O que fazer com as suas dúvidas, de acordo com uma autoridade geral que é um especialista em materiais contrários à Igreja

Você permanecerá firme para sempre? Ou vai abandonar?

Essas são algumas das perguntas que o élder Lawrence E. Corbridge pediu para que os alunos da BYU ponderassem no devocional de 22 de janeiro.

Como parte da designação como setenta autoridade geral, o élder Corbridge precisou ler um grande volume de material contrário à Igreja, ao profeta Joseph Smith e ao Livro de Mórmon.

“Não deve haver nada (sobre esse assunto) que eu não tenha lido”, ele disse.

Ler esse tipo de material sempre o deixou com uma sensação de tristeza, e isso o inspirou a escrever uma resposta para essas declarações antagônicas.

O reino de Deus é A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, conforme descrito no livro de Daniel como estabelecido para sempre.

“A pergunta é, permaneceremos firmes para sempre?” O élder Corbridge disse.

Vivemos em uma época em que a decepção está em todos os lugares e há muitas opiniões diferentes. Isso permite muitos ataques à Restauração, a Joseph Smith e ao Livro de Mórmon e à todos os que afirmam acreditar na Restauração mas estão desiludidos com a doutrina e com as atitudes inconstantes de nosso dia a dia.

“A verdade nos possibilita ver claramente pois ela é o conhecimento das coisas como elas realmente são, como foram e como serão”, disse o élder Corbridge. “O conhecimento é essencial para evitarmos a decepção e discernirmos a verdade do erro.”

Uma pessoa não pode ser melhor do que o seu conhecimento. A maioria das pessoas agem com base em suas crenças. Às vezes, porém, suas crenças estão erradas.

Por exemplo, uma pessoa pode acreditar em Deus e que a pornografia é algo errado e, mesmo assim, clicar em um site acreditando falsamente que será mais feliz, que não consegue evitar, que não está machucando ninguém ou que não é algo assim tão grave. Mas essa pessoa está errada.

“Quando você se comporta mal, você pode pensar que é uma pessoa ruim, mas na verdade, geralmente, está cometendo um erro”, disse o élder Corbridge. “O desafio não é preencher o espaço entre as nossas ações e a nossa crença. Em vez disso, o desafio é preencher o espaço entre nossa crença e a verdade.”

Como podemos preencher esse espaço?

Responda à dúvidas primárias

O élder Corbridge explicou que no tocante à Igreja, há dúvidas principais e secundárias. Como as dúvidas principais são mais importantes, devem ser respondidas primeiramente. Elas incluem:

  • Existe um Deus que é o nosso Pai?
  • Jesus Cristo é o Filho de Deus, o Salvador do mundo?
  • Joseph Smith foi um profeta?
  • A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é o reino de Deus na Terra?

Por outro lado, as dúvidas secundárias são inesgotáveis. As dúvidas secundárias incluem as dúvidas sobre a história da Igreja, a poligamia, os negros e o sacerdócio, as mulheres e o sacerdócio, como o Livro de Mórmon foi traduzido, o DNA e o Livro de Mórmon, o casamento gay, relatos diferentes da Primeira Visão e assim por diante.

“Se você responder às dúvidas principais, as perguntas secundárias também serão respondidas ou serão consideradas de menor importância e poderá falar de coisas que você entende e coisas que não entende, coisas com as quais concorda e coisas com as quais não concorda, e isso não fará você abandonar o barco”, considerou o élder Corbridge.

Métodos de aprendizado

Há três métodos principais de aprendizado: científico, analítico e Acadêmico, mas o método divino de aprendizado junta elementos de outras metodologias e “por fim, supera tudo tocando os poderes do céu”, disse o élder Corbridge. Todos os quatro métodos são necessários para conhecermos a verdade.

Com o método científico, formamos uma hipótese em resposta à uma dúvida. A experimentação é conduzida para testar uma hipótese. “Os resultados são analisados e as conclusões podem confirmar, refutar ou modificar a hipótese caso o processo continuar”, explicou o élder Corbridge.

Alma fez um convite para “a prova palavras.” Sobre o dízimo, o Senhor disse, “provai-me nisto (…) se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal, até que não haja mais lugar para a recolherdes.”

“A verdade pode ser descoberta ao exercer a fé”, disse o élder Corbridge. “A vivência desempenha um papel importante ao conhecer a verdade.”

O método analítico envolve a reunião, organização e medição da importância da evidência da dúvida. Com base na importância da evidência, pode-se tirar conclusões do que a verdade pode ser, ele disse.

Por exemplo, o Senhor ensinou Oliver Cowdery em Doutrina e Convênios 9:7-8, “Mas eis que eu te digo que deves estudá-lo bem em tua mente; depois me deves perguntar se está certo.”

“A evidência e o motivo também desempenham um papel importante em nos preparar para conhecermos a verdade.”

O método acadêmico envolve o estudo de materiais impressos.

O profeta Mórmon disse em Alma 31:5 a palavra de Deus surtia um efeito mais poderoso sobre a mente do povo do que a espada ou qualquer outra coisa.

Segurando um conjunto de escrituras, o élder Corbridge disse aos alunos reunidos no Marriott Center: “Isso é mais poderoso que o medo, o vício, a pornografia ou qualquer outra coisa.”

O divino método de aprendizado junta os outros três métodos e toca os poderes do céu. “Finalmente as coisas de Deus são tornadas a conhecer pelo Espírito de Deus que geralmente age com uma voz mansa e delicada”, disse o élder Corbridge.

A presença ou ausência do Espírito Santo

A melhor de todas as condições humanas nesta vida é possuir o dom e a companhia do Espírito Santo.

“Pague o preço que for, carregue o fardo que for, faça o sacrifício que for para ter e manter o Espírito e o poder do Espírito Santo em sua vida”, disse o élder Corbridge. “Tudo depende disso.”

A tristeza que me assombrou ao ler tantos materiais contrários à Igreja não veio como resultado de crenças tendenciosas ou pelo pensamento de que tudo que eu acreditava poderia estar errado. Em vez disso, “a tristeza que senti ao ouvir ao coro de vozes da escuridão que se levantou contra o profeta Joseph Smith e a Restauração da Igreja de Jesus Cristo (…) é a ausência do Espírito de Deus”, disse o élder Corbridge.

A revelação do Espírito de Deus vai além de crenças tendenciosas, uma vez que não tem base somente em evidências.

“Não sei muito, mas conheço a voz do Senhor e a Sua voz não está naquele coro da escuridão, definitivamente não está naquele coro.”

Ao contrário daquela tristeza e estupor de pensamento, o Espírito de luz, inteligência, paz e verdade está presente nos eventos da Restauração, especialmente nas escrituras reveladas por meio de Joseph Smith.

“Somente leiam, perguntem a si mesmos e perguntem a Deus se essas são palavras de engano, desilusão ou de verdade.”

Eliminação

Há alguns membros da Igreja que não sabem as respostas das dúvidas principais e que despendem seu tempo e atenção esforçando-se para responder as dúvidas secundárias.

“Eles erroneamente tentam aprender a verdade usando o processo de eliminação, tentando eliminar cada dúvida”, disse o élder Corbridge.

Ninguém pode provar que a Igreja é verdadeira refutando todas as alegações feitas contra ela. Por fim, deve haver uma prova afirmativa. Com as coisas de Deus, essa prova afirmativa vem por revelação por meio do Espírito Santo.

“A Igreja de Jesus Cristo é edificada sobre a rocha da salvação e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”, disse o élder Corbridge. “ não saibamos as respostas de todas as dúvidas, precisamos conhecer as respostas das dúvidas primárias, e em caso afirmativo, as portas do inferno não prevalecerão contra nós e permaneceremos firmes para sempre”.