Élder Quentin L. Cook: ‘Bispos — Pastores do rebanho do Senhor’

Quórum dos Doze Apóstolos

Resumo do discurso:

Apoiar a nova geração durante uma época de desafios e tentações incomuns é uma responsabilidade essencial dada aos pais e aos bispados. Os bispos e seus conselheiros podem ser apropriadamente chamados de “pastores do rebanho do Senhor” — com uma ênfase em serem os pastores da nova geração. 

O bispo e seus conselheiros também têm um papel formativo em cuidar das crianças e dos jovens da ala. Passar tempo com um jovem sacerdote, uma moça ou um jovem adulto pode ajudá-los a compreenderem a Expiação de Jesus Cristo e fornecer-lhes uma visão que terá uma influência profunda e duradoura. “Vocês podem fazer convites poderosos para mudar o comportamento, prepará-los para a vida e inspirá-los a permanecerem no caminho do convênio.”

Para ajudar os bispos a focalizarem seu tempo e energia para ministrarem os jovens e suas famílias, recomenda-se que eles não tenham famílias designadas para a ministração. Os bispados também foram aconselhados a delegarem certas reuniões e acompanhamentos a adultos.  

Para os jovens, “permitam que o bispo seja seu amigo e conselheiro. … Como Presidente Nelson os convidou, por favor, qualifiquem-se para fazer parte do batalhão de jovens do Senhor.” A Igreja tem 30.900 bispos e presidentes de ramo servindo no mundo todo. Para cada um deles, “por favor, saibam o quanto os amamos e somos gratos por vocês.”