Por que o Presidente Nelson apresentou um novo símbolo da Igreja durante a conferência geral

Durante sua mensagem compartilhada na noite de sábado na conferência geral, repleta de anúncios históricos, o Presidente Russell M. Nelson apresentou um novo símbolo da Igreja que sinaliza “o lugar central que Jesus Cristo ocupa” em Sua Igreja.

De modo apropriado, o símbolo inclui o nome da Igreja — A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias — dentro de uma pedra de esquina. Conforme ensinado desde os tempos bíblicos, Jesus Cristo é a “principal pedra de esquina” de Sua Igreja. (Efésios 2:20).

“No centro do símbolo se encontra uma representação da estátua de mármore de Thorvaldsen, ‘Christus’”, declarou o Presidente Nelson. “Ela retrata o Senhor ressurreto e vivo, estendendo os braços para receber a todos que se achegarem a Ele.

“Simbolicamente, Jesus Cristo está de pé sob um arco. O arco nos lembra o Salvador ressurreto saindo do túmulo no terceiro dia após sua crucificação.”

Leia sobre o convite do Presidente Nelson para outro jejum mundial

O novo símbolo, acrescentou, deverá ser familiar a todos que identificam o evangelho restaurado com o Cristo vivo e ressuscitado.

O Presidente Russell M. Nelson fala durante a sessão da noite de sábado da 190ª Conferência Geral Anual no dia 4 de abril de 2020.
O Presidente Russell M. Nelson fala durante a sessão da noite de sábado da 190ª Conferência Geral Anual no dia 4 de abril de 2020. Credit: Captura de tela, ChurchofJesusChrist.org

“O símbolo será agora utilizado como identificador visual na literatura, nas notícias e nos eventos oficiais da Igreja. Ele vai lembrar a todos de que esta é a Igreja do Salvador e que tudo que fazemos, como membros de Sua Igreja, está centrado em Jesus Cristo e em Seu evangelho.”

O presidente da Igreja, certamente, tem falado repetidamente sobre a grande importância de usar o nome correto da Igreja. Muito tem sido feito para alcançar esta correção.

“Sou muito grato ao Presidente M. Russell Ballard e a todo o Quórum dos Doze Apóstolos, que têm feito tanto para liderar estes esforços”, disse o Presidente Nelson. 

Líderes e departamentos da Igreja, assim como órgãos a ela relacionados, milhões de santos dos últimos dias e outras pessoas, agora usam o nome correto da Igreja, relatou. 

O guia de estilo oficial da Igreja foi ajustado, o principal site da Igreja agora é: ChurchofJesusChrist.org

A estátua original, Christus, feita por Bertel Thorvaldsen, que fica na Igreja de Nossa Senhora em Copenhague, na Dinamarca, na terça-feira, 13 de novembro de 2018.
A estátua original, Christus, feita por Bertel Thorvaldsen, que fica na Igreja de Nossa Senhora em Copenhague, na Dinamarca, na terça-feira, 13 de novembro de 2018. Credit: Kristen Murphy, Deseret News

Endereços de e-mail, nomes de domínios e canais de mídia social também foram atualizados. Até mesmo o mundialmente famoso Coro do Tabernáculo Mórmon agora é “O Coro do Tabernáculo na Praça do Templo”.

“Fizemos estes esforços extraordinários porque, quando removemos o nome do Senhor do nome de Sua Igreja, inadvertidamente o removemos como o foco central de nossa adoração e de nossa vida”, disse ele. “Quando tomamos sobre nós o nome do Salvador ao sermos batizados, nos comprometemos a testificar, por meio de nossas palavras, nossos pensamentos e nossas ações, que Jesus é o Cristo.”

O Presidente Nelson lembrou à sua congregação geral mundial que, se os membros da Igreja “[dessem o melhor de si]” para restaurar o nome correto da Igreja, o Senhor “derramaria Seu poder e Suas bênçãos sobre os santos dos últimos dias” como jamais ocorreu.

“Renovo essa promessa hoje.”

Em 16 de agosto de 2018, o Presidente Nelson divulgou uma declaração pedindo o fim do uso de apelidos, abreviaturas e nomes incorretos — como Mórmon e SUD — que haviam se disseminado amplamente e ofuscado o nome correto da Igreja.

Dois dias depois, em um devocional em Montreal, diante de milhares de pessoas reunidas no Palais des congrès de Montreal, o Presidente Nelson fez os primeiros comentários públicos sobre o assunto enquanto prestava testemunho da veracidade da Igreja, usando e enfatizando seu nome completo.

“O nome da Igreja não é negociável porque o Senhor nos disse como sua igreja deve ser chamada”, afirmou o Presidente Nelson à sua congregação canadense. “Não vamos mudar o nome da Igreja. Vamos corrigi-lo — é importante observar isso.”

Ele então repetiu as próprias palavras do Senhor em Doutrina e Convênios 115:4: “Assim será a minha igreja chamada (…) A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”.