Como um telefonema surpresa fez com que Élder Alan R. Walker inesperadamente virasse pai do dia para a noite

Nota do editor: Este artigo foi originalmente publicado em inglês no dia 8 de julho de 2019.

O Templo de Buenos Aires Argentina tem um lugar especial no coração de Élder Alan R. Walker, Setenta Autoridade Geral, e de sua esposa, a irmã Ines Marcela Sulé.

“Este templo é muito especial para nós porque os nossos selamentos foram realizados lá”, disse Élder Walker em uma entrevista com o Church News após ter sido apoiado como Setenta Autoridade Geral durante a conferência de abril de 2019.

Apesar do Élder e da irmã Walker terem se casado e se selado no Templo de Buenos Aires no dia 12 de agosto de 1993, apenas oito meses depois de terem se conhecido em um baile do Instituto, o casal retornou em 2015 para ser selado novamente, desta vez à sua filha.

Em 2005, cinco anos antes de ter sido chamado para presidir a Missão México Monterrey Leste, o Élder e a irmã Walker haviam deixado uma solicitação para adoção com um orfanato particular na Cidade do México. Mas como não receberam uma resposta da instituição, Élder Walker disse que eles se esqueceram da solicitação e continuaram sua vida em frente.

“Fomos chamados para servir uma missão e focalizamos em amar e servir os missionários”, disse ele. “Depois disso, realmente não pensamos mais sobre a adoção. Naquela época, estávamos casados há 20 anos, acostumados a não termos mais filhos [morando em casa] e aproveitando muito a vida como casal.”

Quando seu tempo como presidente de missão e companheira estava para terminar, Élder Walker disse que estavam focalizando em voltar à rotina do dia a dia, mesmo com seu chamado para servir como Setenta de Área na Área México. Porém, três meses antes de sua desobrigação como presidente de missão e companheira, eles receberam um telefonema surpresa da agência de adoção.

“Eles nos chamaram para uma entrevista e… nos disseram que queriam que adotássemos Dalila”, disse ele.

Na entrevista, a agência explicou que eles sentiram que o casal Walker seria a família perfeita para uma menina especial. “Eles se lembravam de nós e sentiram que éramos os mais qualificados para sermos seus pais, devido à sua personalidade e às suas necessidades”, disse ele.

Embora Dalila tivesse 6 anos de idade e sua própria personalidade quando eles a conheceram, o vínculo cresceu rapidamente. Quatro dias após terem se conhecido, ambos os pais e a futura filha expressaram um desejo de estarem juntos para sempre com uma família eterna.

“Então nos tornamos pais do dia para a noite”, ele disse rindo. “Foi algo que mudou nossa vida, ainda mais do que quando compramos o cachorro.”

O cachorro da família foi o resultado dos pedidos de sua filha, observou ele.

Templo de Buenos Aires Argentina.
Templo de Buenos Aires Argentina. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

A nova pequena família esperou até que toda a documentação da adoção fosse finalizada e então, em 2015, embora ainda estivessem morando no México, viajaram para Buenos Aires para serem selados juntos. E no começo [do] ano [de 2019], quando Dalila completou 12 anos de idade, a primeira coisa que ela quis fazer foi ir ao templo e realizar as ordenanças para seus ancestrais.

A respeito da introdução e conversão de sua filha à Igreja, Élder Walker disse: “Eu acho que o Pai Celestial a preparou para aquela transição. Ela estava muito interessada desde o princípio e agora, seis anos mais tarde, ela amadureceu como um membro da Igreja em todos os sentidos.”

Ela se converteu em sua juventude, assim como seus pais.

Quando a irmã Walker tinha cerca de 14 anos de idade, ela seguiu o conselho de sua mãe e orou para receber seu próprio testemunho. O testemunho que ela recebeu não foi monumental ou grandioso, mas doce e tranquilo, disse ela. “É algo real e verdadeiro, e para mim é um privilégio ter esse conhecimento em minha vida.”

Élder Walker disse que ele também desenvolveu um testemunho simples, porém firme em sua juventude após ler o Livro de Mórmon de capa à capa quando tinha 16 anos de idade e se preparava para servir uma missão.

Nascido no dia 2 de janeiro de 1971 em Buenos Aires, Argentina, filho de Victor Adrian Walker e Cristina Ofelia Sparrow Walker, Élder Walker passou a maior parte de sua infância na Argentina, antes da família se mudar para Boston, Massachusetts, e mais tarde para a Cidade do México, México.

Após frequentar a Universidade Brigham Young por um ano, Élder Walker foi chamado para servir como missionário de tempo integral na Missão Tennessee Nashville. Contudo, ao retornar de sua missão, Élder Walker adiou seus planos de voltar para a universidade para ajudar seu pai, que estava se recuperando de um grave acidente.

Foi durante esses meses extras em casa na Argentina que ele conheceu sua esposa. O casal só mudou para Provo, Utah, um dia depois de seu casamento, onde Élder Walker completou seu bacharelado em Economia em 1996.

Após a universidade, Élder Walker trabalhou por três anos como um banqueiro corporativo para o Citibank, seis anos como controller para a Igreja na Área América do Sul Sul, 11 anos na Área México e mais recentemente como diretor dos assuntos temporais da Área América do Sul Sul.

Ao refletir sobre sua vida até agora, Élder Walker observou que “ter aprendido inglês foi uma tremenda bênção” e que isso lhe permitiu servir ao Senhor de maneiras que ele jamais havia esperado. “Foi provavelmente a chave para o meu serviço na Igreja”, disse ele.

Ele acrescentou que viver em três partes diferentes dos EUA — três culturas diferentes dentro de uma só — desempenhou um papel importante em como ele amadureceu e desenvolveu sua maneira de pensar.

Essa influência continua em sua vida hoje, disse ele, observando que alguns de seus momentos favoritos com sua família acontecem quando viajam e exploram novos lugares, e conhecem pessoas e culturas diferentes.

Mas não importa onde estamos no mundo, disse a irmã Walker, “Estudamos as escrituras em família todos os dias.”

Antes de ser apoiado como Setenta Autoridade Geral no dia 6 de abril [de 2019], Élder Walker serviu em vários chamados da Igreja, incluindo professor de doutrina do evangelho, líder de missão da ala, bispo, conselheiro de bispo, conselheiro em uma presidência de estaca e Setenta de Área.