Presidente e irmã Nelson, élder e irmã Christofferson embarcam em ministério pelo Sudeste da Ásia

Continuando seu ministério pelo mundo, presidente Russell M. Nelson e sua esposa, irmã Wendy Nelson, embarcaram sexta para o Sudeste da Ásia, com planos de visitar quatro países em sete dias de 15 a 22 de novembro.

“Wendy e eu estamos ansiosos para viajar com élder D. Todd Christofferson (do Quórum dos Doze Apóstolos) e sua esposa (irmã Kathy Christofferson) para o Sudeste da Ásia”, disse presidente Nelson. “Teremos o privilégio de visitar dois países que estão comemorando o 50º aniversário da Igreja em suas terras – Singapura e Indonésia – e dois países onde a Igreja é bem mais jovem – Vietnã e Camboja.”

Presidente Nelson falará em reuniões com membros e encontrará líderes governamentais e religiosos.

Tem 30.000 Santos dos Últimos Dias e quatro missões nos países que os líderes visitarão.

Quase uma década atrás, presidente Nelson visitou Singapura e Indonésia como um apóstolo, em fevereiro de 2010.

Essa será a primeira visita de um presidente da Igreja no Vietnã e Camboja em mais de 20 anos. Presidente Gordon B. Hinckley visitou o Vietnã e Camboja em 1996 e Singapura e Indonésia em 2000. Nenhum outro presidente da Igreja visitou esses países.

“Nos sentimos honrados por líderes oficiais do Vietnã e de qualquer outro lugar nos visitarem em Salt Lake City, e esperamos nos familiarizarmos mais com seus países”, disse presidente Nelson. “Este é um canto enérgico no mundo, um que tem visto muitos conflitos ao longo dos anos, mas também é uma região cheia de almas valentes, resilientes e determinadas. Esperamos que possamos compartilhar uma mensagem de esperança, paz e amor do Senhor Jesus Cristo para todos aqueles dispostos a ouvirem.”

Élder David F. Evans, Setenta Autoridade Geral e presidente da Área Ásia da Igreja, chamou a visita do presidente Nelson de “uma bênção tremenda.”

“Podemos sentir a animação e a alegria”, ele disse. Membros ao redor da área estarão viajando como um sacrifício pessoal e com dedicação de tempo significativos para participarem das reuniões com o profeta “por, talvez, uma única vez em suas vidas.”

“Essas reuniões serão entre as menores reuniões que ele provavelmente participará durante o curso de seu ministério como presidente da Igreja”, disse élder Evans. “Ao discutirmos essa questão com ele e outros, ele expressou muita alegria ao ter a oportunidade de estar num ambiente mais íntimo.”

Vacas descansam próximo ao Kampong Thom Branch no Camboja no dia 28 de abril, 2018.
Vacas descansam próximo ao Kampong Thom Branch no Camboja no dia 28 de abril, 2018. Credit: Jeffrey D. Allred

Presidente Nelson vê “um futuro brilhante para a Igreja na Ásia, e nesses países do Sudeste da Ásia, onde ele visitará.”

“Ele também reconhece o esforço extraordinário desses membros da Igreja que aceitaram o evangelho em lugares onde a maioria das pessoas não são nem tradicionalmente Cristãos nem tiveram a oportunidade de fazer o tipo de mudanças maravilhosas na vida que vem com a aceitação do evangelho e a conversão à Igreja.”

O Vietnã é um país onde a presença da Igreja é relativamente nova e está crescendo. No Camboja, tem cerca de 15.000 Santos dos Últimos Dias em 29 congregações e uma missão. O Templo de Phnom Penh Camboja foi anunciado pelo presidente Nelson em outubro de 2018 durante a conferência geral.

Cerca de 14.000 membros da Igreja, em 43 congregações, moram em Singapura e na Malásia. A Igreja está comemorando 50 anos em Singapura esse ano. Cerca de 7.500 Santos dos Últimos Dias em 24 congregações vivem na Indonésia, e tem uma missão. A Igreja também está celebrando 50 anos na Indonésia esse ano.