Sarah Jane Weaver: Conforme Utah homenageia Presidente Ballard, seus ensinamentos sobre olharmos para o passado e para o futuro ganham nova relevância

No dia 22 de julho de 1997 — há 24 anos — Presidente M. Russell Ballard se ergueu próximo ao Monumento Este É o Lugar na entrada do Emigration Canyon no Vale do Lago Salgado e se dirigiu à mídia.

O evento foi uma sessão de encerramento para uma encenação com carroções que marcou o 150º aniversário da chegada dos pioneiros ao Vale do Lago Salgado.

Mas Presidente Ballard, na época membro do Quórum dos Doze Apóstolos e presidente geral do comitê do sesquicentenário da Igreja, disse que era muito mais do que isso.

“É possível estarmos na trilha, envolvidos na emoção deste 150º aniversário e na comemoração da chegada dos pioneiros ao Vale do Lago Salgado, sem compreendermos completamente do que isso se trata”, disse ele. “Nossa mensagem é a mensagem da restauração da plenitude do evangelho eterno de Jesus Cristo.”

Falando a jornalistas que talvez não estivessem familiarizados com a Igreja e suas crenças, ele explicou que a premissa básica da Igreja é uma declaração ao mundo de que Deus, o Pai Eterno, e Seu Filho, Jesus Cristo, apareceram ao Profeta Joseph Smith no ano de 1820.

Ele chamou a encenação da chegada dos pioneiros ao Vale do Lago Salgado de uma grande bênção. “Isso significa muito para todos nós”, disse o então Élder Ballard. “Voltamos ao passado e recebemos muita força ao refletirmos sobre nossas raízes e nosso legado pioneiro. Isso tem causado um efeito espiritual para o nosso povo em todo o mundo.”

Exatamente 24 anos mais tarde, o governador de Utah, Spencer Cox, realizou uma coletiva de imprensa na qual declarou o dia “23 de julho de 2021 como Dia do Presidente M. Russell Ballard”. Em uma declaração oficial, o governador Cox chamou Presidente Ballard, que agora serve como Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, de um construtor de comunidades que “trabalhou arduamente para preservar a história do grande estado de Utah”, e é um “construtor de pontes entre pessoas de todas as religiões e esferas da vida no estado.”

“Presidente Ballard declarou muitas vezes que não podemos perder a história pioneira de Utah, e destacou como os pioneiros de Utah foram responsáveis pelo estabelecimento de grande parte da região oeste dos Estados Unidos, e tinham as qualidades de trabalho árduo, responsabilidade, fé, resiliência, visão e perseverança, e incentivou todos nós a emularmos essas características”, escreveu o governador Cox na declaração.

Visitantes contemplam o Monumento Este é o Lugar através de uma enorme janela no novo Centro Pioneiro, depois que Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ofereceu a oração dedicatória para o centro no This Is the Place Heritage Park [Parque Histórico Este É o Lugar] em Salt Lake City, na sexta-feira, dia 26 de março de 2021.
Visitantes contemplam o Monumento Este é o Lugar através de uma enorme janela no novo Centro Pioneiro, depois que Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ofereceu a oração dedicatória para o centro no This Is the Place Heritage Park [Parque Histórico Este É o Lugar] em Salt Lake City, na sexta-feira, dia 26 de março de 2021. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

Presidente Ballard é neto de dois apóstolos — Élder Melvin J. Ballard e Élder Hyrum M. Smith. Ele também tem uma conexão única com a Restauração da Igreja. Três bustos esculpidos de veneráveis líderes santos dos últimos dias repousam proeminentemente em cima de uma estante no escritório do Presidente Ballard — Joseph Smith, Hyrum Smith e Joseph F. Smith. Presidente Ballard é trineto de Hyrum Smith, que é irmão de Joseph Smith e pai de Joseph F. Smith.

Ele é a Autoridade Geral mais antiga em serviço da Igreja — apoiado como membro do Primeiro Quórum dos Setenta em 1976 e do Quórum dos Doze Apóstolos em 1985.

Durante quatro décadas e meia como Autoridade Geral, os deveres do Presidente Ballard o levaram para a maioria dos países no mundo, permitindo-lhe ministrar pessoalmente a inúmeros membros e missionários, assim como a líderes governamentais e religiosos.

O governador Cox elogiou Presidente Ballard por seu “incansável empenho e trabalho”, em nome do desenvolvimento e melhorias do This is the Place Heritage Park [Parque Histórico Este É o Lugar].

O governador também elogiou os esforços do Presidente Ballard para ajudar “na criação da Walk of Pioneer Faiths [Caminhada das Religiões Pioneiras], que destaca as contribuições de membros das religiões católica, judaica, congregacional, episcopal, luterana, batista, presbiteriana, metodista e ortodoxa grega, juntamente com A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”, e apoia “o crescimento e desenvolvimento de Utah, e foi a cofundadora da Alliance for Unity in Utah [Aliança para União em Utah]”.

Presidente M. Russell Ballard, presidente em exercício do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, acena para a multidão durante sua saída após seu discurso em um devocional da BYU no Marriott Center em Provo, na terça-feira, dia 3 de março de 2020.
Presidente M. Russell Ballard, presidente em exercício do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, acena para a multidão durante sua saída após seu discurso em um devocional da BYU no Marriott Center em Provo, na terça-feira, dia 3 de março de 2020. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

No dia 20 de julho de 1997, Presidente Ballard discursou em um devocional pioneiro realizado no Dee Events Center em Ogden, Utah.

Naquela época, há quase 25 anos, sua vida refletia um pioneiro moderno que falava sobre o passado, mas que estava sempre olhando para o futuro.

“Podemos ver que os desafios que enfrentamos hoje são diferentes — temos montanhas diferentes para escalarmos, rios diferentes para atravessarmos, e vales diferentes para fazermos ‘florescer como a rosa’” (Isaías 35:1).

O deserto “que nos foi dado a conquistar é decididamente diferente da trilha acidentada e rochosa para Utah e da paisagem estéril que nossos antepassados pioneiros encontraram em 1847, mas não é menos desafiador e penoso para nós do que foi para eles. E, certamente, não é menos importante para todos nós mantermos nossos olhos no profeta, nossa dedicação à obra e nossos pés firmemente plantados na trilha da fidelidade.

“Nossa batalha consiste em vivermos em um mundo imerso em pecado e indiferença espiritual, onde a satisfação própria, a desonestidade e a ganância parecem estar presentes em todos os lugares. O deserto de hoje é um lugar de confusão e mensagens conflitantes.”

Ele disse que os pioneiros tiveram que lutar contra o deserto de cumes rochosos e trilhas de montanhas poeirentas com sua fé voltada para Sião e para o estabelecimento da Igreja no Vale do Lago Salgado.

“Nós também devemos nos concentrar em Sião e usarmos nossa fé para a construção do reino de Deus em nossas alas e ramos. Devemos ter o mesmo tipo de fé, a mesma vontade de dar tudo o que pudermos, até mesmo nossas vidas, se necessário, para a grande causa de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

“De alguma forma, cada um de nós precisa se comprometer com o serviço do Senhor, com a mesma diligência e fé que nossos antepassados tiveram.”