Élder e irmã Bednar ensinam jovens adultos como encontrar respostas a suas próprias perguntas: Pedir, buscar e bater

Cada discípulo do Salvador Jesus Cristo tem a responsabilidade pessoal de aprender e viver as verdades que Ele ensinou, disse Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos. 

“Não devemos esperar que a Igreja, como uma organização, nos ensine ou nos diga tudo que precisamos fazer para nos tornarmos discípulos dedicados e perseveramos corajosamente até o fim”, disse ele aos jovens adultos de todo o mundo durante um evento Cara a Cara no domingo, dia12 de setembro. 

Quando Joseph Smith, de 14 anos de idade, voltou do Bosque Sagrado após a aparição do Pai Celestial e de Jesus Cristo, sua mãe lhe perguntou o que se passava.  Joseph respondeu: “Não se preocupe, tudo está bem. … “Aprendi por mim mesmo” (Joseph Smith—História 1:20).

“A experiência de Joseph no Bosque Sagrado demonstra para todos nós a importância de perguntarmos espiritualmente, buscarmos e batermos, à medida que nos esforçamos para aprender por nós mesmos e encontrar respostas para nossas próprias perguntas e preocupações”, disse Élder Bednar.

Durante o evento pré-gravado transmitido do Teatro do Centro de Conferências na Praça do Templo, Élder Bednar e sua esposa, a irmã Susan Bednar, enfatizaram o padrão “pedir, buscar e bater”, à medida que jovens adultos ao redor do mundo compartilharam experiências pessoais sobre como encontrar respostas para perguntas através do Espírito Santo. 

Lições de eventos Cara a Cara anteriores

Élder e irmã Bednar começaram a transmissão apresentando três jovens adultos que foram impactados de forma significativa pelos princípios do evangelho ensinados durante os eventos Cara a Cara anteriores. 

Thricia, uma jovem adulta nas Filipinas, explicou que teve dificuldades para permanecer engajada em seu estudo do evangelho enquanto passava por alguns desafios pessoais. Ela começou a assistir a vários eventos da Igreja, incluindo o Cara a Cara de junho com Élder Neil L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos. 

Naquela transmissão, Élder Andersen perguntou a uma jovem adulta solteira chamada Marcela, o que significava ser intencional em sua fé. A resposta de Marcela inspirou Thricia a continuar fazendo as coisas pequenas e simples que a aproximam do Salvador.

Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, e sua esposa, a irmã Susan Bednar, apresentam um evento Cara a Cara no Teatro do Centro de Conferências em Salt Lake City, transmitido no domingo, dia 12 de setembro de 2021.
Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, e sua esposa, a irmã Susan Bednar, apresentam um evento Cara a Cara no Teatro do Centro de Conferências em Salt Lake City, transmitido no domingo, dia 12 de setembro de 2021. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Decidi voltar ao estudo das escrituras, estudando-as de maneira intencional”, disse Thricia. “Obtive força dia após dia. Obtive mais poder para superar minhas fraquezas.”

Élder Austin Green, um missionário que está servindo na África, teve dificuldades aos 17 anos de idade para compreender a Expiação de Jesus Cristo. Ele conversou com seu bispo, Brent Bailey, que se sentiu inspirado a compartilhar um clipe de um evento Cara a Cara de março de 2017, com Presidente Henry B. Eyring, da Primeira Presidência, e Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos. No clipe, Presidente Eyring descreveu como a Expiação é uma extensão do Salvador; foi algo que Ele fez. 

“Isso foi exatamente o que eu precisava”, disse élder Green. 

Leia mais sobre a história dos eventos Cara a Cara: Tópicos, audiências, locais e alcance internacional

Quando Élder Bednar perguntou ao jovem missionário que participou por meio de videoconferência, o que aprendeu ao interagir com seu bispo, élder Green disse: “Aprendi a confiar que outras pessoas poderiam me ajudar a encontrar respostas para minhas perguntas, e que Deus também pode falar através de outras pessoas.”

Élder Bednar enfatizou: “Observem que [o bispo] não lhe deu a resposta; ele não podia lhe dar a resposta.” Mas ele o ajudou a utilizar um recurso. Foi a coisa certa, no momento certo, para que o Espírito Santo pudesse ajudá-lo a aprender por si mesmo.”

Uma jovem adulta chamada Emily sentiu que precisava ter um testemunho perfeito a respeito de tudo no evangelho. Em uma entrevista por vídeo com a irmã Bednar, ela disse que encontrou conforto em um evento Cara a Cara de setembro de 2020, com Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, no qual ele ensinou que é um dom acreditarmos no testemunho de outras pessoas (Doutrina e Convênios 46:14).

Durante um evento Cara a Cara transmitido no domingo, dia 12 de setembro de 2021, uma jovem chamada Emily fala sobre como ela aprendeu que seu testemunho pode ser um processo em andamento.
Durante um evento Cara a Cara transmitido no domingo, dia 12 de setembro de 2021, uma jovem chamada Emily fala sobre como ela aprendeu que seu testemunho pode ser um processo em andamento. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Ao ouvi-lo falar e ao pensar mais sobre isso”, disse Emily, “o Espírito simplesmente sussurrou a mim que tenho espaço, tempo e capacidade para crescer em minha fé.” E que um testemunho não é um produto acabado ou uma marca de verificação, mas algo que pode estar em andamento, e não há nada de errado com isso.”

‘O que vocês ouviram?’

Élder e irmã Bednar convidaram a audiência — aqueles na pequena plateia do estúdio e os participantes do Brasil, Peru, Japão, Reino Unido e outros locais ao redor mundo — a praticarem pedir, buscar e bater ao fazerem perguntas, seja presencialmente, ou em seu coração e mente. 

“Susan e eu não podemos fornecer o que vocês precisam nas respostas que damos”, alertou Élder Bednar. “Porém, conforme fazemos nosso melhor para respondermos às perguntas que vocês farão, o Espírito Santo será o professor.”

Um jovem adulto na audiência, cuja esposa faleceu recentemente de câncer, perguntou como poderia compreender a vontade de Deus para ele. Élder Bednar explicou que, desde que ele esteja perseverando no caminho do convênio — aprendendo, se esforçando para compreender, recebendo dignamente, vivendo, se lembrando e honrando os convênios e as ordenanças associadas a eles — o jovem está fazendo a vontade de Deus. 

“Enquanto conversávamos”, disse o jovem a Élder Bednar, “o Espírito me disse que tudo o que é injusto neste mundo será corrigido por meio da Expiação de Jesus Cristo”. Esta frase que o jovem adulto já tinha ouvido antes assumiu um novo significado. 

Outros jovens adultos fizeram perguntas sobre como distinguir o certo do errado, ajudar crianças pequenas a aprenderem o evangelho, discernir confirmações espirituais, se preparar para receber revelação e viver a doutrina de Cristo.

Após a discussão, Élder Bednar perguntou: “O que vocês ouviram?”   

“O Espírito falou comigo hoje”, disse uma jovem na audiência. “Pude sentir pessoalmente que Jesus Cristo me ama muito. … E conforme somos um exemplo para outras pessoas, podemos elevá-las, da mesma forma que nos sentimos elevados. Mas antes, precisamos saber por nós mesmos.”

Músicos apresentam a canção de abertura durante um evento Cara a Cara com Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, no domingo, dia 12 de setembro de 2021.
Músicos apresentam a canção de abertura durante um evento Cara a Cara com Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, no domingo, dia 12 de setembro de 2021. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Um jovem disse ter vindo ao evento esperando a oportunidade de fazer perguntas. Ele não fez nenhuma pergunta, mas recebeu respostas. 

“Quando eu pensava em fazer uma pergunta, a solução vinha repentinamente em uma resposta dada ou um pensamento, conforme ouvia as respostas de vocês, bem como as pessoas aqui conosco”, disse ele a Élder e irmã Bednar. 

Em seus comentários finais, a irmã Bednar testificou do poder e dom do Espírito Santo, e do amor do Senhor pelos jovens adultos. “Sei que nosso Salvador é nosso Redentor, que Ele morreu por cada um de nós, e que esta é uma experiência individual para cada um de nós, à medida que nos achegamos a Ele e permitimos que Seu sacrifício expiatório faça parte de nossa vida.”

Élder Bednar também testificou sobre o Salvador e Sua Expiação, expressou amor pelos jovens adultos e os elogiou por sua fé Nele. “O desejo de meu coração é que [vocês] … estejam melhor preparados para prosseguirem em um mundo cada vez mais confuso, sabendo que, ao honrarem seus convênios, vocês estarão bem. Vocês serão guiados, orientados e protegidos — eu sei que isso é verdade.”

Ele prometeu aos jovens adultos que, ao pedirem, buscarem e baterem com sinceridade e regularidade, eles serão capazes de encontrar respostas para suas perguntas e preocupações, de acordo com a vontade e o tempo do Senhor.