Comemore o ponto culminante do aniversário de 150 anos das Moças com o evento Cara a Cara no dia 15 de novembro

Ao chegar ao ponto culminante do aniversário de 150 anos da organização das Moças, a presidência geral das Moças — presidente Bonnie H. Cordon, irmã Michelle D. Craig e irmã Becky Craven — conduzirão um evento especial Cara a Cara no domingo, 15 de novembro.

A transmissão do Cara a Cara oferece uma chance para se encontrarem com moças do mundo todo e se reunirem juntas para “conversar, apreciar a música e celebrar o quão glorioso é ser uma moça nesta época”, disse a presidente Cordon sobre o evento. Também é uma celebração da maravilhosa história de 150 anos de uma organização, que foi criada para ajudar a fornecer instrução e encorajamento para moças vivendo o evangelho, e promovendo seu desenvolvimento pessoal como discípulas de Jesus Cristo.

Moças do mundo todo são convidadas para assistirem a um evento Cara a Cara especial no dia 15 de novembro, celebrando o aniversário de 150 anos da organização das Moças.
Moças do mundo todo são convidadas para assistirem a um evento Cara a Cara especial no dia 15 de novembro, celebrando o aniversário de 150 anos da organização das Moças. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

“Será cheio de energia, cheio de música e cheio de luz. Este será o evento culminante quando nos reunirmos e realmente celebrarmos as Moças e celebrarmos nosso Salvador, Jesus Cristo”, presidente Cordon disse, compartilhando sua esperança de que “o Espírito Santo inspire em nossas mentes coisas que possamos pessoalmente fazer ou entender melhor.”

Mencionando seu entusiasmo com o evento, a irmã Craven disse: “Ao celebrarmos o aniversário de 150 anos da organização das Moças, também celebramos o futuro, à medida que nossas moças avançam na grande obra à qual foram chamadas a fazer — reunirem a Israel dispersa e se prepararem para a Segunda Vinda do Salvador.”

Participar em eventos como este com as Moças é uma bênção, acrescentou a irmã Craig, “porque conseguimos coletar apenas uma fração do que meninas no mundo todo estão fazendo, e elas nos inspiram.”

As moças da Igreja estão buscando revelação pessoal e seguindo-as, irmã Craig continuou. “Elas são as mãos do Senhor para realizar Sua grande obra. O mundo está em urgente necessidade daquilo que nossas jovens têm a oferecer. Elas são exemplos de como encontrar alegria e transmiti-la a outros. Estamos aprendendo muito com elas e somos muito gratas.”

O post do Instagram de uma jovem compartilhando sua gratidão pelo programa das Moças é compartilhado no site da Igreja para o evento Cara a Cara das Moças.
O post do Instagram de uma jovem compartilhando sua gratidão pelo programa das Moças é compartilhado no site da Igreja para o evento Cara a Cara das Moças. Credit: Captura de tela ChurchofJesusChrist.org

Nos 150 anos desde seu início, a organização evoluiu muito, disse a irmã Craig. “Tenho amado aprender sobre a organização das Moças — como e por que ela começou. Muito mudou em 150 anos — como por exemplo, nomes, uniformes e conquistas. Algumas das coisas nos fazem sorrir, mas realmente, os propósitos fundamentais não mudaram.”

Desde seus primeiros dias até agora, a organização das Moças tem continuamente ajudado jovens a “aprenderem sua verdadeira identidade como filhas amadas de Deus e tem lhes dado um sentimento de pertencimento. A organização das Moças nos ajuda a aprender sobre Jesus Cristo e, com esperança, a nos tornarmos como Ele”, irmã Craig disse.

Inicialmente conhecida como a Primeira Divisão de Jovens Damas da Associação de Resguardo Mútuo das Damas, a organização das Moças foi formada em 27 de maio de 1870, por algumas das filhas do Presidente Brigham Young.

Aquilo que começou com uma pequena reunião de mulheres fiéis se tornou uma organização mundial, com centenas de milhares de moças pelo mundo, em 182 países.

A Primeira Divisão de Jovens Damas da Associação de Resguardo Mútuo das Damas foi formada no dia 27 de maio de 1870, por algumas das filhas do profeta Brigham Young. Esta foi a origem da organização das Moças.
A Primeira Divisão de Jovens Damas da Associação de Resguardo Mútuo das Damas foi formada no dia 27 de maio de 1870, por algumas das filhas do profeta Brigham Young. Esta foi a origem da organização das Moças. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

O crescimento e expansão da organização, assim como a propagação do evangelho, têm sido impressionante, presidente Cordon disse. “Sinto-me humilde e grata por estar aqui nesta época e neste chamado, por conseguir ter um assento na primeira fileira para ver essas moças e a bondade de seus corações. Expresso minha gratidão a cada uma delas por seu amor e seu desejo de seguir o Salvador, e com sua habilidade e desejo intencional de terem uma causa, elas estão colocando Jesus Cristo como esta causa e estão edificando outros.”

Quando a organização das Moças foi formada sob a direção de Brigham Young, os líderes da Igreja ficaram preocupados que as influências mundanas pudessem afetar as jovens membros da Igreja, irmã Craven explicou. 

“Brigham Young declarou que queria que as moças ganhassem um testemunho vivo. O nome Divisão de Jovens Damas da Associação de Resguardo Mútuo das Damas pode ser um nome estranho para uma organização de moças, mas ele descreve perfeitamente sua missão — diminuir todo o mal e abraçar a bondade.”

O trabalho da organização hoje, assim como seu propósito, é o mesmo daquela época, irmã Craven disse. “Esperamos que todas as moças ganhem um testemunho vivo que indique sua conversão contínua a Jesus Cristo e a Seu evangelho.”

Dado os desafios que pessoas do mundo todo estão enfrentando durante esta pandemia global, moças que são convertidas a Cristo têm grandes oportunidades de se conectarem e abençoarem a vida de outras pessoas, irmã Craig acrescentou. 

Membros em Samoa compartilham o que fizeram para o desafio Meus150 em um post no Instagram, em destaque no site da Igreja para o evento Cara a Cara especial celebrando o aniversário de 150 anos da organização das Moças.
Membros em Samoa compartilham o que fizeram para o desafio Meus150 em um post no Instagram, em destaque no site da Igreja para o evento Cara a Cara especial celebrando o aniversário de 150 anos da organização das Moças. Credit: Captura de tela ChurchofJesusChrist.org

“Temos sido tão inspiradas ao vermos moças brilharem em um mundo que está cada vez mais escuro, um mundo que precisa da luz que elas têm a oferecer”, disse. “Elas estão conseguindo e alcançando.”

Ao longo da celebração sesquicentenária deste ano, a presidência geral das Moças emitiu três convites, ou desafios, fundamentais para ajudarem as jovens a se prepararem para este evento Cara a Cara.

O primeiro foi o desafio Meus150, que encorajou as moças a fazerem 150 coisas positivas. O segundo desafio pediu às moças que estendessem a mão e agradecessem a uma líder das moças que abençoou sua vida. O terceiro pediu às moças que se unissem aos líderes da Igreja, compartilhando como ouvem a voz do Senhor em suas vidas.

Por meio de cada desafio e convite, as moças têm mostrado sua força e testemunho em seu Salvador, e seu comprometimento ao participar da grande coligação de Israel, presidente Cordon disse.

“Frequentemente dizemos às jovens que elas não estão se preparando para serem futuras líderes, mas que já são líderes e continuarão a serem líderes”, presidente Cordon disse. “Elas estão percebendo que podem ajudar a ser parte da solução agora, e que podem ser uma luz e uma fonte de força para muitos ao seu redor.”

À medida que as moças de hoje continuam a buscar e a agir de acordo com a revelação pessoal ao servirem ao próximo, elas continuarão a se aproximar do Senhor e a agir como faróis de luz para o mundo, como parte de “sua divina organização”, irmã Craven disse. “Confiamos em nossas moças hoje da mesma forma que Brigham Young confiou em sua filha para fazer o bem e ser o bem.”