Mensagem do Élder Soares aos pioneiros internacionais e modernos: Obrigado por ‘prepararem o caminho’

Quando o Élder Ulisses Soares tinha 5 anos, seus pais começaram a se reunir com os missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em sua casa em São Paulo, Brasil. Eles foram batizados alguns meses depois e o Élder Soares, posteriormente, aos 8 anos. 

Ele e seus pais não tinham apoio de seus parentes, que frequentavam outra igreja. “Cresci na Igreja sem qualquer relação com meus parentes”, disse o membro do Quórum dos Doze Apóstolos. 

“A Igreja se tornou minha família e muitos dos meus amigos eram da Igreja. Todos me ajudaram e me apoiaram enquanto eu crescia no evangelho de Jesus Cristo.”

Conforme o Élder Soares reflete sobre seus primeiros anos na Igreja, ele se recorda de seus pais encontrando forças e coragem nos ensinamentos do evangelho. Ele também se lembra de seus líderes no ramo e seus esforços para ensiná-lo, assim como seus amigos que o apoiaram, já que ele era o único santo dos últimos dias na escola e no trabalho. 

Para o Élder Soares, seus pais, líderes e amigos foram todos pioneiros. “Acredito que um pioneiro santo dos últimos dias é aquele que ajuda a preparar o caminho para os outros”, disse. “Devo muito do que está acontecendo hoje em minha vida a essas pessoas maravilhosas que me ajudaram a pavimentar meu caminho.”

“Meus filhos são a terceira geração na Igreja, e agora vejo meus netos crescendo no evangelho e desfrutando das bênçãos de meus pais — as bênçãos que eles trouxeram para nossa família por causa de seu sacrifício para mudar seu futuro”, disse Élder Soares. 

Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, olha para o mural “A família da humanidade”, localizado na cobertura do Centro de Conferências em Salt Lake City, Utah, na terça-feira, dia 23 de junho de 2020.
Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, olha para o mural “A família da humanidade”, localizado na cobertura do Centro de Conferências em Salt Lake City, Utah, na terça-feira, dia 23 de junho de 2020. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Sentado em frente ao mural Family of Man, na cobertura do Centro de Conferências em Salt Lake City, conforme o Dia dos Pioneiros se aproxima, Élder Soares expressou gratidão pelos pioneiros em sua vida e encorajamento aos pioneiros santos dos últimos dias no mundo todo.

Pioneiros em todos os países

Hoje o Brasil, país natal do Élder Soares, abriga 1,5 milhão de membros da Igreja e sete templos, com mais quatro anunciados ou em construção — crescimento que começou com alguns indivíduos “guiados pelo Senhor”, disse Élder Soares. 

As famílias Zapf e Lippelt foram batizadas na Alemanha e emigraram para o Brasil nos anos de 1913 e 1923, respectivamente. Em 1929, Bertha Sell e seus quatro filhos se tornaram os primeiros membros a serem batizados no Brasil. 

Sell escapou da pobreza na Alemanha após a Primeira Guerra Mundial e fugiu para o Brasil com sua família, contou Élder Soares. “Ela era membro fiel da Igreja e ajudou a estabelecer A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em um país estranho para ela.”

Fora de Utah, não há um dia específico para se homenagear os pioneiros, observou Élder Soares. “Contudo, recontamos suas histórias em ocasiões especiais”, na criação de uma nova estaca, na dedicação de uma capela ou de um templo — “que é o verdadeiro fruto de seu sacrifício.”

Presidente Ballard encoraja os santos a ‘se lembrarem das histórias dos pioneiros’

Algumas das experiências mais memoráveis do Élder Soares se reunindo com membros pioneiros incluem:

  • A criação da primeira estaca na América do Sul em São Paulo, Brasil, em 1966
  • A Conferência Regional em São Paulo em 1975, quando o Presidente Spencer W. Kimball anunciou o primeiro templo na América do Sul, o Templo de São Paulo Brasil
  • A dedicação do Templo de São Paulo Brasil pelo Presidente Kimball em 1978
  • A abertura de terra do Centro de Treinamento Missionário de Brasil em São Paulo pelo Élder James E. Faust em 1993
  • A dedicação do CTM Brasil pelo Élder Russell M. Nelson em 1997
  • A criação da 100ª estaca nas Filipinas com o Élder Neil L. Andersen em 2017
  • A dedicação do Templo Fortaleza Brasil em 2019
Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, à esquerda, abraça Lino Cintras após uma reunião com líderes visitantes da Igreja e os membros pioneiros de Fortaleza, Brasil, no dia 1º de junho de 2019.
Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, à esquerda, abraça Lino Cintras após uma reunião com líderes visitantes da Igreja e os membros pioneiros de Fortaleza, Brasil, no dia 1º de junho de 2019. Credit: Scott Taylor

A dedicação do templo de Fortaleza foi particularmente especial para o Élder Soares, pois o templo está localizado em uma área que fazia parte de sua missão quando serviu como missionário. Ele convidou os santos mais antigos para uma reunião na qual eles compartilharam suas experiências de conversão. “Jamais me esquecerei das expressões de gratidão dos pioneiros que participaram daquele maravilhoso e memorável encontro”, disse ele. 

O presidente de missão do Élder Soares, Hélio da Rocha Camargo, também foi um pioneiro brasileiro santo dos últimos dias. Enquanto estudava em uma Universidade Metodista para se tornar pastor, ele e dois colegas encontraram a verdadeira doutrina do batismo na Igreja e foram batizados em São Paulo. O Élder Camargo se tornou, mais tarde em 1985, a primeira Autoridade Geral brasileira. 

Ao se reunir com alguns dos primeiros santos nas Filipinas antes da criação da 100ª estaca, Élder Soares disse que ouviu o testemunho de um homem que jamais se esquecerá. “Pudemos nos relacionar com o amor que ele tem pelo evangelho, bem como os sacrifícios que fez para viver por meio do testemunho que recebeu e por seus esforços, para convidar as pessoas a se unirem ao evangelho de Jesus Cristo.”

“Encontramos essas pessoas em todos os países, em todos os lugares. … Eles sacrificaram muito para estabelecerem o reino de Deus em seus países.”

Encorajamento para os pioneiros modernos

Muitos santos dos últimos dias em todo o mundo estão enfrentando dificuldades enquanto se sacrificam pelo evangelho. Assim como os primeiros pioneiros, que emularam um espírito de felicidade e otimismo, os pioneiros modernos podem sentir esta mesma alegria que se concentra no Salvador, disse Élder Soares. 

“O Senhor disse: ‘Portanto tende bom ânimo e não temais, porque eu, o Senhor, estou convosco e ficarei ao vosso lado; e testificareis de mim, Jesus Cristo, que eu sou o Filho do Deus vivo, que eu fui, que eu sou e que eu virei’ (Doutrina e Convênios 68:6). 

“Acredito que esta promessa sustentou os pioneiros nas dificuldades e provações pelas quais passaram, mas também nos sustentam hoje porque essas promessas são válidas para todos nós em nossa época”, comentou. 

“Meu encorajamento é um convite para orar diante do Senhor, pedir ajuda e nos humilharmos diante de nosso querido Pai Celestial, que nos ama tanto. Ele é nosso Pai e quer que sejamos felizes nesta vida. Ele quer que voltemos a Sua presença.”

Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, olha a vista da cobertura do Centro de Conferências em Salt Lake City na terça-feira, dia 23 de junho de 2020.
Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, olha a vista da cobertura do Centro de Conferências em Salt Lake City na terça-feira, dia 23 de junho de 2020. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Desafios inesperados fazem parte da mortalidade, disse o Presidente M. Russell Ballard, Presidente Interino do Quórum dos Doze Apóstolos. Os primeiros pioneiros enfrentaram dificuldades e não eram “perfeitos.”

“De certa forma, eles aprenderam algumas grandes lições com os erros que cometeram”, disse ele. “Conforme sofriam, viajavam e aprendiam a conhecer a Deus e ao Senhor Jesus Cristo por meio da fé exercida ao orarem, se tornaram cada vez mais fortes espiritualmente. 

“Essa é a jornada que todos nós fazemos. Estamos tentando nos tornar pessoas melhores.” 

A presidente geral da Primária, Joy D. Jones, acrescentou: “Os primeiros pioneiros confiaram no Salvador, e também confiamos Nele. … Compartilhamos a mesma fé que eles tinham.”

Presidente Jones fala sobre lições ensinadas por mulheres e crianças pioneiras: ‘Somos capazes de realizar coisas difíceis’

A pandemia de COVID-19 provou ser uma dificuldade inesperada para muitos, disse ela. “Temos a oportunidade agora de escolhermos ser felizes, ter esperança e perceber que isso é temporário. E o Senhor está conosco. Ele nos abençoou imensamente nos últimos meses de muitas maneiras diferentes, maneiras que talvez nunca esperássemos. 

“E este é o segredo: Ele nos abençoa por meio de coisas difíceis.” 

Élder Soares disse: “Os pioneiros da Igreja deixaram um grande legado para nós que fazemos parte das novas gerações. E temos que carregá-lo por meio de nosso serviço.”

Os santos dos últimos dias hoje podem ativamente escolher ser pioneiros “conforme decidem seguir o evangelho, ser bons exemplos para o mundo e refletir a luz do Salvador em seu semblante”, concluiu.