Presidente Nelson: 2020 será um “ano bicentenário” com uma conferência em abril “diferente de todas as que já tivemos”

SALT LAKE CITY — O presidente Russell M. Nelson encerrou a conferência geral de outubro de 2019 com um convite para que os santos dos últimos dias se preparem para a conferência geral de abril de 2020, que será realizada 200 anos após a Primeira Visão de Joseph Smith.

“O ano de 2020 será um ano bicentenário. A conferência geral em abril do próximo ano será diferente de todas as conferências que já tivemos”, anunciou o presidente Nelson ao término da sessão da tarde de domingo.

“Nos próximos seis meses, espero que todos os membros e todas as famílias se prepare para essa conferência singular que vai comemorar os verdadeiros alicerces do evangelho restaurado.”

Fazendo uma apresentação prévia dos planos para o próximo ano, o presidente Nelson falou desses “verdadeiros alicerces”.

“Em abril de 2020, fará exatamente 200 anos desde que Joseph Smith teve a teofania que conhecemos como a Primeira Visão”, disse ele. “Deus, o Pai, e Seu Filho Amado, Jesus Cristo, aparecem a Joseph, um rapaz de 14 anos. Aquele acontecimento marcou o começo da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude, exatamente como predito pelos profetas da Bíblia Sagrada.”

Ele mencionou a sucessão de visitas de mensageiros celestiais a Joseph — João Batista; os primeiros apóstolos Pedro, Tiago e João; Moisés; Elias e Elias, o profeta. “Cada um trouxe autoridade divina para abençoar os filhos de Deus na Terra mais uma vez”, disse o presidente Nelson.

Ele continuou, ressaltando as escrituras modernas, as chaves e ofícios do sacerdócio que foram restaurados e as organizações e chamados da Igreja como “partes fundamentais da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude”.

O presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, à frente, e seus conselheiros, o presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, e o presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência, entram no Centro de Conferências para a sessão da tarde de domingo da conferência geral no Centro de Conferências em Salt Lake City em 6 de outubro de 2019.
O presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, à frente, e seus conselheiros, o presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, e o presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência, entram no Centro de Conferências para a sessão da tarde de domingo da conferência geral no Centro de Conferências em Salt Lake City em 6 de outubro de 2019. Credit: Laura Seitz, Deseret News

O presidente Nelson pediu aos membros da Igreja que lessem o relato de Joseph Smith sobre a Primeira Visão na Pérola de Grande Valor, observando que, no próximo ano, o curso de estudo do “Vem, e Segue-Me” será sobre o Livro de Mórmon.

“Talvez vocês queiram ponderar perguntas importantes como, por exemplo, ‘Como minha vida seria diferente se o conhecimento que adquiri com o Livro de Mórmon fosse de repente tirado de mim?’ Ou ‘Como os acontecimentos que se seguiram à Primeira Visão fizeram diferença na minha vida e na das pessoas que amo?’”

Ele sugeriu que os membros utilizassem também os novos vídeos do Livro de Mórmon em seu estudo pessoal e familiar.

“Formulem suas próprias perguntas”, continuou o presidente Nelson. “Façam seus próprios planos. Mergulhem na gloriosa luz da Restauração.

Se fizerem isso, a conferência geral de abril será não apenas memorável — será inesquecível.”