As mulheres da Igreja têm ‘o poder espiritual de mudar o mundo’, diz Presidente Nelson

As mulheres da Igreja têm “o poder espiritual de mudar o mundo”, declarou o Presidente Russell M. Nelson em seu discurso na noite de sábado, dia 3 de outubro: “Tenho observado vocês fazendo exatamente isso durante esta pandemia”, disse ele.

Os líderes de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias reconheceram os enormes desafios enfrentados por muitas mulheres hoje, durante a sessão das mulheres da 190ª Conferência Geral Semianual. Entretanto, em um ano marcado por dificuldades financeiras e físicas em meio a desastres naturais e pandemias, os líderes também transmitiram seu amor, preocupação e confiança nas mulheres da Igreja.

As irmãs têm sido “absolutamente heroicas”, disse o Presidente Nelson. “Fico admirado com sua força e sua fé. Vocês têm demonstrado que, em circunstâncias difíceis, prosseguem com coragem. Amo vocês e lhes asseguro que o Senhor as ama e vê o grande trabalho que estão realizando. Obrigado! Mais uma vez, vocês têm provado que são literalmente a esperança de Israel.”

Presidente Russell M. Nelson fala durante a sessão das mulheres da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no sábado, dia 3 de outubro de 2020.
Presidente Russell M. Nelson fala durante a sessão das mulheres da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no sábado, dia 3 de outubro de 2020. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

Apesar dos desafios, “temos tanto a esperar! O Senhor as colocou aqui, agora, porque Ele sabia que vocês teriam a capacidade de gerenciar as complexidades da última parte destes últimos dias. …

“Não estou dizendo que os próximos dias serão fáceis, mas prometo que o futuro será glorioso àqueles que estão preparados e que continuam a se preparar para serem instrumentos nas mãos do Senhor”, disse o Presidente Nelson.

A presidente geral das Moças, Bonnie H. Cordon, que dirigiu a sessão, fez breves comentários antes de apresentar um novo vídeo, retratando mulheres da Igreja no mundo todo servindo, nutrindo e encorajando as pessoas ao seu redor. “Seus esforços individuais têm sido considerados coletivamente e têm tido uma magnífica influência global”, disse ela.

Os últimos seis meses têm sido excepcionalmente desafiadores. E mesmo assim, “Temos observado vocês buscando a luz do Salvador por meio do estudo e da oração. Como filhas do convênio, vocês têm alcançado e compartilhado a luz, ao servirem as pessoas que estão ao seu redor e expressarem sua fé por meio de suas ações.”

Presidente Dallin H. Oaks garantiu às suas ouvintes que a Primeira Presidência está preocupada com os desafios que as mulheres do mundo inteiro estão enfrentando. Eles amam e oram por elas. “O Senhor tem um amor e uma preocupação especial por Suas preciosas filhas”, disse o Presidente Oaks. “Ele sabe de seus desejos, suas necessidades e seus medos. O Senhor é Todo-poderoso. Confiem Nele.”

A oposição faz parte do plano do Pai Celestial, mas todas as provações e tribulações são temporárias. A alegria pode ser encontrada nos princípios e nas promessas do evangelho, bem como no fruto do próprio trabalho, disse o primeiro conselheiro na Primeira Presidência.

Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, fala durante a sessão das mulheres da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no sábado, dia 3 de outubro de 2020.
Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, fala durante a sessão das mulheres da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no sábado, dia 3 de outubro de 2020. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“Em meio às dificuldades, a garantia Divina é sempre, ‘tende bom ânimo, porque eu vos guiarei’” (Doutrina e Convênios 78:18), disse ele.

As “amadas filhas” do Pai Celestial têm um papel crucial no estabelecimento de Sião, disse o Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência.

Estas amadas filhas têm o dom de acalmar a contenda e promover justiça com seu amor a Deus e com o amor de Deus que elas geram naqueles a quem servem, disse o Presidente Eyring.

“Irmãs, vocês receberam a bênção de serem filhas de Deus com dons especiais. Trouxeram com vocês para a vida mortal, uma capacidade espiritual para nutrirem as pessoas e elevá-las cada vez mais em direção ao amor e à pureza que as qualificará para viverem juntas em uma sociedade de Sião.”

Os profetas dos últimos dias, incluindo o Presidente Nelson, têm declarado a vasta influência que as mulheres têm sobre a Igreja como devotas defensoras da fé, disse ele.

O Presidente Eyring prometeu às irmãs da Igreja: “O Senhor as guiará pela mão, através do Espírito Santo. Ele irá diante de vocês, conforme O ajudam a preparar Seu povo para se tornarem Sua prometida Sião.”

“As mulheres desta Igreja têm um potencial ilimitado para mudar a sociedade”, declarou a irmã Sharon Eubank, primeira conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro.

A irmã Sharon Eubank, primeira conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, fala durante a sessão das mulheres da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no sábado, dia 3 de outubro de 2020.
A irmã Sharon Eubank, primeira conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, fala durante a sessão das mulheres da 190ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no sábado, dia 3 de outubro de 2020. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

A irmã Eubank ofereceu conselhos para superarem o desânimo e tornarem o mundo um lugar melhor, através da misericórdia, unidade e luta contínua pelo bem.

Ela citou uma reunião do dia 9 de junho de 1842, da recém organizada Sociedade de Socorro, quando o Profeta Joseph Smith disse: “Pela união de sentimentos obtemos poder com Deus.”

“Tenho plena confiança espiritual de que, ao buscarmos a ‘união dos sentimentos’, invocaremos o poder de Deus para tornarmos nossos esforços mais completos”, disse ela.

A irmã Cristina B. Franco, segunda conselheira na presidência geral da Primária, também mencionou alguns dos desafios que deixam as mulheres “um pouco quebradas, rachadas e danificadas.” 

“A pandemia mundial, terremotos, incêndios e enchentes em diferentes partes do mundo, bem como outros desastres relacionados ao clima, têm deixado as pessoas se sentindo desamparadas, sem esperança e com o coração quebrantado”, disse ela.

Entretanto, “conforme nos achegamos a Jesus Cristo exercendo fé Nele, nos arrependendo, fazendo e cumprindo convênios, nossa fragilidade — qualquer que seja sua causa — pode ser curada. Este processo, que convida o poder de cura do Salvador em nossa vida, não nos restaura apenas ao que éramos antes, mas nos torna melhores do que nunca.”

A irmã Becky Craven, da presidência geral das Moças, encorajou as mulheres da Igreja a não desanimarem. “Pequenas, mas constantes mudanças deliberadas, nos ajudarão a melhorar. … A mudança é um processo que dura toda a vida. Sou grata pelo fato de que, em nossas lutas para mudarmos, o Senhor é paciente conosco”, disse ela.

A presidente geral das Moças, Bonnie H. Cordon, dirige a sessão das mulheres da Conferência Geral de Outubro de 2020.
A presidente geral das Moças, Bonnie H. Cordon, dirige a sessão das mulheres da Conferência Geral de Outubro de 2020. Credit: Captura de tela