Presidências dos Rapazes da ala descontinuadas e outras mudanças organizacionais para os jovens são anunciadas

As presidências dos Rapazes das alas serão descontinuadas até janeiro de 2020, permitindo que os bispados deem maior ênfase e se concentrem nas responsabilidades do sacerdócio relacionadas aos rapazes e os ajudem em seus deveres de quórum, conforme anunciado pelos líderes da Igreja no sábado à tarde.

O ajuste — e outras mudanças organizacionais para os jovens que foram detalhadas durante a Conferência Geral Semestral nº 189 — “destinam-se a ajudar os rapazes e as moças a desenvolverem seu potencial pessoal sagrado”, disse o presidente Russell M. Nelson. “Também queremos fortalecer os quóruns do sacerdócio Aarônico e as classes das Moças e dar apoio aos bispos e outros líderes adultos ao servirem essa nova geração.”

O élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos, também disse que os ajustes se destinam a fortalecer as crianças e os jovens. A irmã Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças, falará sobre as mudanças que afetarão as moças na sessão geral das mulheres da conferência geral.

O presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, saúda as autoridades gerais ao entrar no Centro de Conferências antes da sessão da manhã de sábado da Conferência Geral Semestral nº 189 da religião em Salt Lake City no sábado, 5 de outubro de 2019.
O presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, saúda as autoridades gerais ao entrar no Centro de Conferências antes da sessão da manhã de sábado da Conferência Geral Semestral nº 189 da religião em Salt Lake City no sábado, 5 de outubro de 2019.

Um dos propósitos das mudanças que afetam os rapazes é “fortalecer os portadores, os quóruns e as presidências de quórum do Sacerdócio Aarônico”, disse o élder Cook. “Essas mudanças alinham nossa prática com Doutrina e Convênios 107:15, que diz: ‘O bispado é a presidência desse sacerdócio (Aarônico) e possui as chaves, ou seja, a autoridade do mesmo’.”

Além da descontinuação das presidências dos Rapazes da ala, o élder Cook anunciou:

  • Nos níveis geral e de estaca, a Igreja continuará a ter as presidências dos Rapazes. Na estaca, um sumo conselheiro será o presidente dos Rapazes e, com os sumo conselheiros designados para cuidar das Moças e da Primária, fará parte do Comitê da estaca do Sacerdócio Aarônico e das Moças. Um sumo conselheiro servirá também como presidente da Escola Dominical da estaca.
  • Consultores dos Rapazes serão chamados nas alas para ajudar as presidências do quórum do Sacerdócio Aarônico e o bispado em suas funções.
  • A reunião do comitê da juventude e do bispado será substituída por um conselho dos jovens da ala.
  • A palavra “Mutual” não será mais usada e passaremos a usar os termos “atividades das moças”, “atividades do quórum do Sacerdócio Aarônico” ou “atividades dos jovens”, que serão realizadas semanalmente, sempre que possível.
  • O orçamento da ala para as atividades dos jovens será dividido igualmente entre os Rapazes e as Moças de acordo com o número de jovens de cada organização. Uma quantia suficiente será fornecida para as atividades da Primária.
  • Em todos os níveis — ala, estaca e geral — o termo “organização” substitui o termo “auxiliares”. As pessoas que lideram as organizações gerais da Sociedade de Socorro, das Moças, dos Rapazes, da Primária e da Escola Dominical serão conhecidas como “líderes gerais”. As pessoas que lideram organizações nas alas e nas estacas serão conhecidas como “líderes da ala” e “líderes da estaca”.
  • As presidentes das Moças da ala agora se reportarão ao bispo da ala e receberão conselho direto dele. No passado, esta designação poderia ser delegada a uma conselheira.

Os ajustes podem começar assim que os ramos, as alas, os distritos e as estacas estiverem prontos, mas devem entrar em vigor antes de 1 de janeiro de 2020.

Queridos irmãos e irmãs, eu prometo e testifico que esses ajustes abrangentes, sob a direção de um presidente e profeta inspirado, Russell M. Nelson, capacitarão e fortalecerão todos os membros da Igreja, disse o élder Cook. “Nossos jovens desenvolverão mais fé no Salvador, serão protegidos das tentações do adversário e se prepararão para enfrentar os desafios da vida.”

A congregação presente na conferência canta junto com o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo durante a sessão da manhã de sábado da Conferência Geral Semestral nº 189 de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no Centro de Conferências em Salt Lake City no sábado, 5 de outubro 2019.
A congregação presente na conferência canta junto com o Coro do Tabernáculo na Praça do Templo durante a sessão da manhã de sábado da Conferência Geral Semestral nº 189 de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no Centro de Conferências em Salt Lake City no sábado, 5 de outubro 2019. Credit: Spenser Heaps, Deseret News

Esses esforços não são mudanças isoladas, disse ele. 

As mudanças fazem parte de outras iniciativas “profundas e abrangentes” — incluindo o fortalecimento do currículo e sua expansão para o lar, bem como um programa para crianças e jovens que inclui “atividades e desenvolvimento pessoal animadores” — para ajudar os jovens santos dos últimos dias a navegarem em um labirinto de escolhas.

“Cada um dos ajustes é parte integrante de um padrão interligado para abençoar os santos e prepará-los para encontrar Deus”, disse o élder Cook. 

Como parte do padrão, é pedido aos jovens que assumam uma responsabilidade mais individual em idades cada vez mais jovens — sem que os pais e líderes façam o que os jovens podem fazer por si mesmos.

Os bispos têm o dever bíblico de presidir os sacerdotes e reunir-se em conselho com eles, ensinando-lhes os deveres de seu ofício (Doutrina e Convênios 107:87 – 88), disse o élder Cook. Além disso, o primeiro conselheiro no bispado terá responsabilidades específicas para com os professores e o segundo conselheiro dos diáconos. 

“É nossa esperança que os bispados deem maior ênfase e se concentrem mais nas responsabilidades do sacerdócio relacionadas aos rapazes e os ajudem em seus deveres de quórum”, disse ele, observando que serão assistidos pelos conselheiros dos Rapazes. “Estamos confiantes de que cada vez mais jovens aceitarão o desafio e permanecerão no caminho do convênio com este foco aumentado em nossa juventude.”

“Estamos confiantes de que cada vez mais jovens aceitarão o desafio e permanecerão no caminho do convênio com este foco aumentado em nossa juventude.”

De acordo com o padrão inspirado do Senhor, o bispo tem responsabilidade por todos na ala, disse o élder Cook. 

Esses ajustes serão:

  • Ajudar os bispos e seus conselheiros a se concentrarem em suas principais responsabilidades para com os jovens e as crianças da Primária.
  • Colocar o poder e os deveres do Sacerdócio Aarônico no centro da vida pessoal e dos objetivos de cada rapaz. Enfatizar as responsabilidades das presidências do quórum do Sacerdócio Aarônico e sua linha direta de prestação de contas ao bispado.
  • Motivar os líderes adultos a ajudar e a orientar as Presidências do Quórum do Sacerdócio Aarônico para ampliar o poder e a autoridade de seu ofício.

Esses ajustes não diminuem a responsabilidade do bispado para com as Moças, disse o élder Cook.  

Para ajudar os bispos neste encargo, os quóruns dos élderes e as Sociedades de Socorro — sob a direção do bispo — ajudarão a assumir responsabilidades importantes que antes consumiram muito do tempo deles. Essas responsabilidades incluem o trabalho de ministração, o trabalho missionário e o trabalho do templo e de história da família.

“O bispo não pode delegar algumas responsabilidades, como cuidar dos jovens, ser um juiz comum, cuidar dos necessitados e supervisionar as finanças e os assuntos temporais”, ensinou o élder Cook.  “Elas são, no entanto, menos do que talvez entendemos no passado.” 

Por exemplo, uma presidente da Sociedade de Socorro e um presidente do Quórum de Élderes, conforme designados, podem assumir um papel maior no aconselhamento com adultos, assim como uma presidente das Moças pode aconselhar-se com as moças. 

“Embora apenas o bispo possa servir como um juiz comum, esses outros líderes têm o direito de receber revelação do céu para ajudar com os desafios que não exigem um juiz comum ou que envolvem abusos de qualquer tipo”, disse o élder Cook.   Esses ajustes, “quando combinados e integrados com ajustes anteriores, representam um esforço espiritual e organizacional consistente com a doutrina para abençoar e fortalecer todos os homens, mulheres, jovens e crianças, ajudando cada um a seguir o exemplo de nosso Salvador, Jesus Cristo, ao progredir no caminho do convênio”, disse ele.

Julie Beck canta com outros membros da congregação presentes na conferência durante a sessão da manhã de sábado da Conferência Geral Semestral nº 189 de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City, Utah, EUA, em 5 de outubro de 2019.
Julie Beck canta com outros membros da congregação presentes na conferência durante a sessão da manhã de sábado da Conferência Geral Semestral nº 189 de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City, Utah, EUA, em 5 de outubro de 2019. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

A Primeira Presidência e os Doze, disse o presidente Nelson, “estão unidos para endossar esses esforços para fortalecer nossa juventude. Ó, como nós a amamos e oramos por ela. … Expressamos nossa confiança total em nossa juventude e nossa gratidão por ela”.