‘O legado pioneiro é um legado de inclusão’, declara Presidente Oaks

Não basta estudarmos, elogiarmos ou reencenarmos as realizações dos pioneiros, disse Presidente Dallin H. Oaks em frente a um colorido pano de fundo de um carroção coberto, no Centro Pioneiro localizado no This Is the Place Heritage Park [Parque Histórico Este É o Lugar — site em inglês] em Salt Lake City. 

“Precisamos identificar os princípios eternos que eles aplicaram em nosso benefício e, em seguida, aplicarmos tais princípios aos desafios dos nossos dias”, disse Presidente Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência. 

“Dessa forma, honramos seu pioneirismo e reafirmamos essa herança, e fortalecemos sua capacidade de abençoar nossa própria posteridade e milhões de outras pessoas neste mundo conturbado. Somos todos pioneiros quando fazemos isso.”

Presidente Oaks foi o orador de destaque de SUPer DUPer Day [um dia especial de celebração para descendentes dos primeiros pioneiros a chegarem em Utah] uma celebração anual na segunda-feira, dia 19 de julho, no parque This Is the Place Heritage para as famílias das sociedades Sons of Utah Pioneers [Filhos dos Pioneiros de Utah] e Daughters of Utah Pioneers [Filhas de Pioneiros de Utah]. Ele foi acompanhado por sua esposa, a irmã Kristen M. Oaks. Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, dedicou o Centro Pioneiro em março.

Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, discursa no SUPerDUPer Day dentro do recém-dedicado Centro Pioneiro no This is the Place Park em Salt Lake City, na segunda-feira, 19 de julho de 2021.
Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, discursa no SUPerDUPer Day dentro do recém-dedicado Centro Pioneiro no This is the Place Park em Salt Lake City, na segunda-feira, 19 de julho de 2021. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

Durante seus comentários, Presidente Oaks enfatizou muitas características e princípios extraídos dos exemplos dos pioneiros que podem nos ajudar a enfrentarmos os desafios atuais.

Um desses princípios é a inclusão. “O legado pioneiro é um legado de inclusão”, declarou Presidente Oaks. 

“Vivemos em um momento em que a inclusão é necessária — nas relações políticas, culturais e jurídicas — e não está disponível em nossa sociedade”, disse ele ao Church News após o evento. “Como Igreja e como cultura, precisamos liderar na demonstração de inclusão, não de descendência, diversidade, distração ou oposição.”

Legado pioneiro

Presidente Oaks iniciou seus comentários compartilhando histórias de vários ancestrais pioneiros de sua família: Addison Everett, Hyrum Oaks, Emer Harris, Orange Seely, Anson Call, John S. White, Mary Fielding Smith e Joseph F. Smith. 

“Seu legado de fé, força e determinação molda quem somos hoje”, disse ele. 

Em seguida, Presidente Oaks falou da extrema oposição que os primeiros membros da Igreja enfrentaram devido à prática da poligamia, porém destacou um relatório oficial do governo dos Estados Unidos de 1852 que era, na verdade, totalmente positivo. 

O Capitão Howard Stansbury, um engenheiro do Exército dos E.U.A. designado para inspecionar a Grande Bacia, e os 18 membros de seu grupo se familiarizaram bem com os santos dos últimos dias pioneiros que os abrigaram em Salt Lake City, durante o rigoroso inverno de 1849 a 1850. Entre seu relatório de 267 páginas estão estas observações: 

“Em suas relações com o grande número de emigrantes que passou por sua cidade, os mórmons sempre foram justos e íntegros, não tirando vantagem da condição de necessidade de muitos, até mesmo a maioria deles. … Em poucas palavras, essas pessoas apresentaram a aparência de uma sociedade tranquila, ordeira, industriosa e bem-organizada, tanto quanto se encontraria em qualquer cidade da União.”

Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, e sua esposa, a irmã Kristen M. Oaks, posam para uma foto no This is the Place Park em Salt Lake City após seu discurso no SUPer DUPer Day, na segunda-feira, 19 de julho de 2021.
Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, e sua esposa, a irmã Kristen M. Oaks, posam para uma foto no This is the Place Park em Salt Lake City após seu discurso no SUPer DUPer Day, na segunda-feira, 19 de julho de 2021. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

Características e princípios pioneiros

Embora a maioria dos desafios atuais sejam diferentes dos enfrentados pelos ancestrais pioneiros, Presidente Oaks explicou que “muitos são tão perigosos e certamente tão significativos para nossa própria salvação quanto para a das pessoas que nos seguem.”

Por exemplo, ele comparou os lobos que rondavam os assentamentos pioneiros com os traficantes de drogas e produtores de conteúdo pornográfico que ameaçam as crianças de hoje. A fome física dos pioneiros pode ser igualada à fome espiritual sentida atualmente.

“Da mesma forma, as mais de 1.910 mortes na trilha pioneira são ultrapassadas pelos mais de 2.200 óbitos causados pela pandemia, apenas em Utah”, disse ele. 

A principal qualidade dos pioneiros, disse Presidente Oaks, era a fé. 

“Com fé em Deus, eles fizeram o que todo pioneiro faz — avançaram em direção ao desconhecido: uma nova religião, uma nova terra e uma nova forma de fazer as coisas. Com fé em seus líderes e uns nos outros, eles se mantiveram firmes contra terrível oposição”, disse ele. 

Outras qualidades evidentes na vida dos pioneiros foram o altruísmo, o sacrifício, a cooperação e a união. Presidente Oaks citou os exemplos dos santos, que responderam imediatamente ao chamado de resgate às companhias de carrinhos de mão feito pelo Presidente Brigham, e dos que obedientemente arrancaram suas raízes e dedicaram seus talentos e vida para a colonização de novas áreas. 

“Elogiamos o que as grandes qualidades dos pioneiros fizeram por nós, mas isso não é o suficiente. Também devemos garantir que essas mesmas qualidades sejam princípios orientadores para cada um de nós, pois temos oportunidades de nos sacrificarmos por nossas nações, nossas famílias, nossos quóruns, nossos membros e nossa Igreja”, disse Presidente Oaks. 

“Isso é especialmente importante nas sociedades que exaltaram o interesse pessoal e os direitos individuais, até o ponto desses valores diluírem os poderes de responsabilidade e sacrifício individuais.”

Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, acena para pessoas andando a cavalo durante um rápido passeio pelo This is the Place Park, após seu discurso no SUPer DUPer Day dentro do recém-dedicado Centro Pioneiro em Salt Lake City, na segunda-feira, 19 de julho de 2021.
Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, acena para pessoas andando a cavalo durante um rápido passeio pelo This is the Place Park, após seu discurso no SUPer DUPer Day dentro do recém-dedicado Centro Pioneiro em Salt Lake City, na segunda-feira, 19 de julho de 2021. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

As manifestações modernas dessas qualidades pioneiras são evidentes em projetos privados e esforços conjuntos que exigem união e cooperação. “Vocês já serviram bem, mas têm a persistência de continuarem e perseveraram até o fim como os pioneiros?”, perguntou Presidente Oaks.

Inclusão

Presidente Oaks conclui seus comentários com uma segunda pergunta: “Essas celebrações pioneiras são acadêmicas, meramente aumentando nossa experiência e conhecimento, ou terão um impacto profundo em como enfrentamos nossos desafios atuais?”

Os líderes da Igreja têm repetidamente desafiado os santos dos últimos dias a se fortalecerem com o exemplo dos pioneiros. Isso inclui acolhermos novos membros, ministrarmos para despertarmos a fé daqueles que se afastaram e estendermos nossas mãos aos refugiados atuais. 

Quando os santos foram expulsos do Missouri, e mais tarde durante o êxodo de Nauvoo, os líderes da Igreja estavam determinados a não deixarem nenhum dos pobres para trás. “Quando os carroções e os carrinhos de mão seguiram em direção ao oeste, seu movimento sempre foi de inclusão, e nenhum dia de jornada terminava até que cada pessoa que havia ficado para trás fosse contabilizada”, disse ele. 

Como um exemplo moderno de resgate às pessoas que ficaram para trás, Presidente Oaks mencionou os 3.600 projetos humanitários da Igreja que ajudaram pessoas em 160 países durante 2020.

Membros da plateia ouvem enquanto Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, discursa no SUPer DUPer Day dentro do recém-dedicado Centro Pioneiro no This is the Place Park em Salt Lake City, na segunda-feira, 19 de julho de 2021.
Membros da plateia ouvem enquanto Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, discursa no SUPer DUPer Day dentro do recém-dedicado Centro Pioneiro no This is the Place Park em Salt Lake City, na segunda-feira, 19 de julho de 2021. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

“Com fé em nosso Criador e ao seguimos Seus líderes, estamos nos unindo para resgatarmos membros de nossa família e outras pessoas ao nosso redor em grandes causas comuns, em benefício de nossas comunidades e de nossas nações”, disse ele. 

De acordo com os funcionários do parque This Is the Place, este foi o sétimo evento do SUPer DUPer Day deste tipo. Cerca de 250 convidados se reuniram para ouvir os comentários do Presidente Oaks. Palestrantes anteriores incluem Presidente Ballard, Élder Jeffrey R. Holland e Élder Gerrit W. Gong do Quórum dos Doze Apóstolos. 

A irmã Oaks disse a respeito do evento: “Para nós, creio que a melhor parte foi sentirmos estas pessoas e o quanto elas amam seus antepassados.”

Ellis Ivory, presidente e diretor executivo da Fundação This Is the Place, acrescentou: “Esperamos que todas as pessoas que compareceram possam ter sentido o pleno espírito do que este lugar representa. Somos muito afortunados por termos este lugar designado para comemorarmos, não apenas os pioneiros, mas a abertura da trilha para o Oeste.”