Vídeo: Uma visita aos bastidores das filmagens da proclamação bicentenária no Bosque Sagrado com o Presidente Nelson

Em preparação para o 200º aniversário da Primeira Visão, o Presidente Russell M. Nelson repetiu os passos do Profeta Joseph Smith ao entrar no Bosque Sagrado e proferir uma firme proclamação ao mundo declarando a restauração contínua de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Naquela ocasião histórica, o Presidente Nelson convidou duas líderes — a presidente da Sociedade de Socorro, Jean B. Bingham, e a presidente da Primária, Joy D. Jones — para acompanhá-lo. 

Em um novo vídeo do Church News intitulado “Uma Proclamação Sagrada”, a presidente Bingham e a presidente Jones relatam “o profundo privilégio” de estar no Bosque Sagrado enquanto o Presidente Nelson proferia as palavras de “A Restauração da Plenitude do Evangelho de Jesus Cristo: Uma Proclamação Bicentenária ao Mundo”.

O Presidente Russell M. Nelson, de pé no Bosque Sagrado em Palmyra, Nova York, olha para cima durante as filmagens do vídeo que anunciou a nova proclamação bicentenária da Igreja.
O Presidente Russell M. Nelson, de pé no Bosque Sagrado em Palmyra, Nova York, olha para cima durante as filmagens do vídeo que anunciou a nova proclamação bicentenária da Igreja. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“Lembro-me de momentos antes do início das filmagens, quando o Presidente Nelson olhou para cima — por um breve momento — mas olhou para os céus”, disse a presidente Jones. “E naquele momento, pensei: ‘Os céus realmente estão abertos, como estavam quando o Profeta Joseph esteve naquele bosque’. 

Foi uma terna experiência estar presente e sentir o espírito que estava lá quando o Presidente Nelson proferiu aquelas belas palavras.”

A irmã Bingham chamou de uma “experiência marcante” ouvir a proclamação, “feita pelo nosso profeta de 95 anos, que é forte e saudável e tem todas as chaves do reino…. 

“Senti-me muito honrada por ser uma das duas líderes chamadas para estar lá, observando em silêncio e reverência, naquele belo local.”