Élder Ulisses Soares renova a amizade de 20 anos com a religião xintoísta no Japão. Confira mais destaques da visita do élder Soares à Ásia

O futuro da Igreja no Japão e na Coréia do Sul baseia-se no princípio inspirado de membros que convidam outras pessoas a desfrutarem as bênçãos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, disse o élder Ulisses Soares após sua primeira visita aos países asiáticos.

“Há promessas feitas pelos profetas sobre o crescimento da Igreja na área”, disse o élder Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos. “Foi maravilhoso estar lá, ver as promessas de crescimento sendo cumpridas e aprender sobre a cultura deles.”

Em países onde coloca-se muita pressão na educação secular e no sucesso profissional, há também bastante orientação espiritual, disse ele.

A maioria dos atuais líderes santos últimos dias na Coréia do Sul e no Japão entraram para a Igreja quando eram jovens. O respeito ao próximo demonstrado no Japão e na Coréia do Sul “é algo bonito de ver”, disse o élder Soares. “Há uma bela história de conversão que vem de convidar uns aos outros.”

O élder Ulisses Soares e a irmã Rosana Soares chegam a um devocional para jovens adultos solteiros em Seul, Coréia do Sul.
O élder Ulisses Soares e a irmã Rosana Soares chegam a um devocional para jovens adultos solteiros em Seul, Coréia do Sul. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Em viagem com o élder Terence M. Vinson, da Presidência dos Setenta e com os membros da Presidência da Área Ásia Norte — o élder Yoon Hwan Choi, o élder Takashi Wada e o élder L. Todd Budge — o élder Soares falou sobre o futuro brilhante da Ásia ao discursar para membros e missionários em reuniões realizadas de 21 de agosto a 1 de setembro.

A Igreja tem 88.000 membros, 12 estacas, quatro missões e um templo na Coréia do Sul. No Japão, a Igreja tem 129.000 membros, 28 estacas, 7 missões e três templos.

Durante a viagem, o élder Soares e o élder Vinson e a respectiva esposa de cada um deles, a irmã Rosana Soares e a irmã Kay Anne Vinson, participaram de uma transmissão para jovens adultos solteiros e de devocionais para membros na Coréia do Sul, de uma entrevista com um repórter de um jornal diário em Seul, Coreia do Sul, e de um devocional especial para falantes de português em Nagoya, Japão.

O élder Soares e o élder Vinson também se reuniram com a Presidência da Área Ásia Norte em Tóquio, Japão, para realizar uma revisão de área em 27 e 28 de agosto e participaram de um devocional com funcionários da Igreja.

Eles falaram sobre como os pais e as famílias podem ajudar os jovens a gostar de viver o evangelho. Tanto o élder Soares quanto o élder Vinson elogiaram os esforços da Presidência da Área.

O élder Ulisses Soares visita a Coréia e o Japão de 21 de agosto a 1 de setembro.
O élder Ulisses Soares visita a Coréia e o Japão de 21 de agosto a 1 de setembro. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Um dos destaques da visita para os líderes foi o passeio ao santuário principal do Santuário Meiji, em Tóquio, no Japão, para renovar os 20 anos de amizade entre os líderes da religião xintoísta e da Igreja. “Foi uma experiência especial”, disse o élder Soares.

O sacerdote Moriyasu Ito conduziu o passeio até o santuário, descrevendo suas origens e propósitos. Presentes foram trocados com os sacerdotes Seitaro Nakajima e Nakajima Guuji.

“Estudei a religião de vocês”, disse o sacerdote Nakajima. “Há muitas semelhanças. Nós dois respeitamos a família. Nós dois respeitamos nossos antepassados.”

Por falar em coisas em comum e algumas semelhanças entre as duas religiões, o élder Soares acrescentou: “Senti uma conexão por causa das verdades que compartilhamos”.

Outro destaque incluiu um devocional especial em português realizado na Ala Fukutoku, no Japão. Cerca de 100 membros falantes da língua portuguesa na área de Tokai participaram do devocional e receberam ensinamentos do élder e da irmã Soares. “Podemos sempre ser felizes por meio das próprias escolhas, embora estejamos vivendo longe do nosso país natal e tendo dificuldades com o idioma local”, disse a irmã Soares.

Membros reúnem-se para um devocional com o élder Ulisses Soares em Sapporo, Japão, em 30 de agosto de 2019.
Membros reúnem-se para um devocional com o élder Ulisses Soares em Sapporo, Japão, em 30 de agosto de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

O élder Soares prometeu que o Senhor os abençoaria enquanto eles obedecerem a Ele e guardarem Seus mandamentos. Ele incentivou os membros a portarem uma recomendação válida para o templo. “O templo é o lugar mais sagrado da terra”, disse ele. “O presidente Nelson anunciou recentemente 27 novos templos, incluindo templos em Okinawa, Japão; em Guam e no Brasil.”

Às vezes, os missionários pensam que, por estarem servindo no Japão ou na Coréia do Sul, será difícil compartilhar o evangelho, disse o élder Vinson. Isso simplesmente não é verdade. O trabalho missionário está progredindo “muito bem no Japão e na Coréia (do Sul)”.

“Toda pessoa tem a luz de Cristo consigo”, disse o élder Vinson. Quando recebem um convite, “elas sentem, reconhecem e gostam do que estão aprendendo”.

O élder Soares disse que a nova geração proporciona grande esperança.

Ele disse que os membros da Igreja e os missionários no Japão e na Coréia do Sul eram maravilhosos e cheios de fé. “Saímos de lá sentindo que há uma grande esperança para esses países com a nova geração. Eles desejam permanecer no caminho do convênio.”

Eles foram tocados pela visita do élder Soares. “Era possível ver a emoção nos rostos deles e o amor que eles sentiram emanando dele.”

O élder Soares disse que os santos dos últimos dias na Ásia são muito espirituais. “Ao andar no meio deles dá para ver como eles são amorosos e preocupados com a família.”

O élder Ulisses Soares visita a Coréia e o Japão de 21 de agosto a 1 de setembro.
O élder Ulisses Soares visita a Coréia e o Japão de 21 de agosto a 1 de setembro. Credit: Intellectual Reserve, Inc.