O que os líderes da Igreja ensinaram sobre fé, revelação e adultos solteiros durante a sessão de liderança da conferência geral

Nos primeiros dois anos à frente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Presidente Russell M. Nelson viajou para 35 países — aprendendo com a fé dos santos dos últimos dias em todo o mundo.

Durante os últimos 12 meses, o líder da Igreja disse que ele e sua esposa, a irmã Wendy Nelson, “aprenderam que não precisamos pegar aviões para que nosso testemunho cubra o globo.”

Na verdade, disse ele, as palavras dos líderes da Igreja “alcançaram um número sem precedentes de pessoas no ano de 2020. Nossas conferências gerais no ano passado tiveram um alcance global maior do que nunca.”

Discursando na sessão de liderança da 191ª Conferência Geral Anual da Igreja, o Presidente Nelson e outros líderes forneceram instrução e orientação aos que se reuniram na sede da Igreja e por meio de tecnologia em locais em todo o mundo na quinta-feira, dia 1º de abril. Cerca de 300 Autoridades Gerais, Líderes Gerais e Setentas de Área ouviram mensagens da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos.

Por causa da epidemia de COVID-19, esta é a primeira vez que os líderes se reúnem para uma sessão de liderança da conferência geral desde abril de 2019. A sessão teve origem no auditório do Edifício dos Escritórios da Igreja na Praça do Templo, em Salt Lake City.

Na quinta-feira, dia 1º de abril de 2021, cerca de 300 Autoridades Gerais, Líderes Gerais e Setentas de Área ouviram mensagens da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos. A reunião foi presencial no Edifício dos Escritórios da Igreja para aqueles na sede da Igreja e digitalmente para o resto do mundo (alguns dos quais são mostrados na tela nesta imagem).
Na quinta-feira, dia 1º de abril de 2021, cerca de 300 Autoridades Gerais, Líderes Gerais e Setentas de Área ouviram mensagens da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos. A reunião foi presencial no Edifício dos Escritórios da Igreja para aqueles na sede da Igreja e digitalmente para o resto do mundo (alguns dos quais são mostrados na tela nesta imagem). Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Durante seu discurso, Presidente Nelson disse que aprendeu que a ênfase da Igreja em um currículo centrado no lar e apoiado pela Igreja está dando frutos. Ele parabenizou os pais que, no ano passado, “se empenharam e tomaram medidas para moldar suas casas como seus principais santuários da fé.”

“A força da Igreja está no testemunho sólido e sempre crescente de seus membros. E o lar é onde esse tipo de testemunho é melhor cultivado”, disse ele.

Leia mais: 77 Setentas de área nomeados, apoiados na sessão de liderança da conferência geral de abril de 2021

Presidente Nelson expressou gratidão pelo que está acontecendo com os templos em um momento em que seu funcionamento é limitado. “Os nomes dos antepassados estão sendo preparados para o dia em que os templos serão novamente abertos para a realização do trabalho vicário”, disse ele. “E não paramos de construir templos. No ano de 2020, fizemos a abertura de terra de 21 novos templos, e 41 projetos de construção de templos estão em andamento.”

A Primeira Presidência chega ao auditório do Edifício dos Escritórios da Igreja na quinta-feira, 1º de abril de 2021, para falar às Autoridades Gerais da Igreja, aos Líderes Gerais e aos Setentas de Área antes da conferência geral.
A Primeira Presidência chega ao auditório do Edifício dos Escritórios da Igreja na quinta-feira, 1º de abril de 2021, para falar às Autoridades Gerais da Igreja, aos Líderes Gerais e aos Setentas de Área antes da conferência geral. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

O Presidente da Igreja também observou o crescimento dos esforços humanitários da fé em 2020. “A pandemia global nos levou a fazer a maior manifestação de ajuda que já prestamos. As contribuições de tempo, dinheiro e serviço pessoal foram oferecidas com um espírito de generosidade e amor pelos necessitados em 152 países”, disse ele.

Presidente Nelson disse que agora entende melhor “o que [Deus] quis dizer quando disse: ‘Eis que apressarei meu trabalho a seu tempo’ (Doutrina e Convênios 88:73). Isso está acontecendo agora, bem diante de nossos olhos.” A intervenção divina, disse ele, está ajudando a Igreja a criar raízes em todos os lugares. “Como membros da Primeira Presidência, prestamos testemunho da verdade de que o Senhor vivo está ao leme de Sua Igreja viva. A Restauração realmente está em andamento.”

Liderança

Em seu discurso, Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, abordou o tema da liderança, citando o manual da Igreja e pedindo aos líderes que ensinassem, por meio de palavras e ações, a doutrina de Jesus Cristo e os princípios de Seu evangelho.

“Seu sucesso como líder é medido principalmente por seu compromisso em ajudar os filhos de Deus a se tornarem discípulos fiéis de Jesus Cristo”, disse ele, citando o manual da Igreja.

Citando ainda o Presidente Spencer W. Kimball, Presidente Oaks disse: “Porque [Jesus] amava as pessoas com um amor perfeito, Ele os ouvia sem ser condescendente. (…) Porque Jesus amava Seus seguidores, ele era capaz de ser sincero com eles, ser franco e direto com eles. Isso permitiu-Lhe condenar o pecado sem condenar o indivíduo.”

Jesus “confia em Seus seguidores o suficiente para compartilhar Seu trabalho com eles para que cresçam”, continuou Presidente Oaks, ainda citando Presidente Kimball. “Essa é uma das maiores lições de Sua liderança. Se colocarmos outras pessoas de lado para ver uma tarefa realizada de forma mais rápida e eficaz, a tarefa pode ser bem realizada, mas sem o crescimento e desenvolvimento dos seguidores, o que é algo tão importante.”

Revelação pessoal

Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência, falou aos líderes da Igreja sobre sua capacidade de receber revelação pessoal para sua designação específica.

“Como servos do Senhor em Sua Igreja, temos uma grande confiança”, disse Presidente Eyring, “de que viveremos dignos da companhia constante do Espírito Santo e teremos fé para seguir o profeta. Então, podemos saber por inspiração como encorajar aqueles que lideramos a aplicar Seu conselho.”

Isso é, e sempre será, difícil, disse ele. “Quaisquer que sejam as instruções do Senhor por meio de Seu profeta esta semana [durante a conferência geral], oro para que cada um de nós ouça as palavras do Senhor e aja como Seus servos para elevar outras pessoas por meio de nossa inspiração para escolher seguir o profeta. Então, algum dia, sentiremos alegria ao ouvir de nosso Salvador o tributo que tanto ansiamos: ‘Bem está, servo bom e fiel: sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei: entra no gozo do teu senhor’ (Mateus 25:21).”

Élder Jeffrey R. Holland dirige a reunião de liderança no auditório do Edifício dos Escritórios da Igreja na quinta-feira, 1º de abril de 2021.
Élder Jeffrey R. Holland dirige a reunião de liderança no auditório do Edifício dos Escritórios da Igreja na quinta-feira, 1º de abril de 2021. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Membros solteiros

Conforme anunciado em uma atualização recente do Manual Geral, Presidente M. Russell Ballard, presidente em exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, abordou as maneiras adicionais que os adultos solteiros agora têm de servir em suas congregações ao redor do mundo.

“Alguns se perguntam sobre suas oportunidades e lugar no plano eterno e na Igreja do Salvador”, disse ele. “Lembramos a todos que a vida eterna não é simplesmente uma questão de estado civil atual, mas de discipulado, ou seja, ser ‘valente no testemunho de Jesus’ (Doutrina e Convênios 76:79).”

Presidente Ballard disse que mais da metade dos santos dos últimos dias adultos [hoje], são viúvos, divorciados ou nunca se casaram.

“Podemos fazer melhor ao oferecer oportunidades para nossos membros solteiros servirem”, disse Presidente Ballard. “Não estou falando sobre a criação de projetos de serviço, embora sejam importantes. Estou falando sobre dar a eles chamados significativos, incluindo chamados de liderança. Os membros solteiros são tão capazes quanto os membros casados. Existem apenas alguns chamados, como presidente de estaca e bispo, que são especificados apenas para membros casados. A restrição de ter apenas homens casados servindo como conselheiros nos bispados e presidências de estaca nas alas e estacas de jovens adultos solteiros foi removida”.

“Não se preocupem com a idade deles”, acrescentou. “Tenho 92 anos. Fico feliz por não ter sido desobrigado de meu chamado como Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos por causa de minha idade, ou por causa da morte de minha esposa. Amo meu Salvador Jesus Cristo e adoro ajudar a edificar Sua Igreja. A maioria dos membros se sente da mesma maneira. Isso nos dá esperança em Cristo e um sentimento de pertencimento.”

O apóstolo também compartilhou cinco garantias doutrinárias que os líderes da Igreja podem usar para ajudar os adultos solteiros em seu meio.

  1. As escrituras e declarações dos profetas modernos confirmam que toda pessoa que for fiel ao convênio do evangelho terá a oportunidade de ser exaltada.
  2. O tempo específico e a maneira como as bênçãos da exaltação são concedidas a cada pessoa fiel não foram todos revelados, mas mesmo assim estão garantidos.
  3. Esperar no Senhor implica obediência contínua e progresso espiritual.
  4. Deus oferece vida eterna a todos os Seus filhos.
  5. A confiança nessas garantias está enraizada na fé em Jesus Cristo, por cuja graça todas as coisas relativas à mortalidade são corrigidas.