Ministrar ‘de A a Z’ — A visita do élder Rasband ao Pacífico incluiu membros, missionários e netos

Com visitas às estacas bem estabelecidas em Auckland e Hamilton, Nova Zelândia, passando por um pequeno ramo em mandarim que está crescendo em Melbourne, Austrália, e por uma ilha fijiano que dá boas-vindas a um apóstolo pela primeira vez, não é de se espantar que o élder Ronald A. Rasband tenha chamado sua mais recente designação de 14 dias por três países na Área do Pacífico de ministração “de A-Z em termos de experiência da Igreja e de pessoas que conhecemos.”

Além de conferências e devocionais com membros e missionários, o élder Rasband do Quórum dos Doze Apóstolos também se reuniu com o Dr. Mustafa Farouk, presidente da Federação das Associações Islâmicas da Nova Zelândia, e com Tim Macindoe, membro do parlamento de Hamilton West, e também passou um tempo com as equipes de comunicação da área.

Somado à diversidade de experiências estavam o élder Rasband e sua esposa, a irmã Melanie Rasband, que passaram o tempo em estudos, reuniões e ensinamentos com alguns de seus netos missionários que estão servindo na área. “Isso foi a cereja do bolo”, disse o élder Rasband. “Foi uma emoção estar com eles.”

O élder Ronald A. Rasband, à direita, e a irmã Melanie Rasband, cumprimentam uma pequena criança da Estaca Temple View Nova Zelândia após uma conferência de estaca em Hamilton, Nova Zelândia, em 17 de novembro de 2019.
O élder Ronald A. Rasband, à direita, e a irmã Melanie Rasband, cumprimentam uma pequena criança da Estaca Temple View Nova Zelândia após uma conferência de estaca em Hamilton, Nova Zelândia, em 17 de novembro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

O casal Rasband estava acompanhado em vários momentos por membros da presidência da Área do Pacífico e suas esposas, o élder Ian S. Ardern e a irmã Paula Ardern; o élder K. Brent Nattress e a irmã Shawna Nattress, e o élder Kazuhiko Yamashita e a irmã Tazuko Yamashita, bem como vários setentas de área.

Ministrar aos membros

O itinerário do élder Rasband incluiu reuniões com os membros, várias sessões de conferência de liderança em Hamilton de 16-17 de novembro, um devocional para os jovens adultos solteiros em Auckland, e uma conferência de distrito de última hora na Ilha Taveuni, em Fiji em 24 de novembro.

“Sua mensagem foi sentida por todos e nos aproximou de nosso Salvador Jesus Cristo”, disse o presidente da Estaca Nova Zelândia Temple View, o presidente John A. Kendall. “Sentimos o amor do presidente [Russell M.] Nelson quando o élder Rasband transmitiu a nós a mensagem de que nosso profeta nos ama e nos agradece por tudo o que fazemos para edificar Sião e acrescentou que todos nós somos necessários para realizar o trabalho do Senhor.”

O élder Rasband explicou o importante papel que todos os adultos têm de proteger e ajudar a nova geração a obter o próprio testemunho e um relacionamento pessoal com o Salvador, disse o presidente Kendall.

A sessão da conferência terminou então com o convite para que os membros mais novos “fossem à frente um por um de modo que cada criança e jovem pudesse apertar a mão de um profeta, vidente e revelador e apóstolo do Senhor Jesus”, ele adicionou. “Todos nós apreciaremos a visita do élder e da irmã Rasband para as gerações vindouras.”

Com o neto missionário, o élder Ammon MacPherson ao seu lado, o élder Ronald A. Rasband cumprimenta Aaliyah R. Chand, que está acompanhada por sua mãe Zareena Bi e seu irmão recém-converso Zaral Ali. O élder Rasband se juntou a seu neto para ensinar Aaliyah e Zareena em Suva, Fiji, em 21 de novembro de 2019.
Com o neto missionário, o élder Ammon MacPherson ao seu lado, o élder Ronald A. Rasband cumprimenta Aaliyah R. Chand, que está acompanhada por sua mãe Zareena Bi e seu irmão recém-converso Zaral Ali. O élder Rasband se juntou a seu neto para ensinar Aaliyah e Zareena em Suva, Fiji, em 21 de novembro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Disse Calla Dimaya sobre o que aprendeu com o élder Rasband no devocional para jovens adultos solteiros em Auckland: “Seu incentivo para sempre manter uma recomendação para o templo válida me lembrou como é importante sempre permanecer digna. Como atualmente não temos um templo em funcionamento aqui na Nova Zelândia, pode ser fácil deixar sua recomendação vencer sem renová-la. O discurso do élder Rasband me lembrou que uma recomendação do templo não é apenas um pedaço de papel que nos permite entrar no templo, quando assinamos nossa recomendação, nos comprometemos a viver de acordo com os padrões do Senhor.”

O casal Rasband tinha programado a conclusão da viagem ao Pacífico com conferências consecutivas de liderança e participação em Samoa e na Samoa Americana, um sábado e domingo em Ápia antes de voar os mais de 120 quilômetros (75 milhas) seguindo à risca o cronograma internacional e imediatamente participar de sessões semelhantes de sábado e domingo em Pago Pago. No entanto, um estado de emergência após um surto de sarampo epidêmico nas ilhas samoanas, que resultou na morte de algumas dezenas de crianças, fez com que todas as reuniões públicas fossem proibidas.

Em vez disso, o casal Rasband e o casal Ardern desviaram o curso e realizaram uma conferência distrital em Taveuni, uma pequena ilha de 19.000 habitantes, onde os santos dos últimos dias locais receberam um dos apóstolos do Senhor pela primeira vez. Para o casal Ardern, que haviam presidido anteriormente a Missão Fiji Suva, foi uma doce reunião com os membros taveuni, que se reuniram na única capela construída pela Igreja na ilha e se espalharam em uma tenda adjacente para saírem do sol e ficar na sombra.

“O élder e a irmã Rasband despertaram o coração dos membros, que ficaram ansiosos com seus testemunhos sobre Cristo e a Restauração da Igreja”, disse o élder Ardern. “Ele os encorajou a construir várias gerações de famílias fortes, sendo fiéis aos convênios que fazem e guardando os mandamentos.”

Ministrar aos missionários

O casal Rasband conduziu devocionais com missionários em três países, começando com um devocional de 15 de novembro no Centro de Treinamento Missionário da Nova Zelândia, no subúrbio de Manukau, em Auckland. Os presentes: 21 missionários que estavam no CTM há apenas dois dias e outros 21 funcionários e professores.

O élder Ronald A. Rasband e a irmã Melanie Rasband, à direita, posam para uma foto com seu neto missionário, o élder Jameson MacPherson, segundo da esquerda para a direita, e seu companheiro, o élder Tan Zue Wen Rayner, à esquerda, em Melbourne, Austrália, em 18 de novembro de 2019.
O élder Ronald A. Rasband e a irmã Melanie Rasband, à direita, posam para uma foto com seu neto missionário, o élder Jameson MacPherson, segundo da esquerda para a direita, e seu companheiro, o élder Tan Zue Wen Rayner, à esquerda, em Melbourne, Austrália, em 18 de novembro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“Foi especial estar na presença do élder Rasband em um grupo tão pequeno e apertar a mão dele”, disse o élder Celyn Tramacchi, de Gympie, Austrália, chamado para servir na Missão Austrália Adelaide. “Ele me ajudou a entender que estamos saindo para encontrar os eleitos do Senhor, mas talvez nunca vejamos as bênçãos completas que eles terão na vida.”

A dupla missionária de companheiras, a irmã Eden Keung e a irmã Kierra Gunnell foram tocadas pelo apelo do élder Rasband aos missionários de que “precisamos de vocês” enquanto ele compartilhava relatos das escrituras (2 Timóteo 2:1, 2 Néfi 28:20 e Doutrina e Convênios 1:17) para ilustrar o estado do mundo hoje e a necessidade de missionários para trazer bondade, felicidade e alegria ao mundo, ajudando as pessoas a encontrar o caminho do convênio.

“Ele nos fez perceber o peso de nosso chamado, como é importante servir”, disse a irmã Keung, de Hamilton, Nova Zelândia, que servirá na missão Adelaide.

A irmã Gunnell, de Centerville, Utah, e designada para servir na Missão Nova Zelândia Wellington, acrescentou o seguinte: “Ele me fez sentir que Senhor confia em nós para ajudar a trazer a bondade ao mundo.”

Em 18 de novembro, o casal Rasband realizou um devocional com a Missão Austrália Melbourne.

Os locais de designação ao Pacífico do élder Ronald A. Rasband do 12-25 de novembro.
Os locais de designação ao Pacífico do élder Ronald A. Rasband do 12-25 de novembro. Credit: Church News graphic

“Quando o élder Rasband falou conosco, percebi como meu chamado é importante e sagrado, o significado de todas as áreas em que sirvo e de cada companheiro que tenho”, disse a irmã Madison Hill, de Provo, Utah. “Ele falou sobre seu chamado para ser um apóstolo. Ele compartilhou como o presidente (Thomas S.) Monson disse-lhe que este chamado veio de Jesus Cristo. Foi incrível sentir o Espírito testemunhar que o nosso chamado vem da mesma autoridade.”

E a irmã Bailey Young, de Highland, Utah, disse que no devocional de 21 de novembro com os missionários da Missão Fiji Suva que estão servindo na ilha principal, ela soube que é amada.

“Ao deixar no altar de Deus um sacrifício voluntário da minha vida anterior e dos meus desejos egoístas, o que outrora eu fazia com um pouco de relutância, posso receber força e poder espiritual de que preciso”, disse ela. “Tudo se resume a o que estou disposta a dar. Sinto isso de modo poderoso que pelo fato de Cristo ter ofertado toda Sua vida sem esperar nada em troca para me ajudar, eu posso dar tudo de mim pelo resto da minha missão de ajudar meus irmãos e irmãs.”

Ministrar aos netos missionários

Em Melbourne, o casal Rasband se juntou ao neto, o élder Jameson MacPherson, de Draper, Utah, e seu companheiro em um estudo pessoal e com companheiro, uma reunião de distrito, um compromisso de ensino e um devocional à noite com o ramo em mandarim no qual ele serve.

“Por crescer sendo o neto do élder e da irmã Rasband, sabia que o que eles estão fazendo é importante, mas raramente tive a chance de acompanhar de perto e ver como é a vida deles, a menos que seja durante a conferência geral”, disse o élder MacPherson.

“Quando o vô e a vó vieram visitar, meu testemunho da importância do chamado dele e do meu chamado como élder de Israel aumentou imensamente”, acrescentou. “Foi uma alegria para mim mostrar aos meus avós o ramo Chinês da cidade e apresentá-los a alguns dos melhores amigos que encontrei na missão. Por meio da ministração deles, consegui concentrar melhor minha vida no amor que tenho por nosso Salvador.”

O élder Ronald A. Rasband, à direita, caminha com seu neto missionário, o élder Jameson MacPherson em Melbourne, Austrália, em 18 de novembro de 2019.
O élder Ronald A. Rasband, à direita, caminha com seu neto missionário, o élder Jameson MacPherson em Melbourne, Austrália, em 18 de novembro de 2019. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Em Suva, o casal Rasband passou um tempo com outro neto, o élder Ammon MacPherson, que serve há apenas dois meses. Seus esforços juntos incluíram uma reunião com um recém-converso indo-fijiano para ensinar a mãe e a irmã mais nova dele, seguida por uma entrevista de mídia com o Fiji Sun e um devocional à noite com a Ala Suva 3, onde o élder MacPherson serve.

Ele disse que, apesar de estar longe da família e comprometido no serviço do Senhor, ele aprendeu mais sobre os assuntos mais importantes da vida. “Não há maior alegria do que as conexões eternas de amor que existem dentro de uma família”, disse o élder MacPherson. “Muitas vezes não dei valor a esse poderoso dom antes da missão, mas isso não vai acontecer de novo.

“Ver e estar com meus avós trouxe mais alegria e incentivo do que eu posso descrever. Sentir seu amor e sua fé em mim eliminou todos os meus medos, o que me ajudou a superar meus desânimos atuais. A visita inspirou-me a trabalhar mais para que outros também possam vivenciar a alegria das famílias eternas. Serei eternamente grato pela visita e pela força que descobri em seu amor.”

O élder Rasband disse: “Creio que uma das lições que a irmã Rasband e eu aprendemos foi que, embora tivéssemos experiências com nossos netos, eles estavam cercados por colegas missionários, colegas membros, e sentimos que estávamos ministrando em todos os lugares em que íamos. … Nós nos envolvemos no trabalho deles, nós nos aprofundamos nele e conseguimos fazer a diferença.”

Ministrar em todos os momentos

O élder Nattress disse o seguinte sobre a passagem do casal Rasband no Pacífico: “Aqueles que participaram das reuniões ficaram visivelmente tocados pelo espírito do ensinamento e do testemunho do élder Rasband. Ele ouviu suas perguntas, discerniu seus corações e, em seguida, ensinou com grande poder e autoridade.

Formando um coração com os dedos, o élder Ronald A. Rasband despede-se jovens adultos solteiros depois de falar-lhes em um devocional em 17 de novembro de 2019 em Auckland, Nova Zelândia.
Formando um coração com os dedos, o élder Ronald A. Rasband despede-se jovens adultos solteiros depois de falar-lhes em um devocional em 17 de novembro de 2019 em Auckland, Nova Zelândia. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“O élder e a irmã Rasband não perderam uma única oportunidade de estender a mão e ministrar a todos, nos aeroportos, nas ruas, nas calçadas, nas capelas e nos lares. O resultado foi sempre o mesmo, todos foram edificados e inspirados e sentiram o amor do Senhor.”

Embora membros, missionários e líderes tiveram suas experiências de aprendizagem em reuniões e interações com o casal Rasband, o próprio casal Rasband também teve em suas ministrações pelo Pacífico.

“Quando o presidente Monson me ordenou apóstolo, ele disse: ‘Você deve ser uma testemunha especial do Senhor em todos os momentos, em todos os lugares e em todas as circunstâncias’. E nesta viagem, eu senti isso. Senti o Espírito do Senhor em todas as circunstâncias, e esses momentos foram ótimas oportunidades do evangelho centradas em Cristo para ministrar.”