Líderes gerais da Igreja compartilham lições que aprenderam com Presidente Nelson, em seu aniversário de 97 anos

Nascido no dia 9 de setembro de 1924, Presidente Nelson trabalhou como cirurgião cardíaco renomado mundialmente antes de aceitar o chamado para servir no Quórum dos Doze Apóstolos, em abril de 1984. Nos três anos e meio em que serviu como Presidente da Igreja, ele viajou 186 mil km para 35 nações em seis continentes — se encontrando com líderes governamentais e religiosos, e santos dos últimos dias em grandes e pequenos eventos — e dirigiu a Igreja durante a pandemia de COVID-19. Além de pedir aos santos dos últimos dias para coligarem Israel de ambos os lados do véu, Presidente Nelson também anunciou 70 templos, incluindo 20 deles na conferência geral de abril.

Liderança

Sessão da Conferência da tarde de sábado. O Presidente Hinckley cumprimenta os Élderes Russell M. Nelson e Dallin H. Oaks ao sair da sessão da tarde do sábado.
Sessão da Conferência da tarde de sábado. O Presidente Hinckley cumprimenta os Élderes Russell M. Nelson e Dallin H. Oaks ao sair da sessão da tarde do sábado. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Presidente Dallin H. Oaks, Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência

Tem sido emocionante servir ao lado de Russell M. Nelson por mais de 37 anos no Quórum dos Doze, e agora na Primeira Presidência. Adorei aprender com ele. Ele é um seguidor e servo exemplar do Senhor Jesus Cristo. Ele é um grande modelo para os líderes da Igreja. Ele é sempre bondoso e compassivo. Ele é sempre muito aberto e amigável.  Ele é um líder visionário, que ajuda todas as pessoas a enxergarem o fim desde o início, e a trabalharem para alcançar seu destino final. Também fui beneficiado por seu exemplo de como tomar decisões. Ele tem uma visão clara de quando um assunto requer paciência e mais discussão, mas quando chega a hora certa, toma decisões de forma rápida e decisiva.

Presidente Russell M. Nelson e Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos, lado a lado no devocional no Amway Center em Orlando, Flórida, no domingo, 9 de junho de 2019.
Presidente Russell M. Nelson e Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos, lado a lado no devocional no Amway Center em Orlando, Flórida, no domingo, 9 de junho de 2019. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

Élder Dieter F. Uchtdorf, Quórum dos Doze Apóstolos

Em 1984, Élder Russell M. Nelson e o Apóstolo Thomas S. Monson vieram à Alemanha para ensinar os presidentes de estaca e missão da área. Eu era um novo presidente de estaca e Élder Nelson tinha acabado de ser chamado como um Apóstolo do Senhor. Suas instruções eram simples, claras e pura doutrina, e seu testemunho, poderoso. Ainda tenho as anotações dessas reuniões. Para mim, elas são um tesouro precioso.

Sempre que Harriet e eu encontrávamos tempo para irmos à conferência geral em Salt Lake City, ele nos convidava, junto com muitos outros líderes da Igreja que supervisionava, para uma alegre reunião na casa da família Nelson. Suas filhas cantavam para nós na sala; o alimento espiritual e temporal era oferecido em abundância; amizades eram criadas e renovadas. Harriet e eu nunca nos esqueceremos destas horas alegres.

Naquela época e atualmente, aprendemos com Russell Marion Nelson que uma profunda espiritualidade e um grande interesse carinhoso pela vida dos outros é a marca deste servo do Senhor, agora nosso Presidente da Igreja e Profeta de Deus.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (no centro) com sua esposa, a irmã Wendy Nelson (à esquerda), Élder David A. Bednar e outros ouvem os oradores durante o Devocional Especial realizado no domingo 18 de novembro de 2018, no Alamodome em San Antonio, Texas.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (no centro) com sua esposa, a irmã Wendy Nelson (à esquerda), Élder David A. Bednar e outros ouvem os oradores durante o Devocional Especial realizado no domingo 18 de novembro de 2018, no Alamodome em San Antonio, Texas. Credit: Edward A. Ornelas, para o Deseret News

Élder David A. Bednar, Quórum dos Doze Apóstolos

Tenho observado Presidente Nelson muitas vezes, conforme ajuda habilmente as pessoas a quem lidera refletirem mais completamente sobre a mente, a vontade e o tempo do Senhor em discussões de conselhos, nas decisões que tomam e em suas caminhadas e conversas diárias. 

Creio que Presidente Nelson foi abençoado com este dom espiritual, porque o plano de felicidade do Pai Celestial e a Expiação do Senhor Jesus Cristo são o foco e o alicerce de tudo que ele faz: os pensamentos que passam em sua mente, as instruções que ele dá, as bênçãos que ele promete, as prioridades que ele enfatiza e a perspectiva com a qual ele aborda todas as situações e desafios. 

Para mim, Presidente Nelson é o maior exemplo da verdade de que devemos “buscar [o Salvador] em cada pensamento: não duvidarmos, não temermos” (Doutrina e Convênios 6:36).

Presidente Nelson cumprimenta a irmã Jean Bingham, presidente geral da Sociedade de Socorro, após a sessão geral das mulheres da 188ª Conferência Geral Semestral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências no centro de Salt Lake City, Utah, no sábado, 6 de outubro de 2018.
Presidente Nelson cumprimenta a irmã Jean Bingham, presidente geral da Sociedade de Socorro, após a sessão geral das mulheres da 188ª Conferência Geral Semestral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências no centro de Salt Lake City, Utah, no sábado, 6 de outubro de 2018. Credit: Laura Seitz, Deseret News

Irmã Sharon Eubank, primeira conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro

Pessoas têm me perguntado: O que diz seu profeta moderno no século XXI? De certa forma, aquilo que ouvimos de Presidente Nelson é bem básico, mas por outro lado, é a mensagem mais profunda de nossos tempos. A era em que vivemos está se preparando para a vinda de Jesus Cristo e Presidente Nelson tem nos dado o alicerce que mais precisamos.

  • Amarmos a Deus e amarmos uns aos outros
  • O poder curador da gratidão
  • A coligação de Israel em ambos os lados do véu
  • Arrependermo-nos e obedecermos aos mandamentos para termos alegria
  • Reverenciarmos o nome de Jesus Cristo

Para Presidente Nelson, estes não são slogans ou frases de efeito. Ele tem passado 97 anos por si só trabalhando com isto, trazendo muitas pessoas com ele, através de seu exemplo e seu amor.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e sua esposa, Irmã Wendy Nelson, à direita, junto com o Élder Quentin L. Cook do Quórum dos Doze Apóstolos e sua esposa, Irmã Mary G. Cook, em frente ao Templo de São Paulo, Brasil, durante a Turnê de Ministério pela América Latina em 31 de agosto de 2019.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e sua esposa, Irmã Wendy Nelson, à direita, junto com o Élder Quentin L. Cook do Quórum dos Doze Apóstolos e sua esposa, Irmã Mary G. Cook, em frente ao Templo de São Paulo, Brasil, durante a Turnê de Ministério pela América Latina em 31 de agosto de 2019. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Élder Quentin L. Cook, Quórum dos Doze Apóstolos

Já admirava muito Russell M. Nelson mesmo antes de conhecê-lo pessoalmente. Seu chamado para ser um Apóstolo em 1984 foi recebido com aprovação universal. O melhor cirurgião cardíaco em São Francisco, que não era membro de nossa religião, compartilhou sua profunda admiração e respeito por Élder Nelson.

A primeira designação em que servi pessoalmente com ele foi a reorganização de uma estaca em junho de 1995. Esperava que ele fosse excepcionalmente competente e um excelente professor, e ele era. Fiquei impressionado com sua notável amabilidade, sensibilidade e humildade, e maravilhado com o quão determinado ele era.

Atualmente, tenho observado Presidente Russell M. Nelson utilizar esta combinação singular de competência, determinação e humildade para abençoar toda a Igreja. Quando recebe orientação do céu, ele age de forma decisiva. Sou grato, tanto por sua liderança quanto por seu compromisso de seguir nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Presidente Russell M. Nelson e Élder Gary E. Stevenson, do Quórum dos Doze Apóstolos, falam com a imprensa após a dedicação do Templo de Concepción Chile, no domingo, dia 28 de outubro de 2018.
Presidente Russell M. Nelson e Élder Gary E. Stevenson, do Quórum dos Doze Apóstolos, falam com a imprensa após a dedicação do Templo de Concepción Chile, no domingo, dia 28 de outubro de 2018. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Élder Gary E. Stevenson, Quórum dos Doze Apóstolos

“Somos testemunhas do processo de restauração. Se vocês acham que a Igreja está totalmente restaurada, vocês estão apenas vendo o início. Há muito mais por vir. Esperem até o próximo ano, e depois, até o próximo ano. Tomem suas vitaminas, descansem. Vai ser emocionante!”

Os santos dos últimos dias no mundo inteiro foram inspirados pela gravação em vídeo dessas palavras inspiradas, proferidas pelo Presidente Nelson. No entanto, poucas pessoas conhecem as circunstâncias que levaram àquele momento. Eu estava ao seu lado.   

A dedicação do Templo de Concepción Chile marcou a conclusão de uma cansativa turnê por cinco países, em apenas seis dias. Quando Presidente e a irmã Nelson saíram do templo para serem levados até o aeroporto, alguém disse: “Presidente, sinto muito, a imprensa está reunida com a esperança de realizar uma última entrevista coletiva.” Sem hesitar, ele disse: “Tudo bem, vamos lá.” Sentamos e, com sua visão e energia características, ele nos ensinou, nos direcionou para o futuro e nos alertou para tomarmos nossas vitaminas e descansarmos, e como prometido, tem sido realmente emocionante. 

Ministração

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e élder D. Todd Christofferson do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, riem durante uma entrevista com a mídia em Hanói, Vietnã, no domingo, dia 17 de novembro, 2019.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e élder D. Todd Christofferson do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, riem durante uma entrevista com a mídia em Hanói, Vietnã, no domingo, dia 17 de novembro, 2019. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Élder D. Todd Christofferson, Quórum dos Doze Apóstolos

A importância de se estar presente no momento é uma das muitas coisas que aprendi com Presidente Russell M. Nelson. Tenho observado que em seu trabalho e interações, Presidente Nelson dedica toda sua atenção ao assunto ou à pessoa a sua frente. Ele é cuidadoso, não tem pressa e se mantém totalmente presente. Mesmo em um simples aperto de mão, ele olha atentamente nos olhos da pessoa que está cumprimentando, e durante os dois ou três segundos desse contato, isso é a única coisa que acontece em seu mundo.

A atenção exclusiva de Presidente Nelson, dedicada a cada pessoa ou coisa, estimula uma compreensão mais profunda, resultando em melhores decisões e orientações. À medida que sigo o exemplo de Presidente Nelson, estando plenamente presente em cada momento, assim como ele o faz, fico mais calmo e menos distraído, e descubro que ouço os sussurros do Espírito com mais facilidade.

A presidente Jean B. Bingham, presidente geral da Sociedade de Socorro, e o Presidente Russell N. Nelson conversam sobre o papel de mulheres na restauração do sacerdócio num vídeo apresentado durante a sessão da noite de sábado da 190ª Conferência Geral Anual no dia 4 de abril de 2020.
A presidente Jean B. Bingham, presidente geral da Sociedade de Socorro, e o Presidente Russell N. Nelson conversam sobre o papel de mulheres na restauração do sacerdócio num vídeo apresentado durante a sessão da noite de sábado da 190ª Conferência Geral Anual no dia 4 de abril de 2020. Credit: Captura de tela, ChurchofJesusChrist.org

Presidente Jean B. Bingham, presidente geral da Sociedade de Socorro

Estar com Presidente Russell M. Nelson é sempre inspirador. Seu amor se irradia completamente; seu sorriso caloroso de boas-vindas, imediatamente atrai pessoas para dentro de seu círculo. Como tive o privilégio de me aconselhar individualmente com ele, pude ver como ele se inclina para frente e seus olhos claros se concentram intensamente, com sua mente completamente envolvida em nossa conversa. Nunca deixo sua presença sem ter certeza do resultado de nosso trabalho em nome do Senhor, além de me sentir melhor comigo mesma. Ele está tão interessado em ministrar a uma pessoa quanto em fortalecer muitas delas.  

Aprecio profundamente a instrução profética e a inspiração que Presidente Nelson nos proporciona. À medida que sigo o conselho esclarecedor e direto do profeta, estou absolutamente segura de que terei maior felicidade, saúde e paz em minha vida, e tenho visto isso acontecer na vida de muitas outras pessoas. Ele é uma grande bênção para mim, para a Igreja e para o mundo! 

Élder Neil L. Andersen, à esquerda, e Presidente Russell M. Nelson, ambos do Quórum dos Doze, cumprimentam-se antes do início da sessão da tarde de sábado da 187ª Conferência Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Salt Lake City no sábado, 30 de setembro de 2017.
Élder Neil L. Andersen, à esquerda, e Presidente Russell M. Nelson, ambos do Quórum dos Doze, cumprimentam-se antes do início da sessão da tarde de sábado da 187ª Conferência Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Salt Lake City no sábado, 30 de setembro de 2017. Credit: Spenser Heaps, Deseret News

Élder Neil L. Andersen, Quórum dos Doze Apóstolos

Na primavera de 1993, apenas algumas semanas após ter sido apoiado como membro do Primeiro Quórum dos Setenta, viajei com Élder Russell M. Nelson para Pocatello, Idaho, onde nossa designação era chamar um novo presidente de estaca. Entrevistamos aproximadamente 30 irmãos na manhã de sábado, e recebemos uma resposta maravilhosa às nossas orações sobre quem deveria servir como o novo presidente da estaca.

No sábado à noite, enquanto conversávamos com os membros da estaca, fiquei surpreso por ele ter gravado em sua memória o nome de cada um dos irmãos que havíamos entrevistado. E quando os encontramos na companhia de suas famílias, ele se referiu a eles pelo nome. Pessoalmente, pude me lembrar apenas de um ou dois deles. Mais tarde, quando retornamos a Salt Lake City, lhe perguntei como pôde se lembrar dos nomes dos 30 irmãos que entrevistamos e relacioná-los com seus rostos após as entrevistas. Ele sorriu com minha pergunta e respondeu: “Neil, eu me lembro de seus nomes porque quero conhecê-los. Não há nenhuma técnica especial. Quando os amamos, nos lembramos deles.” Ele se preocupa pessoalmente com as pessoas. Isso me ajudou a ser mais atencioso com os maravilhosos santos dos últimos dias que encontro a cada semana.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala com Ella Bautista após a Conferência Distrital de Jerusalém no Centro da BYU em Jerusalém no sábado, 14 de abril de 2018.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fala com Ella Bautista após a Conferência Distrital de Jerusalém no Centro da BYU em Jerusalém no sábado, 14 de abril de 2018. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Irmã Reyna I. Aburto, segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro

Presidente Nelson tem uma notável habilidade para ministrar a cada pessoa, assim como o Salvador o faz. Conforme participo de conselhos presididos por Presidente Nelson, adoro observar o quanto ele escuta cada participante e valoriza as contribuições de cada um. Ele faz o que imagino que nosso Senhor Jesus Cristo faria: escuta com amor e com o desejo de receber revelação divina em cada reunião de conselho. 

Nossa presidência geral da Sociedade de Socorro teve o privilégio de se reunir com os membros da Primeira Presidência para discutirmos temas referentes ao reino de Deus na Terra, sobretudo para as mulheres da Igreja e do mundo. Ao nos encontrarmos com eles vimos, de forma tangível, o amor e a preocupação que nosso querido profeta tem por todos os filhos de Deus, e de maneira especial, por todas as filhas de “nossa gloriosa Mãe Eva”. 

Presidente Russell M. Nelson, à direita, e Élder Dale G. Renlund cumprimentam os visitantes presentes no devocional para membros, no dia 1º de setembro de 2018 em Santo Domingo, República Dominicana.
Presidente Russell M. Nelson, à direita, e Élder Dale G. Renlund cumprimentam os visitantes presentes no devocional para membros, no dia 1º de setembro de 2018 em Santo Domingo, República Dominicana. Credit: Cortesia Área Caribe

Élder Dale G. Renlund, Quórum dos Doze Apóstolos

Quando fui chamado para os Doze e era o membro júnior do Quórum, Presidente Nelson era o presidente do Quórum dos Doze. Eu estava sentado no círculo com todos esses irmãos incríveis, e me sentia muito inseguro o tempo todo. Em nossas reuniões, quando eu tinha a coragem de dar um “pio”, Presidente Nelson vinha até mim após a reunião e dizia: “Dale, você ‘piou’ muito bem. Continue fazendo isso.” Ele me convidou, me aceitou e me incentivou em um momento em que eu estava me sentindo muito sobrecarregado. Em retrospectiva, compreendi que “piar” não havia sido muito útil, mas ele fez de tudo para me ensinar e me encorajar. Ele me ajudou a ter confiança em meu chamado apostólico, e serei sempre grato por ele.

Presidente Russell M. Nelson e sua esposa, irmã Wendy Nelson, acenam para os participantes depois de um devocional em Lima, Peru, em 20 de outubro de 2018.
Presidente Russell M. Nelson e sua esposa, irmã Wendy Nelson, acenam para os participantes depois de um devocional em Lima, Peru, em 20 de outubro de 2018. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Presidente Bonnie H. Cordon, presidente geral das Moças

Há algum tempo atrás, após uma reunião com a Primeira Presidência, eu me levantei para sair e, sem perceber, a caneta que estava no meu colo caiu no chão. Quando voltei ao meu escritório, percebi que havia perdido minha caneta!

Menos de 10 minutos depois, uma das assistentes de Presidente Nelson trouxe minha caneta. A caneta nem sequer era importante; era o tipo de caneta barata que vem em embalagens nas quais 25 por cento delas não funcionam. Mas mesmo assim, a caneta foi devolvida. Ela disse: “Presidente Nelson percebeu que você havia deixado cair sua caneta e não queria que você ficasse sem ela.” 

Presidente Nelson é amável, mas o que o torna mais do que amável é o fato de que ele está ciente dos pequenos detalhes que abençoam a vida das pessoas. 

Presidente Russell M. Nelson abraça Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, à esquerda, enquanto Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, abraça Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, na conclusão da sessão da manhã de sábado da 188ª Conferência Geral Anual no Centro de Conferências em Salt Lake City, no dia 31 de março de 2018. Élder Soares e Élder Gong foram chamados como Apóstolos durante a sessão da manhã de sábado.
Presidente Russell M. Nelson abraça Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze Apóstolos, à esquerda, enquanto Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, abraça Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, na conclusão da sessão da manhã de sábado da 188ª Conferência Geral Anual no Centro de Conferências em Salt Lake City, no dia 31 de março de 2018. Élder Soares e Élder Gong foram chamados como Apóstolos durante a sessão da manhã de sábado. Credit: Spenser Heaps, Deseret News, Deseret News

Élder Ulisses Soares, Quórum dos Doze Apóstolos

Nunca conheci alguém tão amável e com sentimentos tão ternos quanto Presidente Nelson. Ele é uma das pessoas mais pacientes e positivas que eu já conheci na minha vida. Minha esposa e eu sempre nos sentimos amados e abraçados por nosso Salvador Jesus Cristo quando estamos perto dele. Seu semblante sempre reflete gratidão, felicidade e amor, e nos sentimos próximos a Deus e a Jesus Cristo através de nossa convivência com ele. Sua atitude carinhosa se reflete em suas decisões inspiradas e em seus conselhos.

Presidente Russell M. Nelson e a Irmã Wendy Nelson cumprimentam a família Vargas no Hyde Park Visitors Centre em Londres na quinta-feira, 12 de abril de 2018. Os meninos são Juan David Vargas Saavedra, à direita, e Joseph Daniel Vargas Saavedra.
Presidente Russell M. Nelson e a Irmã Wendy Nelson cumprimentam a família Vargas no Hyde Park Visitors Centre em Londres na quinta-feira, 12 de abril de 2018. Os meninos são Juan David Vargas Saavedra, à direita, e Joseph Daniel Vargas Saavedra. Credit: Ravell Call, Deseret News

Irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira na presidência geral das Moças

Em uma de minhas primeiras reuniões com Presidente Nelson, ele ficou na porta da sala, apertou minha mão quando entrei e disse: “Olá, Michelle.” Senti-me humilde e surpresa que ele soubesse meu nome. Quando a reunião começou, ele perguntou a cada membro de nossa presidência sobre nossos maridos, pelo nome. Esta interação aparentemente trivial causou uma impressão duradoura em meu coração. As pessoas são uma prioridade para o nosso profeta. Seus olhos estão cheios de luz e amor, e seu empenho para lembrar e usar os primeiros nomes das pessoas é uma das formas pelas quais vi seu amor se manifestar.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, abraça Tate Chan, 3, enquanto se reúne com uma família de três gerações em Cingapura em 20 de novembro de 2019.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, abraça Tate Chan, 3, enquanto se reúne com uma família de três gerações em Cingapura em 20 de novembro de 2019. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Presidente Camille N. Johnson, presidente geral da Primária

Aprendi com Presidente Nelson que podemos ministrar a “uma pessoa” — não apenas quando estamos sozinhos com ela, mas em meio a um grande grupo, e até mesmo através da tecnologia. Presidente Nelson tem uma sinceridade de propósito que reflete o Salvador. Sinto o amor do Salvador no comportamento amável de Presidente Nelson, em seu interesse sincero, no doce tom de sua voz e em seus olhos bondosos. Sua direção profética é sempre proferida com amor. O propósito único de Presidente Nelson — amar a Deus e a todos os Seus filhos — é refletido em seu semblante e em tudo que ele diz e faz. Sinto o amor ministrador do Salvador por meio de nosso querido Profeta cada vez que o vejo, ouço e leio suas palavras.

Presidente Russell M. Nelson e irmã Wendy Nelson cumprimentam as crianças após o devocional de 17 de agosto de 2018 na sede da Estaca Winnipeg Manitoba.
Presidente Russell M. Nelson e irmã Wendy Nelson cumprimentam as crianças após o devocional de 17 de agosto de 2018 na sede da Estaca Winnipeg Manitoba. Credit: Scott Taylor, Deseret News

Irmã Amy A. Wright, segunda conselheira na presidência geral da Primária

Uma qualidade marcante que acredito representar maravilhosamente, não apenas o caráter de Russell M. Nelson, mas também seu ministério, é a forma pela qual ele personifica através de palavras e ações os dois primeiros mandamentos: amar a Deus e amar ao próximo.  

Seu amor por Deus se manifesta em virtude à sua vida consagrada e repleta de fé. E, portanto, como consequência natural de seu dedicado discipulado, ele procura os marginalizados, os aflitos, os solitários, os oprimidos, os incompreendidos, os espiritualmente fracos e os perseguidos.  

Quando Presidente Nelson vê uma necessidade, ele não hesita em agir. Espero me esforçar continuamente para seguir seus passos, pois sei que ele segue os passos de nosso amado Salvador, e “Ir, e fazer o mesmo” (Lucas 10:37). 

Exemplo

Presidente Russell M. Nelson, 17º Presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e seus conselheiros, Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro, à esquerda, e Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro, à direita, riem durante uma coletiva de imprensa em Salt Lake City, Utah, na terça-feira, dia 16 de janeiro de 2018.
Presidente Russell M. Nelson, 17º Presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e seus conselheiros, Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro, à esquerda, e Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro, à direita, riem durante uma coletiva de imprensa em Salt Lake City, Utah, na terça-feira, dia 16 de janeiro de 2018. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência

Presidente Russell M. Nelson me ensinou três lições que transformam a vida por meio de seu exemplo. A primeira é que ele está sempre pronto para receber revelação e para envolver todos com quem convive para participarem do processo. A segunda é que seu amor pelas pessoas o leva a aprender e a lembrar de seus nomes. Ele se lembra de quando as conheceu, e até mesmo dos nomes de seu cônjuge e filhos! Conforme ele diz seus nomes, o tom de sua voz parece transmitir seu amor. A terceira é que ele vê Jesus Cristo no centro de tudo que é importante na Igreja e em nossa vida. Esse exemplo mudou meu serviço no reino do Senhor para melhor. Ele também teve uma influência positiva na maneira como sirvo em minha vida e em minha família.

Presidente Russell M. Nelson e presidente M. Russell Ballard, presidente em exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, falam com a mídia após a dedicação do Templo de Roma Itália, em Roma, Itália, no domingo, dia 10 de março, 2019.
Presidente Russell M. Nelson e presidente M. Russell Ballard, presidente em exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, falam com a mídia após a dedicação do Templo de Roma Itália, em Roma, Itália, no domingo, dia 10 de março, 2019. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos

Presidente Russell M. Nelson é quatro anos mais velho do que eu. Eu o admiro desde que era estudante da East High School em Salt Lake City — embora ele já tivesse se formado na época em que frequentei a escola. Ele era conhecido por seu bom exemplo e por suas metas grandiosas, que guiavam sua vida constantemente.

Fiquei maravilhado que Presidente Nelson, como estudante da Universidade de Utah, tenha concluído um curso de Medicina de quatro anos em apenas três anos, e recebido um doutorado Médico aos 22 anos de idade. As metas foram estabelecidas, e me parecia que ele as havia alcançado facilmente.

Anos atrás, quando Barbara e eu estávamos servindo nossa missão, ele participou de uma reunião de médicos em Toronto. Ele tirou um tempo para nos visitar na casa da Missão Canadá Toronto. Ele fez um esforço extra para viajar para Brampton, que fica a alguma distância de Toronto, para nos cumprimentar, nos incentivar, nos desejar felicidades e expressar seu amor e apoio. Bárbara e eu apreciamos a lembrança de seu interesse pelo bem-estar de nossa família.

Suas conquistas na Medicina são bem conhecidas, mas seu papel como pai de nove filhas e um filho é sua maior realização. Ele ama e apóia seus muitos netos e bisnetos.

Presidente Nelson é um excelente ouvinte. Ele é um professor claro e direto, e sempre lidera com o espírito de bondade e amor.

Minha admiração e amor pelo Presidente Nelson não conhece limites. Tenho a honra de servir na Igreja ao seu lado por mais de 36 anos como membros do Quórum dos Doze Apóstolos.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, consola Mateo Lauta e sua filha, Sipinga, em Nuku’alofa, em Tonga, no dia 23 de maio de 2019, depois que sua esposa faleceu.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, consola Mateo Lauta e sua filha, Sipinga, em Nuku’alofa, em Tonga, no dia 23 de maio de 2019, depois que sua esposa faleceu. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Irmã Susan H. Porter, primeira conselheira na presidência geral da Primária

Uma das muitas qualidades que Presidente Russell M. Nelson tem em abundância é sua profunda compaixão. Sempre que tenho a bênção de falar com ele, sinto seu amor e atenção total. É como se ele estivesse tentando, não apenas ouvir o que tenho a dizer, mas me entender de maneira completa. Sinto-me valorizada em sua presença. Seu coração de profeta, treinado como médico, sente o que as pessoas necessitam e discretamente oferece ajuda. Meu falecido marido, Élder Bruce D. Porter, e eu seremos sempre gratos pela compaixão de Presidente Nelson durante os desafios de saúde de Bruce. Nunca esquecerei quando o então Élder Nelson caminhou calmamente até o púlpito durante uma conferência geral, e ficou atrás de um companheiro apóstolo, que estava tendo dificuldade para se manter em pé enquanto discursava. Sinto que a compaixão de Presidente Nelson abrange todos os filhos de Deus.

Presidente Russell M. Nelson, à esquerda, e Élder Jeffrey R. Holland apreciam a vista no Centro da BYU em Jerusalém, em Jerusalém, no dia 14 de abril de 2018. Élder Holland falou dos milagres que tornaram possível o Centro da BYU em Jerusalém durante o 30º aniversário da dedicação do centro em 11 de outubro no campus da BYU em Provo, Utah.
Presidente Russell M. Nelson, à esquerda, e Élder Jeffrey R. Holland apreciam a vista no Centro da BYU em Jerusalém, em Jerusalém, no dia 14 de abril de 2018. Élder Holland falou dos milagres que tornaram possível o Centro da BYU em Jerusalém durante o 30º aniversário da dedicação do centro em 11 de outubro no campus da BYU em Provo, Utah. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Élder Jeffrey R. Holland, Quórum dos Doze Apóstolos

Uma das virtudes que sempre vi Presidente Nelson demonstrar é sua genuína e sincera amabilidade. Acho que ele deve ser o homem mais amável com quem eu já convivi — e já trabalhei com muitas pessoas boas!

Em meu chamado atual, eu o vejo praticamente todos os dias por um motivo ou outro. Nos mais de 40 anos em que o conheço, não consigo pensar em uma ocasião na qual ele tenha sido indelicado, grosseiro, rude ou insensível. Isso simplesmente não faz parte de sua natureza. Francamente, nunca o vi irritado ou furioso, ou agir com indelicadeza. Ele parece nunca “perder a calma” ou ser dominado por uma situação. Ele nunca levanta a voz ou fala mal de ninguém, independentemente do problema com o qual esteja trabalhando.

Como eu já havia dito antes: Russell M. Nelson pode ser o homem para quem a palavra “cavalheiro” foi criada.

Com o braço apoiado no ombro de Élder Ronald A. Rasband, Presidente Russell M. Nelson aponta para um grupo de jovens em um dos devocionais para membros, durante uma viagem em junho de 2018 a Alberta, Canadá.
Com o braço apoiado no ombro de Élder Ronald A. Rasband, Presidente Russell M. Nelson aponta para um grupo de jovens em um dos devocionais para membros, durante uma viagem em junho de 2018 a Alberta, Canadá.

Élder Ronald A. Rasband, Quórum dos Doze Apóstolos 

Exemplar do Livro de Mórmon em relevo que Presidente Nelson apresenta a seus visitantes.
Exemplar do Livro de Mórmon em relevo que Presidente Nelson apresenta a seus visitantes. Credit: Heather Morgan

Através de minhas designações na área de Comunicações e Assuntos Governamentais da Igreja, pude observar Presidente Russell M. Nelson interagir com reis e rainhas, presidentes e primeiros-ministros, embaixadores e ministros, líderes empresariais e educadores, e líderes religiosos de várias religiões. Presidente Nelson apresenta a esses dignitários uma cópia do Livro de Mórmon em relevo; ele compartilha as escrituras específicas que marcou e seu poderoso testemunho.

À medida que vemos Presidente Nelson incentivando os membros da Igreja a lerem o Livro de Mórmon e a coligarem Israel de ambos os lados do véu, testifico que nosso Profeta de 97 anos de idade está fazendo sua parte para cumprir as promessas encontradas em Doutrina e Convênios 1:30: “E também para que aqueles a quem foram dados estes mandamentos tivessem poder para estabelecer o alicerce desta igreja e tirá-la da obscuridade e das trevas, a única igreja verdadeira e viva na face de toda a Terra.”

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, cumprimenta o xeique Mohammad Amir e Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, cumprimenta o Dr. Mustafa Farouk em Auckland, Nova Zelândia, em 21 de maio de 2019.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, cumprimenta o xeique Mohammad Amir e Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, cumprimenta o Dr. Mustafa Farouk em Auckland, Nova Zelândia, em 21 de maio de 2019. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Élder Gerrit W. Gong, Quórum dos Doze Apóstolos

O humor leve de Presidente Nelson e sua alegria genuína em todos os momentos do dia fazem parte de sua cordialidade e de seu testemunho. Às vezes, quando Presidente Nelson revisa as atas do conselho, ele graceja com um sorriso, “graças ao meu ‘homem-ata’”. Quando Presidente Nelson sai do elevador no Edifício Administrativo da Igreja, ele às vezes assobia — só porque está feliz.  No refeitório, Presidente Nelson leva um minuto para cumprimentar cada pessoa com um sorriso e uma saudação pessoal — isso mostra apenas quem ele é e quem ele representa a cada dia.

Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, coloca seu braço em volta do Rev. Amos C. Brown enquanto a Igreja e a NAACP [Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor] anunciam uma parceria durante uma coletiva de imprensa no Edifício Administrativo da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, dia 14 de junho de 2021. A parceria fornecerá 6 milhões de dólares em ajuda humanitária, ao longo de três anos, para as periferias de cidades nos Estados Unidos, 3 milhões de dólares em doações de bolsas de estudo durante o mesmo período para o United Negro College Fund [Fundo Escolar Unido dos Negros], e uma bolsa de estudos para enviar até 50 estudantes a Gana para aprenderem sobre a história negra norte-americana e africana.
Presidente Russell M. Nelson, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, coloca seu braço em volta do Rev. Amos C. Brown enquanto a Igreja e a NAACP [Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor] anunciam uma parceria durante uma coletiva de imprensa no Edifício Administrativo da Igreja em Salt Lake City na segunda-feira, dia 14 de junho de 2021. A parceria fornecerá 6 milhões de dólares em ajuda humanitária, ao longo de três anos, para as periferias de cidades nos Estados Unidos, 3 milhões de dólares em doações de bolsas de estudo durante o mesmo período para o United Negro College Fund [Fundo Escolar Unido dos Negros], e uma bolsa de estudos para enviar até 50 estudantes a Gana para aprenderem sobre a história negra norte-americana e africana. Credit: Scott G Winterton, Deseret News

Irmã Rebecca L. Craven, segunda conselheira na presidência geral das Moças

Presidente Nelson me ensinou que os únicos rótulos ou títulos que importam são aqueles associados à família — filha, filho, irmão, irmã, mãe, pai, etc. Quando damos outros títulos a nós mesmos, colocamos nossa identidade em uma caixa que limita nosso potencial divino. Independentemente de nossos interesses ou aspirações, nosso título mais importante é filha ou filho de Deus.