Essa é a maneira de tornar a felicidade uma realidade — não apenas um post nas mídias sociais, élder Uchtdorf diz

Felicidade é o que o grande filósofo Aristóteles disse que indivíduos procuram acima de qualquer outra coisa. E 2.400 anos depois, a busca por felicidade ainda acontece hoje.

“Mas quão bem-sucedido somos em encontrá-la?” Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos, perguntou a jovens adultos durante um devocional multi-regional em Palo Alto, Califórnia, no dia 27 de outubro.

Independente dos avanços das condições de vida, transportação, cuidados de saúde, tecnologia e entretenimento desde os tempos de Aristóteles, novos estudos são publicados a cada ano sobre a infelicidade e desespero dos dias modernos.

Élder Dieter F. Uchtdorf fala com jovens adultos durante um devocional na Igreja Memorial de Stanford, no dia 27 de outubro.
Élder Dieter F. Uchtdorf fala com jovens adultos durante um devocional na Igreja Memorial de Stanford, no dia 27 de outubro. Credit: Cortesia de Tina Richter

“Muito frequentemente, pessoas hoje confundem felicidade com sentir prazer. Nós postamos imagens da Potemkin Village de nossas vidas nas mídias sociais oferecendo impressões despreocupadas de uma existência idílica do eterno brilho do sol, riso e da felicidade eufórica”, disse élder Uchtdorf, se referindo ao seu discurso sobre ser genuíno da conferência geral de abril de 2015.

Milhares de jovens adultos se reuniram no dia 27 de outubro na Igreja Memorial de Stanford para a reunião organizada pela Associação de Estudantes Santos dos Últimos Dias da Universidade de Stanford. Em 1981, élder Uchtdorf serviu numa força-tarefa presidencial que o levou para a área. Ele disse, “foi bom voltar para cá de uma forma diferente e estar na histórica Igreja Memorial de Stanford, com sua bela arquitetura e mosaico de ouro que brilha na luz noturna.”

Além do élder Uchtdorf, Margaret Ivory e Alejandra Aldridge, ambas parte da Associação de Estudantes Santos dos Últimos Dias, falaram.

Durante o devocional, élder Uchtdorf falou sobre descobrir a verdadeira felicidade que vêm ao andarmos o caminho do discipulado e compartilharmos experiências como seguidores de Jesus Cristo.

Dentro da Igreja Memorial de Stanford, no dia 27 de outubro.
Dentro da Igreja Memorial de Stanford, no dia 27 de outubro. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Ao contrário da falsa felicidade encontrada nas mídias sociais hoje, Aristóteles descreveu a felicidade usando o termo “Eudaimonia” que significa “humano próspero.” Essa definição implica que essa felicidade vem de “nos esforçarmos diariamente para nos tornarmos a melhor versão de nós mesmos”, ao invés de momentos de prazer, ele disse.

O Pai Celestial também ofereceu sabedoria sobre como encontrar alegria. Ele se importa com a felicidade de cada um de Seus filhos. Por quê? “Porque você é filho Dele. Ele conhece você. Ele escuta você. Ele quer que você alcance o sucesso. Ele quer que você saiba o que significa encher sua alma com a luz incompreensível da glória eterna.

“Se você realmente entender e internalizar isso, você nunca mais será o mesmo”, élder Uchtdorf disse.

Ele citou a “declaração de missão” de Deus encontrada em Moisés 1:39 sobre Seu trabalho e glória de levar a efeito a imortalidade e vida eterna de Seus filhos e filhas.

“Imagine isso – o ser mais poderoso do universo – o ser que formou as estrelas, nebulosas e galáxias tem sua felicidade eterna como Sua maior prioridade”, disse élder Uchtdorf.

Da esquerda: Kimmy Welch, Nicholas Welch, élder Dieter F. Uchtdorf, irmã Harriet Uchtdorf, Deanne Welch e James Welch posam para uma foto após devocional para jovens adultos na Igreja Memorial de Stanford, no dia 27 de outubro.
Da esquerda: Kimmy Welch, Nicholas Welch, élder Dieter F. Uchtdorf, irmã Harriet Uchtdorf, Deanne Welch e James Welch posam para uma foto após devocional para jovens adultos na Igreja Memorial de Stanford, no dia 27 de outubro. Credit: Cortesia de James Welch

Para ajudar a trazer Seus filhos de volta para casa em segurança, o Pai Celestial preparou um plano de felicidade – um plano baseado no arbítrio que permite que Seus filhos alcancem seu potencial como “seres de luz e glória.”

Cometer erros e aprender com eles faz parte desse plano. “Nós não queremos cometer erros. Mas quando cometemos, por causa do sacrifício eterno do Salvador, podemos ser perdoados e nos é dado um novo começo”, ele disse.

Élder Uchtdorf sugeriu três lugares para se começar uma jornada do discipulado:

  • Conheça o manual. Estude as palavras de Deus. “Busque conhecer seu Pai do Céu e Seu Filho, Jesus Cristo. … Aprenda a se comunicar com o céu.”
  • Alinhe seu coração, mente e ações aos mandamentos e ensinamentos de Deus. “Pratique tornar-se um verdadeiro discípulo de Jesus Cristo. Lembre-se, a palavra, ‘pratique’, implica um grau de imperfeição. Deus entende isso. Então você também precisa entender.”
  • Entenda que discípulos de Jesus Cristo são conhecidos por seu amor por outros. “Alcance aqueles com quem tiver contato com compaixão. Chore com eles. Se alegre com eles. Ministre a eles. Quanto mais você amar e servir outros, mais você estará a serviço de seu Deus.”

“Mas isso não é tudo”, élder Uchtdorf disse.

O mandamento do Senhor de “Portanto, ide, ensinai todas as nações …” (Mateus 28:19) não foi intencionada somente para Seus apóstolos originais. “A Grande Incumbência de Jesus Cristo se aplica a nós em nossos dias”, ele disse.

Conhecer o Pai Celestial e entender a Expiação de Jesus Cristo trará um desejo maior de compartilhar o evangelho.

Enquanto falar sobre o evangelho pode ser fácil para alguns, élder Uchtdorf disse que para aqueles que tem dificuldade: “Nem tudo está perdido. Você ainda pode ter um papel necessário e crítico em cumprir com a Grande Incumbência de Jesus Cristo” ao usar suas conversas diárias para falar sobre o que está acontecendo em suas vidas como membros da Igreja.

“Imagine isso — o ser mais poderoso do universo — o ser que formou estrelas, nebulosas e galáxias tem sua felicidade eterna como Sua maior prioridade.”

Alguns conhecidos irão querer saber mais e outros não. “Isso é entre eles e o Senhor”, élder Uchtdorf disse.

“Permita que o Pai Celestial opere Seus milagres. Ele pode pegar um simples post nas mídias sociais ou um comentário breve a um amigo e transformá-lo em luz que queima na alma de outra pessoa.”

Ministrar e elevar outros conta como sucesso, não somente quando alguém se junta à Igreja. Sucesso vem através de simples atos de bondade e amizade.

Élder Uchtdorf também enfatizou o poder de três convites: “Venha e veja”, “Venha e ajude” e “Venha e fique.” O evangelho de Jesus Cristo é a maior esperança do mundo para um mundo melhor e com mais paz – um mundo onde pessoas inclinem seus corações ao Senhor e sirvam seu próximo.

“Como discípulos de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo, você é necessário para cumprir com seu papel em transformar este sonho em realidade. Vocês são agentes do Senhor. Seus representantes para todos com quem você tiver contato. Vocês são exemplos da alegria e da realização que o evangelho traz.

“Seu chamado é de primeiro fazer essas mudanças em seus próprios corações e, então, ser um exemplo e um servo para outros ao ajudá-los a fazerem o mesmo”, ele disse.

Élder Dieter F. Uchtdorf encontra estudantes em Palo Alto, Califórnia, para um devocional organizado pela Associação de Estudantes Santos dos Últimos Dias da Universidade de Stanford, no dia 27 de outubro.
Élder Dieter F. Uchtdorf encontra estudantes em Palo Alto, Califórnia, para um devocional organizado pela Associação de Estudantes Santos dos Últimos Dias da Universidade de Stanford, no dia 27 de outubro. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Siga a direção encontrada no “Para o Vigor da Juventude.” Tome a decisão de sempre ter uma recomendação do templo válida. Internalize os princípios do “Vem e Segue-Me” ao usá-lo como um guia diário. Ore ao Pai Celestial todos os dias e confie Nele.

“Faça essas coisas todos os dias e vocês verão frutos animadores, práticos, espirituais e emocionais em sua vida”, ele disse.

Deus usará cada esforço para compartilhar o evangelho para operar Seus milagres. “Com cada ato de bondade, cada palavra de testemunho, cada oração que você oferece, este mundo se torna um lugar melhor, mais puro e mais pacífico.”

Élder Uchtdorf finalizou seu discurso do devocional estendendo uma bênção apostólica e convidando jovens adultos a permitirem que o Espírito trabalhe em seus corações e que compartilhem essa luz com outros. “Ao fazerem isso, vocês estarão no caminho para descobrirem verdadeiro significado, paz e felicidade nessa grande aventura e na vida futura.”

Após o devocional, élder Uchtdorf e irmã Harriet Uchtdorf se misturaram com a audiência para apertar mãos e conversar com os jovens adultos. Élder Uchtdorf disse, “Podemos ver como eles amam uns aos outros, como eles amam a Igreja e como eles amam de maneira única o Pai Celestial e Seu Filho, Jesus Cristo.”