmente recebendo treinamento online do CTM ou que já receberam seu chamado,

  • Concluirão o treinamento online do CTM e começarão a servir em uma missão em seu país de origem, assim que as condições permitirem.

Os futuros missionários podem escolher entre:

  • Enviarem o formulário de Recomendação para Missionário de Tempo integral, receberem o chamado de missão, completarem o treinamento online do CTM e começarem a servir em uma missão em seu país de origem, assim que as condições permitirem,
  • Adiarem e enviarem o formulário de Recomendação para Missionário de Tempo integral em uma data posterior.

Para todos os missionários de outros países que não são os Estados Unidos ou Canadá:

  • A data de término original do missionário permanecerá inalterada.
  • Até que as condições mudem, todos os futuros missionários serão designados para seus países de origem.