A presidência geral das Moças compartilha como a juventude pode permanecer conectada durante o distanciamento social devido à COVID-19

“Podemos ajudar”. “Queremos estar envolvidas”. “Podemos fazer coisas difíceis”. “Podemos receber revelações para os nossos chamados”. “O Senhor confia em nós. Como podemos ajudar nossos líderes a também confiarem em nós?” 

Estes são apenas alguns dos comentários e perguntas que recebemos de nossas maravilhosas moças em nossas viagens ao redor do mundo. E estão certas. Elas podem fazer coisas difíceis. Podem receber revelação para os seus chamados. E mais importante, o Senhor confia nelas.

Não é por acaso que as presidências de classes das Moças foram chamadas por Deus e designadas pela autoridade do sacerdócio. Receberam responsabilidades para preparar, aconselhar, ensinar, ministrar e liderar. Como suas líderes, temos, por um lado, uma responsabilidade para guiar, orientar e instruir nossas presidências de classes para que possam ser líderes bem sucedidas na obra. Foram chamadas e empoderadas pelo Senhor e nosso trabalho é ajudá-las a obterem êxito. 

Mesmo quando as circunstâncias não permitem que nos reunamos fisicamente, ainda somos responsáveis por cumprir nossos chamados. O convite para estarmos envolvidos ativamente no trabalho de salvação e exaltação não foi rescindido — pelo contrário, é mais importante agora do que nunca. Independente dos desafios dos nossos dias, através da tecnologia, ainda podemos nos aconselhar juntos, ainda podemos fazer reuniões, ainda podemos cuidar uns dos outros e ainda podemos ministrar. 

 presidência geral das Moças: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Becky Craven, segunda conselheira.
presidência geral das Moças: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Becky Craven, segunda conselheira. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

A juventude não está apenas disposta, mas também está preparada para levar esta obra sagrada avante. Élder David A. Bednar testificou: “Seus dedos foram treinados para digitar textos e tweetar, a fim de acelerar e impulsionar o trabalho do Senhor” (“O Coração dos Filhos Voltar-se-á”, Liahona, novembro de 2011).

É importante estarmos conectados. Além de ligar, mandar mensagem, e-mail, FaceTime, Google Chat e Zoom, o Aplicativo Viver o Evangelho — localizado na Biblioteca do Evangelho — é uma forma inspirada de unir nossas moças e continuar avançando a obra do Senhor. O aplicativo apresenta a ferramenta Círculos que ajuda as presidências de classe das Moças, assim como a presidência das Moças, a coordenar reuniões de presidências de classe, compartilhar qualquer conteúdo do Aplicativo Viver o Evangelho, coordenar e planejar atividades, e compartilhar pensamentos espirituais e mensagens.

Uma vez que a forma mais eficaz para nos mantermos conectados foi estabelecida, podemos utilizar uma variedade de recursos para ajudar a orientar nossas presidências de classe a se certificar de que aprendam e cumpram suas obrigações de liderança.

  • O Manual Geral recém-atualizado: Capítulo 11, Moças, concede informações valiosas sobre as responsabilidades das presidências de classe das Moças e como os líderes adultos podem ajudá-las a cumprirem com estas obrigações. Perceberam que tivemos algumas mudanças? Com a revelação contínua, podemos ter certeza de que haverá mais por vir. Tenham certeza de regularmente checar o Manual Geral, o aplicativo Viver o Evangelho e o site das Moças para ajuda e recursos futuros.
  • Há recursos para presidências de quórum e classe que podem ajudar as presidências de classe a funcionarem completamente com suas responsabilidades. Agora que a juventude tem um pouco mais de tempo livre, os líderes adultos podem aproveitar esta oportunidade para treinarem e orientarem. Permitir que a juventude lidere não significa lhes dar mais designações; significa ajudar a desenvolver habilidades necessárias que lhes permitam ser eficazes em seus chamados.
  • O modelo da agenda da reunião de presidência é um recurso maravilhoso para ajudar as presidências de classe a planejarem reuniões de presidência eficazes. As líderes adultas são incentivadas a se aconselharem com a presidente de classe enquanto preparam a agenda para a próxima reunião de presidência de classe. Isto faz com que a reunião seja mais tranquila e instile na presidente de classe mais confiança na sua habilidade de liderar.
  • Realizar o conselho de jovens da ala regularmente, pelo menos mensalmente, é uma oportunidade vital para a juventude ajudar a levar o trabalho de salvação e exaltação avante em suas alas. Nossa responsabilidade como líderes adultos é de ajudar a prepará-los para serem bem sucedidos nestas reuniões.

Conselho de jovens da ala: 5 coisas que os líderes gerais dos Rapazes e das Moças querem que saibam

Uma presidência de classe das Moças, na Estaca Layton Utah Leste, começou a se reunir por 15 minutos todos os domingos, assim que terminava a reunião. Estas curtas reuniões ajudaram a preencher lacunas entre as reuniões mensais mais longas.

A presidente das Moças, Rachel Zambrana, lembrou à presidência de classe que a reunião era delas e que estava participando apenas como um recurso e mentora. Nos primeiros domingos, a presidência de classe se esforçou para encontrar sua base e voz. Dentro de poucas semanas, contudo, ao assumirem o domínio de suas reuniões de presidência de classe e começarem a magnificar seus chamados, viram os frutos dos seus esforços manifestados na participação em classe, na ministração atenciosa de umas com as outras, e no serviço e atividades inspiradas.

Jennifer Asay, primeira conselheira na presidência das Moças, reportou: “Consigo perceber uma grande diferença. Sua confiança, organização e desejo de fazer mais é evidente. É isto que tenho desejado que as moças (e mulheres no geral) alcancem.”

O que é mais maravilhoso é que estas reuniões de presidência podem ser feitas virtualmente.

Duas moças estudam juntas as escrituras.
Duas moças estudam juntas as escrituras. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Ao incentivarem suas presidências de classe a cumprirem suas responsabilidades sagradas, ficarão maravilhadas com as revelações que receberão. Por exemplo, na Estaca St. George Utah Morningside — assim que perceberam que provavelmente teriam que adiar o acampamento das Moças deste verão — as moças se aconselharam juntas e decidiram utilizar o Zoom e o Instagram para realizarem um acampamento virtual. Estão planejando com entusiasmo para esta experiência espiritual e social.

Na Noruega, ao invés de cancelar sua atividade anual de dois dias, a juventude foi inspirada a realizar uma conferência de vídeo, em que mais de 100 jovens se reuniram em classes do Zoom online. Aprenderam a cozinhar, se exercitar juntos e compartilhar mensagens espirituais. 

O que é mais impressionante é que estas atividades foram ou estão sendo planejadas pelos jovens — não pelos líderes. As moças são o nosso melhor recurso para identificarmos o que as moças precisam. A juventude está liderando e é nossa responsabilidade ajudá-los a se elevarem. 

Ao buscarmos oportunidades criativas para liderar e ministrar à distância através da tecnologia, podemos ajudar nossas moças a continuarem a desenvolver habilidades valiosas de liderança e padrões para buscarem e agirem de acordo com suas revelações pessoais, ao prepararem o mundo para a segunda vinda do nosso Salvador, Jesus Cristo.