Por que o legado de fé da família Ballard continua a abençoar a América do Sul

Para os santos dos últimos dias na Argentina, e por toda a América do Sul, a família Ballard e a época de Natal estão sagradamente conectadas.

Há quase um século, no dia de Natal de 1925, Élder Melvin J. Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, visitou o parque Tres de Febrero (Três de Fevereiro) em Buenos Aires, Argentina, e dedicou toda a América do Sul para a pregação do evangelho.

Durante seu trabalho na Argentina, o Apóstolo imaginou um dia “quando a [América do Sul] será uma potência na Igreja.”

Hoje, a profecia do Élder Ballard é realizada novamente, cada vez que um peruano ou brasileiro pisa nas águas do batismo, ou adora dentro de um dos muitos templos que pontilham o continente.

No sábado, dia 12 de dezembro, santos dos últimos dias na Argentina assim como em outros países, se reuniram para ouvir as palavras proféticas de outro Apóstolo dos últimos dias chamado Ballard — Presidente M. Russell Ballard, Presidente Interino do Quórum dos Doze Apóstolos, e neto do Élder Melvin J. Ballard.

Durante uma visita à Argentina em 2012, o então Élder M. Russell Ballard e sua esposa, a irmã Barbara Ballard, visitam um monumento que comemora a poderosa profecia do Élder Melvin J. Ballard sobre o futuro crescimento da Igreja na América do Sul.
Durante uma visita à Argentina em 2012, o então Élder M. Russell Ballard e sua esposa, a irmã Barbara Ballard, visitam um monumento que comemora a poderosa profecia do Élder Melvin J. Ballard sobre o futuro crescimento da Igreja na América do Sul. Credit: Jason Swensen, Deseret News

Falando a partir da sede da Igreja em Salt Lake City pelo Zoom, Presidente Ballard enviou felicitações pelo Natal e conselhos práticos para os participantes do Seminário de Santos dos Últimos Dias da América do Sul de 2020.

Ele foi acompanhado na reunião pelo Élder Mark A. Bragg, Setenta Autoridade Geral, que recentemente serviu na Presidência da Área América do Sul Sul.

Presidente Ballard reconheceu que o último ano tem sido um difícil para muitos. E continua a ser.

“Mas se tiverem o evangelho no fundo de seu coração, isso não importa”, disse. “O que quer que aconteça, vocês podem suportar. Por quê? Porque vocês são filhos e filhas de Deus e Ele os ama. Ele cuida de vocês. As coisas podem ser difíceis, mas vocês sabem quem são — e isso lhes dá coragem para tentar e fazer as coisas certas pelas razões certas.”

Presidente Ballard conhece a Argentina e as nações da América do Sul. Ele visitava o continente com frequência em designações eclesiásticas. O líder, de 92 anos, disse que espera que possa aproveitar pelo menos mais uma viagem à região quando a pandemia de COVID-19 for resolvida.

Ele falou do serviço histórico de seu avô na Argentina, em uma época em que havia poucos materiais de ensino em espanhol. O Livro de Mórmon ainda precisava ser traduzido, então ele e seus colegas aprenderam a serem criativos ao compartilharem o evangelho. Eles foram movidos por sua obediência e fé.

“Meu avô começou o trabalho do Senhor na América do Sul por meio daquela humilde oração dedicatória que pronunciou, sob a direção do presidente da Igreja”, disse Presidente Ballard.

Como profetizado pelo Élder Ballard há décadas, a Igreja na América do Sul se tornou “como um carvalho poderoso”, cujas raízes são profundas.

Presidente M. Russell Ballard, sentado à direita, e Élder Mark A. Bragg participam de um seminário on-line na época de Natal com santos dos últimos dias na América do Sul, no dia 12 de dezembro de 2020.
Presidente M. Russell Ballard, sentado à direita, e Élder Mark A. Bragg participam de um seminário on-line na época de Natal com santos dos últimos dias na América do Sul, no dia 12 de dezembro de 2020. Credit: Captura de tela da conferência pelo Zoom

Presidente Ballard encorajou seu público no sábado a compartilhar as experiências proféticas de seu avô com seus entes queridos, como parte das comemorações de Natal. “Diga-lhes que bênção maravilhosa foi o Presidente Heber J. Grant — o presidente da Igreja — enviar um de seus Apóstolos à Argentina para dedicar toda América do Sul.”

Para o Élder Melvin J. Ballard, viajar de Salt Lake City para Buenos Aires “não foi uma tarefa fácil”. O Apóstolo embarcou em trens e navios para chegar à Argentina. A viagem levou várias semanas, mas seu sacrifício pelo evangelho abençoam a América do Sul até hoje.

Durante a época de Natal, o Presidente Ballard frequentemente lê o relato do Novo Testamento de Tomé, um dos Apóstolos originais de Cristo. Tomé não estava presente quando o Cristo ressurreto inicialmente apareceu aos Seus discípulos. Tomé, é claro, duvidou do relato miraculoso de Sua visita. Ele não conseguia aceitar que o Senhor tinha realmente se levantado dos mortos.

Oito dias depois, foram novamente visitados por Jesus Cristo. O Senhor convidou Tomé a sentir as marcas dos pregos em Suas mãos e em Seu lado — “e não sejas incrédulo, mas crente” (João 20:27).

As lições de fé que Tomé aprendeu naquele dia se aplicam a todos os seguidores do Salvador hoje, disse Presidente Ballard. “Cremos que Jesus é o Cristo. (…) Vocês não precisam ser Apóstolos para saberem disso com certeza.”

Presidente M. Russell Ballard.
Presidente M. Russell Ballard. Credit: Intellectual Reserve, Inc.

O Apóstolo encorajou seus ouvintes virtuais a fortificarem sua crença em Cristo, ao viverem Seus mandamentos, partilharem do sacramento todos os domingos e compartilharem o Livro de Mórmon com amigos e entes queridos.

A visita do Senhor e Seu Pai ao jovem Joseph Smith, acrescentou, abriu a última dispensação, dando início à Restauração do evangelho. “Que tesouro, irmãos e irmãs, é saber que Jesus Cristo, na presença de nosso Pai Celestial, apareceu a um menino há 200 anos.”

Presidente Ballard também testificou do Salvador e de Seu sacrifício expiatório. Ele pronunciou uma bênção sob os participantes no sábado, para “que o poder de Jesus Cristo penetre em seus corações, mentes e lares, de forma que encontrem a alegria, paz e felicidade que vêm daqueles que creem.”

Nunca percam a oportunidade de se arrepender, Presidente Ballard disse. 

“Esforcem-se para viverem os ensinamentos de Jesus”, disse. “E quando cometerem um erro, e certamente o farão, sejam rápidos em se arrepender e permanecer no caminho do convênio que o Presidente Russell M. Nelson mencionou. (…) É o caminho de volta à presença do Pai e do Filho.”

Em suas breves palavras no sábado, Élder Bragg falou sobre sua gratidão pelos santos dos últimos dias da América do Sul. 

Seu “grande alicerce” de crescimento, disse, continua a ser construído em todo o continente.

“À medida em que estão servindo, amando e ajudando, um por um, vocês abençoarão toda a América do Sul e serão instrumentos nas mãos do Senhor para cumprir a profecia que foi tão lindamente articulada pelo Élder Melvin J. Ballard.”