Presidente Ballard no Seminário para nova Liderança de Missão: Por que pregar o evangelho é o ‘dever mais importante’

No 176º aniversário do martírio de Joseph e Hyrum Smith, o Presidente M. Russell Ballard homenageou o Profeta e seu irmão, celebrou a Restauração do evangelho de Jesus Cristo e enfatizou a importância do trabalho missionário.

“Uma das obrigações resultantes da Restauração do evangelho é nossa responsabilidade de compartilhá-lo com outras pessoas”, disse o presidente interino do Quórum dos Doze Apóstolos. “Em um sermão proferido em abril de 1837, o Profeta Joseph Smith declarou: ‘Depois de tudo o que foi dito, o maior e mais importante dever é pregar o evangelho.’”

Falando durante o Seminário para nova Liderança de Missão 2020, o Presidente Ballard abordou o tema: “Eis que o campo já está branco para a ceifa.”

“Hoje é 27 de junho, o que sempre traz a nossa mente o evento traumático na história de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e na vida da família de Joseph e Lucy Mack Smith”, disse o Presidente Ballard.

O bisavô do Presidente Ballard, Joseph F. Smith, tinha apenas 5 anos quando seu pai, Hyrum, e o tio Joseph foram assassinados na Cadeia de Carthage no dia 27 de junho de 1844. Mais tarde, ele diria que soubera da morte de seu pai em uma “manhã nublada e nebulosa” quando tudo parecia “escuro, sombrio e triste.”

Os corpos de Joseph e Hyrum foram levados para a Mansion House em Nauvoo, onde a família poderia velar por eles.

“No dia seguinte, os santos passaram pela Mansão para prestar homenagem aos mártires”, disse o Presidente Ballard. “Joseph F. nunca se esqueceu do momento em que sua mãe o levantou para ver seu querido pai e seu amado tio Joseph uma última vez.”

A plenitude do evangelho

O Presidente Ballard também observou que este ano marca o 200º aniversário da Primeira Visão, quando o Pai e o Filho apareceram a Joseph, com 14 anos, em um bosque.

“Durante aquele momento e a morte de Joseph em 1844, o Senhor lhe revelou a plenitude do evangelho de Jesus Cristo”, disse o Presidente Ballard. “Sobre isso, John Taylor escreveu em Doutrina e Convênios 135:3, ‘Joseph Smith, o Profeta e Vidente do Senhor, com exceção apenas de Jesus, fez mais pela salvação dos homens neste mundo do que qualquer outro homem que jamais viveu nele.’”

Continuando, o Presidente Ballard disse que o Presidente Russell M. Nelson afirmou que o Senhor está acelerando Seu trabalho para coligar Israel. Ele citou o Presidente Nelson dizendo: “Esta coligação é a coisa mais importante que acontece na Terra hoje. Nada mais se compara em magnitude, em importância e em majestade. E se vocês escolherem, se quiserem, podem ser uma grande parte dela. Vocês podem ser uma grande parte de algo grande, grandioso e majestoso.”

Os apóstolos têm a responsabilidade de garantir que o evangelho restaurado de Jesus Cristo chegue a todas as pessoas do mundo, acrescentou o Presidente Ballard. “Vocês foram chamados e designados para liderar seus missionários, a fim de nos ajudar a cumprir este grande mandamento de nosso Senhor Jesus Cristo.”

Doutrina e Convênios 11

Hyrum Smith, o irmão mais velho do profeta Joseph, foi um de seus primeiros e mais fiéis apoiadores, disse o Presidente Ballard. “Ele sabia que seu irmão mais novo tinha sido chamado por Deus para restaurar a plenitude do evangelho.”

Em certa ocasião, em 1829, Hyrum viajou mais de 257 quilômetros de sua casa em Palmyra, Nova York, até onde Joseph e Emma estavam morando em Harmony, na Pensilvânia, para descobrir mais sobre o que havia sido revelado a Joseph. Em resposta à visita, o Profeta recebeu para Hyrum uma revelação registrada na seção 11 de Doutrina e Convênios.

Há uma estátua de Joseph e Hyrum Smith do lado de fora da Cadeia de Carthage, onde os irmãos foram mortos no dia 27 de junho de 1844.
Há uma estátua de Joseph e Hyrum Smith do lado de fora da Cadeia de Carthage, onde os irmãos foram mortos no dia 27 de junho de 1844. Credit: Jeffrey Allred, Arquivos do Deseret News

O Presidente Ballard disse aos líderes de missão que encontrarão princípios nesta revelação, que se aplicam a eles e a suas missões.

“Assim como anunciou para Hyrum, o Senhor anuncia a vocês e a todos: ‘Eis que o campo já está branco para a ceifa; portanto quem deseja ceifar que lance a foice com vigor e ceife enquanto durar o dia, a fim de entesourar para sua alma a salvação eterna no reino de Deus. Sim, aquele que lança sua foice e ceifa é chamado por Deus’” (Doutrina e Convênios 11:3-4).

“Ao enfrentarem desafios e tomarem decisões importantes em sua missão, vocês se encontrarão de joelhos, e é exatamente onde precisarão estar durante suas designações.”

Os líderes das missões podem fazer 4 coisas

O Presidente Ballard disse que o Senhor forneceu conselhos e direção, e prometeu bênçãos aos líderes das missões que fizerem quatro coisas encontradas em Doutrina e Convênios 11:9, 21.

Primeiro: “Não procures pregar minha palavra, mas primeiro procura obter minha palavra e então tua língua será desatada; e então, se o desejares, terás meu Espírito e minha palavra, sim, o poder de Deus para convencer os homens”.

Segundo: “Não pregues coisa alguma a esta geração, a não ser arrependimento”.

Terceiro: “Guardem os mandamentos”.

Quarto: “Ajudem a realizar minha obra, de acordo com meus mandamentos.”

O Presidente Ballard disse que em Doutrina e Convênios 11:10, o Senhor adverte aqueles chamados para trabalhar em Sua vinha: “Eis que tens um dom, ou melhor, terás um dom se me pedires com fé, com um coração sincero, crendo no poder de Jesus ou em meu poder que fala a ti”.

Os líderes das missões são convidados, assim como Hyrum, a “Por [sua] confiança naquele Espírito que leva a fazer o bem” (Doutrina e Convênios 11:12).

“Quando agimos de acordo com os apelos do Senhor, Ele nos abençoa além do que podemos imaginar”, disse o Presidente Ballard. “Neste caso, o Senhor promete enviar Seu Espírito, que iluminará nossa mente e encherá nossa alma de alegria! Essas bênçãos são suas, pois vocês confiam no Senhor, são justos, caminham humildemente e julgam com justiça como líderes de missão. Ao fazerem essas coisas, vocês receberão bênçãos adicionais – seus missionários, líderes e membros locais confiarão em vocês e os respeitarão.”

O Presidente Ballard disse que o Senhor também deu aos líderes das missões, como Ele deu a Hyrum, algumas dádivas divinas adicionais: Sua palavra, Sua Rocha, Sua Igreja e Seu evangelho (Ver Doutrina e Convênios 11:16).

“Depois de tudo o que foi dito, o maior e mais importante dever é pregar o evangelho.”

O Senhor conclui esta revelação com estas palavras majestosas: ‘Eis que eu sou Jesus Cristo, o Filho de Deus. Eu sou a vida e a luz do mundo. Eu sou o mesmo que vim aos meus e os meus não me receberam; Mas em verdade, em verdade eu te digo que a todos os que me receberem darei poder para se tornarem filhos [e filhas] de Deus, sim, àqueles que crerem em meu nome. Amém’” (Doutrina e Convênios 11:28-30).

Com essas palavras, disse o Presidente Ballard, os santos dos últimos dias aprendem que, embora Ele tenha sido rejeitado no primeiro século pelos Seus, o Salvador agora Se oferece novamente ao mundo. “Ele promete a todas as pessoas que O receberem e acreditarem Nele que se tornarão filhos e filhas de Deus por meio de Seu sacrifício expiatório.

“O evangelho restaurado de Jesus Cristo é algo muito maravilhoso, incrível e notável. Os missionários precisam convidar muito mais pessoas para se achegarem ao Pai por meio do Salvador todos os dias.”

Trabalhar com os missionários

Os missionários virão em diferentes tamanhos, de diferentes comunidades e terras, origens sociais e econômicas, situações familiares e uma variedade de experiências profissionais, educacionais e eclesiásticas, disse o Presidente Ballard.

“Por meio do discernimento adequado enquanto vocês trabalharem com seus preciosos missionários, se certifiquem de não apenas olharem para o semblante deles ao lhes proporcionarem oportunidades para servirem na missão, mas que também aprendam a conhecer seu amor pelo Senhor.

“Uma das maiores alegrias que os líderes de missão experimentarão será presenciar milagres quando virem o que vocês e o Senhor farão para transformarem rapazes e moças em poderosos professores do evangelho.”

Os líderes da missão presenciarão milagres repetidamente “ao se concentrarem em ajudar seus missionários a se tornarem discípulos de Jesus Cristo através do amor e ao lhes proporcionar uma visão do que podem realizar com Sua ajuda”, disse ele.  

“Presto testemunho de que este é o trabalho do Senhor. Senti Sua presença muitas vezes e lhes asseguro que vocês conhecerão, ouvirão, sentirão e verão Sua mão em suas missões, se realmente buscarem.”