Centros de acolhimento de imigrantes do Texas e Arizona unem líderes religiosos e de governo para trabalharem juntos pela dignidade humana

AUSTIN, Texas — Com a mão no ombro um do outro e se tratando como “irmãos em Cristo” poucos momentos depois de se conhecerem, dois proeminentes líderes religiosos de diferentes denominações demonstraram o poder da união por um objetivo comum.

Na sexta-feira, 18 de outubro, o élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e o padre James Misko, vigário geral da Diocese de Austin, da Igreja Católica, reuniram-se no centro pastoral da diocese em Austin, Texas, para falar sobre assuntos relacionados à dignidade humana.

“Nós nos reconhecemos como criações de Deus e esta é uma oportunidade de não apenas nos darmos as boas-vindas e nos conhecermos, mas de continuarmos trabalhando juntos pela dignidade da pessoa humana”, disse o padre Misko após uma breve reunião de apresentação com o élder Soares e outros líderes da Igreja.

O élder Soares estava acompanhado pelo élder Adrian Ochoa, setenta autoridade geral, e pelo élder Carlos Villareal, setenta de área. O padre Misko estava com o padre DeKarlos Blackmon, diretor do secretariado da diocese.

A partir da esquerda: Padre DeKarlos Blackmon, diretor do secretariado da diocese de Austin; élder Ulisses Soares; Padre James Misko, vigário geral da diocese de Austin; e élder Adrian Ochoa na diocese de Austin em 18 de outubro de 2019.
A partir da esquerda: Padre DeKarlos Blackmon, diretor do secretariado da diocese de Austin; élder Ulisses Soares; Padre James Misko, vigário geral da diocese de Austin; e élder Adrian Ochoa na diocese de Austin em 18 de outubro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Concentrando-se em uma iniciativa compartilhada para ajudar os imigrantes depois de virem para os EUA, os líderes religiosos se reuniram para debater sobre o trabalho de dois — em breve, três — centros de acolhimento recém-criados, patrocinados pela Igreja, um dos quais é sediado na Catholic Charities do centro do Texas em Austin.

“Sabemos que a dignidade da pessoa humana é um dos princípios mais importantes de todas as nossas crenças, por isso estamos felizes em colaborar com vocês ajudando essas pessoas necessitadas”, disse o padre Misko ao élder Soares.

Os centros de acolhimento que a Igreja está estabelecendo como parte de seu trabalho contínuo para ajudar a atender às necessidades dos imigrantes — tanto as necessidades imediatas ao chegarem quanto as necessidades de longa duração na adaptação a novas comunidades e sistemas de assistência médica, educação, jurídico etc. — oferecem uma variedade de serviços de grande necessidade para as populações imigrantes, explicou o élder Villareal.

Enquanto os centros estabelecidos em Austin estão concentrados em ajudar com as necessidades de longa duração dos imigrantes, parcerias semelhantes com Catholic Charities e outras organizações servem para atender às necessidades mais imediatas dos imigrantes, explicou o élder Villareal. No início deste ano, a Igreja doou quase 80 mil dólares para Catholic Charities em San Antonio para ajudar a fornecer suprimentos de higiene para os imigrantes de lá.

Além disso, no mesmo dia em que os líderes da Igreja se reuniram com os líderes católicos em Austin, o élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, se reuniu com líderes do governo em Phoenix, Arizona, para falar sobre esforços semelhantes lá e visitar um diferente tipo de centro de acolhimento para asilados.

Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, encontra-se com o governador do Arizona, Doug Ducey, na sexta-feira, 18 de outubro de 2019.
Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, encontra-se com o governador do Arizona, Doug Ducey, na sexta-feira, 18 de outubro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

O élder Rasband se reuniu com o governador do estado do Arizona Doug Ducey na sexta-feira e depois reuniu-se com a senadora americana Martha McSally, que é republicana e atua no Arizona, em seu escritório em Phoenix para discutir as necessidades dos solicitantes de asilo e refugiados, entre outros temas.

Na reunião, Michelle Curry, representante local de assuntos públicos da Igreja na área de Phoenix compartilhou detalhes de uma aliança que conta com 40 igrejas e uma série de organizações sem fins lucrativos que trabalham para ajudar a apoiar cerca de 48.000 solicitantes de asilo liberados pela Imigração e Alfândega dos EUA na área de Phoenix nos últimos 12 meses. Curry pediu o apoio de McSally nos esforços contínuos da aliança.

Juntando-se a esses esforços, a Igreja contribuiu com pelo menos 40.000 dólares em bens do Armazém do Bispo, além de uma série de grandes subsídios das Deseret Industries que permitiram que outras igrejas que fazem parte da aliança abrigassem os solicitantes de asilo. A aliança — com a ajuda de muitos voluntários da comunidade, incluindo membros da Igreja — trabalha para fornecer recursos necessários para os solicitantes de asilo que estariam sem abrigo, comida e vestuário durante o tempo entre as entrevistas iniciais da Imigração e Alfândega (ICE) e as audiências para saber se o asilo foi concedido.

Sobre o trabalho que a aliança tem feito, Sarah Eary, gerente de integração dos Serviços Sociais Luteranos Sudoeste, disse: “Nós alimentamos, vestimos, abrigamos e transportamos 48.000 pessoas em um ano e ninguém em Phoenix ficou sem fazer nenhuma refeição.” Mais tarde, ela acrescentou: “Foi um milagre do trabalho árduo.”

Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, tem um momento de descontração com a mais nova senadora do Arizona, Martha McSally, durante uma visita a seu escritório na sexta-feira, 18 de outubro de 2019.
Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, tem um momento de descontração com a mais nova senadora do Arizona, Martha McSally, durante uma visita a seu escritório na sexta-feira, 18 de outubro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Durante sua visita, o élder Rasband aproveitou a oportunidade para visitar o novo centro de acolhimento de solicitantes de asilo, localizado em uma escola antiga, ao que a Igreja ajudou a coalizão a abrir.

Falando no centro de acolhimento para os solicitantes de asilo, o élder Rasband disse: “Viemos aqui hoje para agradecer-lhes. É exatamente essa a missão e o foco de nossa Igreja, cuidar dos pobres e necessitados, ajudar todos os filhos do Pai Celestial, e mostrar amor e compaixão como vocês têm mostrado. Obrigado por seus atos bondosos para conosco e saibam que somos profundamente gratos pelo trabalho que estão realizando aqui.”

Dos centros de acolhimento de imigração concentrados nas necessidades de longa duração dos imigrantes, como aquele com Catholic Charities em Austin, o élder Villareal disse: “Calculamos pegar esse modelo ou esse padrão e expandir”, disse ele, considerando que esperam abrir centros em San Antonio em breve, onde a Igreja também tem um forte relacionamento com os escritórios de Catholic Charities e já trabalhavam para atender às necessidades dos imigrantes. Os centros de serviço de longa duração também foram estabelecidos em Utah, Arizona e Geórgia.

“Fornecemos serviços de autossuficiência, porque é isso que está ajudando as pessoas a serem autossuficientes”, disse o élder Villareal sobre os centros, que oferecem aulas de inglês, aconselhamento jurídico, orientação médica e cursos de adaptação cultural, entre outras coisas.

Sobre a parceria da Igreja com Catholic Charities, o élder Soares disse: “Temos algo em comum — amamos a Deus e amamos as pessoas. Então é isso que nos leva a essa iniciativa e trabalho”.

Uma parte importante da colaboração com outras organizações religiosas é garantir que os serviços e os recursos não sejam duplicados, explicou o padre Misko.

“Se trabalharmos juntos, seremos capazes de conciliar os serviços, unir nossas forças e tornar muito mais fácil fazer o trabalho de Deus”, disse ele. Esse é o poder da parceria e um objetivo comum.

Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, caminha com o padre James Misko, vigário geral da diocese Católica de Austin, em 18 de outubro de 2019.
Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, caminha com o padre James Misko, vigário geral da diocese Católica de Austin, em 18 de outubro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

O élder Ochoa acrescentou que quando se trata de atender aqueles que sofrem, não há agenda política para a Igreja.

“Nós, de uma maneira cristã, tentamos identificá-los e tentamos nos relacionar com o sofrimento deles, e tentamos tornar as coisas um pouco melhor, pelo menos para eles”, disse ele. “E é sobre a humanidade, é sobre os filhos de Deus e como podemos ajudá-los nas necessidades mais básicas que eles têm quando chegam e não possuem nada”.

No que diz respeito a ajudar os filhos de Deus, concluiu o élder Soares, não há barreiras geográficas.

O élder Richard Nichols e a irmã Sally Nichols são os missionários de serviço da Igreja que foram chamados como diretores de programa do centro de acolhimento de imigrantes na região de Austin. Eles trabalharam nos últimos meses para estabelecer os dois centros atuais localizados em Catholic Charities e na Universidade do Texas, em Austin, e estão trabalhando para abrir um terceiro no final deste mês, que ficará no consulado mexicano em Austin.

“Temos os contatos da organização agora”, disse a irmã Nichols sobre as redes de contato que fizeram nos últimos meses, “então, agora estamos trabalhando para nos concentrar mais em encontrar mais pessoas que precisam desses serviços”.

Eles esperam que o número de imigrantes que frequentam as aulas e usam os serviços dos centros aumente nos próximos meses, disse a irmã Nichols. É apenas uma questão de divulgar as informações agora para as pessoas que precisam dos serviços.

Após a visita ao padre Misko, os élderes Soares, Ochoa e Villareal fizeram uma visita ao Central Texas Food Bank, que atende 21 municípios da região central do Texas e que, no ano passado, forneceu mais de 45 milhões de refeições às pessoas necessitadas.

Élder Ulisses Soares acompanhado de Denise Blok, diretora de operações do Central Texas Food Bank, durante uma visita a suas instalações em 18 de outubro de 2019.
Élder Ulisses Soares acompanhado de Denise Blok, diretora de operações do Central Texas Food Bank, durante uma visita a suas instalações em 18 de outubro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Sua nova instalação — estabelecida em junho deste ano — é uma instalação de quase 13 mil metros quadrados na qual os alimentos são armazenados, embalados e enviados para mais de 600 programas de refeições e alimentação em toda a região central do Texas.

A visita do élder Soares coincidiu com uma doação dos próprios programas de alimentação da Igreja de 18 mil quilos de produtos alimentícios secos no valor de 66 mil dólares. O élder Soares pôde assistir quando parte da doação, que chegou em um caminhão das Indústrias Deseret durante a visita às instalações, foi descarregada no banco de alimentos.

“Queremos participar de todas as boas causas”, disse o élder Soares à diretora de operações do banco de alimentos, Denise Blok, que disponibilizou aos líderes da Igreja uma visita às instalações.

O élder Soares expressou grande entusiasmo pelo trabalho que está sendo realizado pelo banco de alimentos e brincou que até ele poderia se beneficiar do centro de treinamento em culinária fornecido no banco de alimentos.

O banco de alimentos faz parceria com mais de 260 organizações em toda a região central do Texas, observou Blok, e dentre as que oferecem voluntários para trabalhar no banco de alimentos, a Igreja está entre os que mais contribuem.

Missionários voluntários no Central Texas Food Bank ficam animados com a visita surpresa do élder Ulisses Soares em 18 de outubro de 2019.
Missionários voluntários no Central Texas Food Bank ficam animados com a visita surpresa do élder Ulisses Soares em 18 de outubro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Ao visitar as instalações, o élder Soares, juntamente com o élder Ochoa e o élder Villareal, levaram alguns momentos para cumprimentar alguns missionários que eram voluntários no banco de alimentos e agradeceram por seu trabalho.

Depois de visitar o banco de alimentos, o élder Soares refletiu sobre o dia e observou os pontos em comum entre as duas organizações que visitou, Catholic Charities e o Central Texas Food Bank. As duas organizações estão interessadas em ajudar as pessoas necessitadas, mas também em ajudá-las a se tornarem mais independentes, comentou o élder Soares.

As pessoas que receberam esses serviços e bênçãos geralmente podem contribuir com bênçãos semelhantes a outras pessoas, uma vez que são autossuficientes, disse o élder Soares. No banco de alimentos, o élder Soares se encontrou brevemente com uma pessoa que estava trabalhando que compartilhou um pouco de sua própria história.

Élder Ulisses Soares conversa com um funcionário do Central Texas Food Bank durante uma visita em 18 de outubro de 2019.
Élder Ulisses Soares conversa com um funcionário do Central Texas Food Bank durante uma visita em 18 de outubro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“Ele sabe o que é ter fome”, disse o élder Soares sobre ele. “É por isso que ele está trabalhando com esta organização. Então, não é bonito que você receba a bênção e depois abençoe outras pessoas? Esse é o evangelho de Jesus Cristo, isso é o que pregamos”.

A visita do élder Soares à região de Austin também incluiu um devocional matinal com missionários com uma hora de almoço surpresa e um devocional com os alunos do Instituto perto da Universidade do Texas em Austin. Nos dois casos, o élder Soares falou aos jovens e descreveu seu amor por eles e o importante papel que eles desempenham na coligação de Israel, que, como ele observou, é outra forma de serviço — levar o evangelho aos filhos de Deus.