Conheça Astrid S. Tuminez: Presidente da UVU e uma das principais palestrantes da RootsTech Connect

Nota do editor: Este artigo faz parte de uma série de artigos apresentando os principais palestrantes santos dos últimos dias da RootsTech Connect 2021.

Quando tinha apenas cinco anos de idade, Astrid S. Tuminez e suas irmãs foram convidadas por um grupo de freiras de uma ordem católica local a frequentarem a escola especial para crianças carentes na cidade de Iloilo nas Filipinas. 

“O que essa educação significou para mim? Deixei de ser uma criança analfabeta, ignorante, desnutrida e insegura, e me tornei alguém que aprendeu a ler, descobriu números e devorou tudo” Tuminez escreveu no News Deeply em 2016.

“Quando crescemos desprivilegiados, a educação nos oferece a chance de descobrirmos um mundo inteiro. Podemos viver em um vilarejo ou embaixo de uma ponte em Manilla e não sabermos nada, mas a educação pode libertar nossas mentes.”

Mais tarde, esse “bilhete dourado” para uma educação formal levou a garotinha de Iloilo à Universidade Brigham Young e depois aos estudos de pós-graduação na Universidade de Harvard e no Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT).

President Russell M. Nelson e irmã Wendy Nelson encontram-se com Astrid Tuminez, presidente da UVU, e sua família após a posse da presidente no Teatro do Noorda Center for the Performing Arts, no campus da Utah Valley University em Orem, Utah, no dia 17 de março de 2019. Da esquerda para a direita, sua filha Michal Francis Tuminez Tolk, Whitman David Tuminez Tolk, Leo Emerson Tuminez Tolk, Astrid Tuminez, Jeffrey Tolk, irmã Nelson e Presidente Nelson.
President Russell M. Nelson e irmã Wendy Nelson encontram-se com Astrid Tuminez, presidente da UVU, e sua família após a posse da presidente no Teatro do Noorda Center for the Performing Arts, no campus da Utah Valley University em Orem, Utah, no dia 17 de março de 2019. Da esquerda para a direita, sua filha Michal Francis Tuminez Tolk, Whitman David Tuminez Tolk, Leo Emerson Tuminez Tolk, Astrid Tuminez, Jeffrey Tolk, irmã Nelson e Presidente Nelson. Credit: August Miller, UVU Marketing, UVU Marketing

Tuminez será uma dos 13 principais palestrantes na RootsTech Connect entre os dias 25 e 27 de fevereiro. Em 2018, Astrid S. Tuminez tornou-se a primeira mulher a presidir a Utah Valley University (UVU). Antes disso, Tuminez trabalhou como executiva na Microsoft, onde liderou assuntos corporativos, externos e jurídicos no Sudeste Asiático.

Ela também serviu como vice-reitora de pesquisa na Lee Kuan Yew School of Public Policy, na Universidade Nacional de Singapura. Ela trabalhou com filantropia e capital de risco na cidade de Nova York e é membro permanente Conselho de Relações Exteriores.

Tuminez fala vários idiomas, incluindo inglês, filipino (tagalo), ilonggo, russo e francês. Ela é casada e mãe de três filhos. 

Em uma entrevista em 2018, Tuminez disse que continua sendo grata aos missionários santos dos últimos dias que foram conduzidos ao seu humilde lar em Illoilo. A perspectiva otimista do evangelho a respeito da vida e suas promessas de eternidade foram inspiradoras. 

“Quando crescemos nas favelas em uma vida cheia de incertezas, indignidades, doenças e fome, nos apegamos a essa maravilhosa mensagem de esperança”, disse Tuminez. Ela foi uma das últimas a ser batizada entre seus irmãos.

Na RootsTech Connect, Tumirez compartilhará a história de sua mãe e sua avó.

“Elas são corajosas, vivazes e fortes — Eu as chamo de ‘guerreiras’. Espero que muitas pessoas se identifiquem com suas histórias”, disse Tuminez ao Church News por e-mail nesta semana. “Elas nasceram e foram criadas em vilarejos remotos, não tinham privilégios, venceram grandes desafios e deixaram um legado poderoso de sua vida.”

Também disse que espera que os ouvintes de sua palestra vejam o quanto ela está conectada com as ‘guerreiras’ de sua família — tanto com aquelas que vieram antes dela quanto com as que virão depois.

“Espero que outras pessoas sejam inspiradas a se conectarem às suas próprias histórias de família e, especialmente, reflitam sobre a força, a dignidade, os sacrifícios e a liderança de suas irmãs, mães, esposas e filhas. Muitas vezes, o trabalho das mulheres é ignorado, desvalorizado e não é medido. Porém, através dos tempos, as mulheres sempre têm feito uma grande diferença e continuam a moldar quem somos e o que estamos nos tornando.”

Inscreva-se na RootsTech Connect para assistir à palestra de Tuminez. 

— Jason Swensen, do Church News, contribuiu para este artigo.