O que líderes da Igreja ensinaram no sábado sobre o amor de Deus, o amor a Deus e as leis de Deus

Um tema proeminente sobre o amor do Senhor e das leis do Senhor emergiu de várias mensagens no sábado, dia 2 de outubro, e primeiro dia da conferência geral de outubro de 2021.

“Nunca houve um momento na história do mundo em que o conhecimento de nosso Salvador fosse mais vital e relevante para cada alma humana”, disse Presidente Russell M. Nelson em seu discurso de abertura.

Na mensagem imediatamente após a de Presidente Nelson, Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, foi o primeiro a falar sobre o amor de Deus.

Presidente Russell M. Nelson discursa na sessão da manhã de domingo, dia 3 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Presidente Russell M. Nelson discursa na sessão da manhã de domingo, dia 3 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Quando o amor de Deus dá o tom para nossa própria vida, para nosso relacionamento de uns com os outros e, finalmente, nosso sentimento por toda a humanidade,” disse ele, “então velhas distinções, rótulos limitadores e divisões artificiais começam a desaparecer, e a paz aumenta.”

Se os santos dos últimos dias “amarem a Deus o suficiente para tentarem ser totalmente fiéis a Ele, Ele nos dará a habilidade, a capacidade, a vontade e a maneira de amar nosso próximo e a nós mesmos”, acrescentou.

Élder D. Todd Christofferson, também dos Doze, disse simplesmente: “Esta é a solução para nossos tempos de incessante disputa — o amor de Deus.”

O amor do Pai Celestial e de Seu Filho, Jesus Cristo, inclui expectativas, acrescentou ele.

“Porque Eles o amam, Eles não querem deixá-lo ‘assim como você é’”, disse Élder Christofferson. “Porque Eles o amam, Eles querem que você se arrependa porque esse é o caminho para a felicidade.”

“Mas a escolha é sua — eles honram seu arbítrio. Você deve optar por amá-Los, servi-Los, guardar Seus mandamentos. E então, Eles poderão abençoá-lo, assim como amá-lo, com maior abundância.”

E a irmã Susan H. Porter, primeira conselheira na presidência geral da Primária, reconheceu que, às vezes, pode ser difícil sentir o amor de Deus. A oração pode ajudar as pessoas a verem Sua mão em sua vida, disse ela, acrescentando: “O amor de Deus não se encontra nas circunstâncias de nossa vida, mas em Sua presença em nossa vida.”

A irmã Susan H. Porter discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
A irmã Susan H. Porter discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Presidente Nelson deu o tom na abertura da sessão da manhã de sábado, observando que as autoridades gerais e oficiais gerais que falariam durante as cinco sessões “concentrarão suas mensagens em nosso Salvador, Jesus Cristo, Sua misericórdia e Seu infinito poder redentor.”

“Nunca houve um momento na história do mundo em que o conhecimento de nosso Salvador fosse mais vital e relevante para cada alma humana”, disse ele. Ele convidou os ouvintes e espectadores a observarem três coisas durante a conferência — a verdade pura, a doutrina pura de Cristo e a revelação pura.

“Por favor, façam desta conferência um momento de banquete nas mensagens do Senhor por meio de Seus servos. Aprendam como aplicá-la em sua vida.”

Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, ressaltou não apenas o amor e o amor pelo Pai e o Filho, mas também as ações que refletem esse amor.

“Não podemos perder nosso amor e esperança em Jesus, mesmo que enfrentemos desafios aparentemente opressores”, disse ele. “O Pai Celestial e Jesus nunca se esquecerão de nós. Eles nos amam.”

Presidente M. Russell Ballard discursa na sessão da noite de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Presidente M. Russell Ballard discursa na sessão da noite de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Presidente Ballard fez referência ao fato de Cristo ter perguntado a Pedro se ele O amava; ao relacionar esta questão às pessoas de hoje, o Senhor pode estar perguntando sobre as influências que competem por tempo e atenção.

“Ele pode estar perguntando a cada um de nós se O amamos mais do que as coisas deste mundo”, disse Presidente Ballard. “Essa pode ser uma questão sobre o que realmente valorizamos na vida, quem seguimos e como vemos nosso relacionamento com familiares e vizinhos. Ou talvez Ele esteja perguntando o que realmente nos traz alegria e felicidade.”

Mais tarde, ele fez um convite: “Oro para que você responda como Pedro o fez há muito tempo: ‘Sim, Senhor; tu sabes que te amo’ e então mostre isso amando e servindo a Deus e àqueles ao teu redor.”

Ao listar sete “coisas da alma”, Élder Ronald A. Rasband ,do Quórum dos Doze Apóstolos, incluiu “ame a Deus, o Pai, e Jesus Cristo, nosso Salvador” e “ame o seu próximo” como os números 1 e 2, refletindo os dois grandes mandamentos ensinados pelo Senhor, conforme ensinado em Mateus 22:34-40.

“Quando estamos sobrecarregados de erros, dores de cabeça, sentimentos de inadequação, decepção, raiva ou pecado”, disse ele, “o poder da Expiação do Salvador é, por desígnio divino, uma das coisas que elevam a alma.”

Élder David A. Bednar discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Élder David A. Bednar discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, testificou e prometeu que honrar os convênios e ordenanças arma os santos dos últimos dias com retidão e com o poder de Deus em grande glória.

“As promessas e bênçãos do convênio são possíveis apenas por causa de nosso Salvador, Jesus Cristo”, disse ele. “Ele nos convida a olhar para Ele, vir a Ele, aprender com Ele e ligar-nos a Ele por meio dos convênios e ordenanças de Seu evangelho restaurado.”

Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, advertiu que os santos dos últimos dias que renunciam à frequência à Igreja e contam apenas com a espiritualidade individual se separam dos fundamentos do evangelho, ou seja, o poder e as bênçãos do sacerdócio, a plenitude da doutrina restaurada, as motivações e oportunidades de aplicar essa doutrina e a oportunidade de se qualificar para a perpetuação eterna de sua família.

Dizendo que a frequência à Igreja pode abrir corações e santificar almas, Presidente Oaks acrescentou: “Nossa adoração e aplicação dos princípios eternos nos aproximam de Deus e magnificam nossa capacidade de amar.”

Leia mais da cobertura da conferência geral de outubro de 2021