Buscando paz? Comece conectando-se com Cristo e servindo a outros, dizem líderes na conferência geral

Uma abundância de “boas novas” definiu a 191ª Conferência Geral Semianual.   

Mas, para muitos santos dos últimos dias, os tópicos frequentemente comentados talvez tenham ressonância mais forte: Cristo continua sendo o antídoto para as doenças predominantes de medo, adversidade e ansiedade.

“Por favor, acreditem em mim quando digo que, se nosso alicerce espiritual for construído solidamente sobre Jesus Cristo, não precisamos temer”, prometeu Presidente Russell M. Nelson em seu discurso na sessão da manhã de domingo.” À medida que formos fiéis a nossos convênios feitos no templo, seremos fortalecidos por Seu poder. 

Então, quando os terremotos espirituais ocorrerem, seremos capazes de permanecermos fortes porque nosso alicerce espiritual é sólido e inamovível.”

Muitos líderes usaram seus discursos da conferência geral para oferecer orientação e conselhos sobre como vencer as adversidades. Outros compartilharam experiências ternas, às vezes dolorosas, de suas próprias vidas.

A capacidade de ouvir a voz pacificadora do Senhor depende de sua fé, ensinou o Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência.

Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, acena para o público ao sair após a sessão da noite de sábado da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no Centro de Conferências em Salt Lake City no sábado, 2 de outubro de 2021.
Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, acena para o público ao sair após a sessão da noite de sábado da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no Centro de Conferências em Salt Lake City no sábado, 2 de outubro de 2021. Credit: Shafkat Anowar, Deseret News

“Com fé suficiente, pediremos orientação com a intenção de ir e cumprir tudo o que Ele pedir. Teremos desenvolvido a fé para saber que tudo o que Ele pedir abençoará outras pessoas e poderemos ser purificados no processo por causa de Seu amor por nós”.

Muitos dos que assistiram à conferência geral estão sofrendo com a dor precipitada por causa da COVID-19. A doença ceifou entes queridos e tirou vidas em todo o mundo.

A expiação do Salvador, testificou Presidente M. Russell Ballard, Presidente em Exercício do Quórum dos Doze Apóstolos — para todos os que estão lidando com qualquer forma de adversidade — é uma prova de que não estamos sozinhos. 

“Não podemos perder nosso amor e esperança em Jesus, mesmo que estejamos enfrentando desafios aparentemente intransponíveis. Nosso Pai Celestial e Jesus nunca se esquecerão de nós. Eles nos amam.”

Experiências pessoais

Com ternura, Élder Erich W. Kopischke, Setenta Autoridade Geral, falou sobre as dificuldades de seu filho com doenças mentais. As provações dos Kopischkes certamente são similares a muitos santos dos últimos dias.   

Depois de voltar para casa da missão antes do planejado, por causa de severos ataques de pânico, ansiedade e depressão, o filho de Élder Kopischke se sentiu sem esperanças. Ele lutou contra a culpa profunda. Ele estava espiritualmente entorpecido.

“Nesse estado irracional, nosso filho acreditava que a única coisa que restava era tirar a própria vida”, disse Élder Kopischke. “Foi necessário o Espírito Santo, e uma legião de anjos de ambos os lados do véu, para salvá-lo. 

“Enquanto ele lutava por sua vida e durante esse período extremamente difícil, nossa família, líderes da ala, membros e amigos se esforçaram para nos apoiar e ministrar.”

Durante um momento de profunda adversidade, Élder Kopischke e sua família foram motivados pelo amor ao próximo.

“Nunca senti de forma tão poderosa e pessoal o que significa consolar quem precisa de consolo. Nossa família será sempre grata por essa ajuda.”

Élder Erich W. Kopischke discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Élder Erich W. Kopischke discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Apesar de dias difíceis, Élder Kopischke e sua esposa, a irmã Christiane Kopischke, permaneceram perto do Senhor. 

“Em retrospectiva, agora vemos como o Senhor nos ensinou pacientemente em tempos de grande incerteza. Sua luz nos guiou passo a passo pelas horas mais sombrias. O Senhor nos ajudou a ver que o valor de uma única alma é muito mais importante no plano eterno do que qualquer tarefa ou realização terrena”.

Cuidem uns dos outros, acrescentou. Ministrar é um remédio comprovado para sobrepujar adversidades.

“Devemos amar uns aos outros e sermos menos críticos — especialmente quando nossas expectativas não são imediatamente alcançadas”, disse Élder Kopischke. “Devemos ajudar nossas crianças e jovens a sentir o amor de Jesus Cristo em sua vida, mesmo quando lutam para sentir pessoalmente amor por si mesmos.”

Élder Brent H. Nielson, da Presidência dos Setenta, conhece bem o poder de cura de Cristo.  

Élder Nielson era um jovem estudante universitário quando seu pai foi diagnosticado com câncer terminal. A família era fervorosa e fiel. Mas alguns meses depois dessa terrível descoberta, esse amado patriarca da família faleceu. 

Cheio de pesar, Élder Nielson encontrou paz e aumentou sua fé por meio das escrituras.

Élder Brent H. Nielson discursa na sessão da noite de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Élder Brent H. Nielson discursa na sessão da noite de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“A expiação do Salvador, que torna disponível tanto Seu poder redentor como capacitador, é a bênção suprema que Jesus Cristo oferece a todos”, disse ele. “Ao nos arrependermos de todo o coração, o Salvador nos purifica do pecado. Ao submetermos nossa vontade ao Pai de bom grado, mesmo nas circunstâncias mais difíceis, o Salvador levantará nossos fardos e os tornará leves.”

O poder do Salvador abrange pecados, feridas e provações de todos os tamanhos, ele acrescentou.

“Podemos prosseguir com fé, sabendo que, quando tempos difíceis vierem, e eles certamente virão, ou quando o pecado abranger nossa vida, o Salvador se colocará com ‘a cura em Suas asas’, nos convidando para virmos a Ele.”

Élder Anthony D. Perkins, Setenta Autoridade Geral, mencionou sua própria batalha contra o câncer para testificar que é possível encontrar esperança em meio à adversidade.  

“Enquanto em meio às provações, podemos pensar erroneamente que Deus está longe e não se preocupa com a nossa dor. “Lembro-me vividamente de minha própria experiência em um ponto da minha batalha contra o câncer, quando os médicos ainda não haviam diagnosticado a causa de algumas dores fortes.

“Sentei-me com minha esposa, com a intenção de oferecer uma oração para abençoar nosso almoço, como de costume. Em vez disso, tudo que pude fazer foi simplesmente chorar: “Pai Celestial, por favor, me ajude. Estou tão doente.’ Pelos próximos 20 a 30 segundos, eu estava envolvido em Seu amor.

Élder Anthony D. Perkins discursa na sessão da tarde de domingo, dia 3 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Élder Anthony D. Perkins discursa na sessão da tarde de domingo, dia 3 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

“Não recebi nenhum motivo para minha doença, nenhuma indicação do resultado final e nenhum alívio para a dor. Eu apenas senti Seu amor puro e isso foi e é o suficiente.”

Não há problema em chorar, acrescentou ele. “No entanto, se você se encontra em noites sombrias de sofrimento, ao escolher a fé, você pode acordar para manhãs iluminadas de alegria.”

Encontrar paz

Pontos de referência espirituais como a oração diária, o estudo das escrituras e a aproximação a Deus com humildade e honestidade podem ajudar a nos mantermos no caminho cheios de esperança, mesmo quando a escuridão se aproxima, disse Élder Dieter F. Uchtdorf, do Quórum dos Doze Apóstolos. 

“Podemos navegar através das trevas e provações desta vida e encontrar nosso caminho de volta ao nosso amoroso Pai Celestial se buscarmos e aceitarmos os pontos de referências espirituais que Ele nos proporcionou, abraçarmos a revelação pessoal e nos esforçarmos pela restauração diária,” disse ele. 

Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos, garantiu que todos os ensinamentos de Jesus Cristo apontam para uma trégua pessoal do medo e da adversidade. Alcançar a paz amando a Deus, buscando os frutos do Espírito, exercendo o arbítrio para escolher a retidão, edificando Sião em nossos corações e lares e seguindo o profeta.

“Abandonar o orgulho e escolher o Salvador nos permite ter Sua luz e Sua paz”.

O conselho de Élder Cook foi seguido por Élder Sean Douglas, Setenta Autoridade Geral, que ensinou que “a alegria ou tristeza que sentimos ao enfrentarmos as tempestades da vida está ligada às leis que Deus estabeleceu.”

Enfrente os furacões espirituais, acrescentou ele, “através da crença em Cristo e guardando Seus mandamentos”.

Élder Moisés Villanueva discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Élder Moisés Villanueva discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Élder Moisés Villanueva, Setenta Autoridade Geral, conhece muito bem a dor e o medo. Durante um período de cinco semanas, o Setenta Autoridade Geral testemunhou seu irmão, sua irmã e seu cunhado sucumbirem a doenças e outras causas.

Mas, juntamente à sua grande dor, Élder Villanueva descobriu a paz por meio da compaixão do Senhor. Ele aprendeu a ser mais empático. Ele também foi lembrado de que cuidar dos outros torna os desafios pessoais mais fáceis de serem suportados.  

“Nosso Salvador, Jesus Cristo, nos deu o exemplo durante seu ministério mortal. Em momentos de dificuldades e provações, há poucas coisas que nos trazem mais paz e satisfação do que servir a nosso próximo.”

Aprendam a confiar nas coisas da alma, acrescentou Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos. Amar a Deus, Jesus Cristo e uns aos outros. Guardem os mandamentos. Permaneçam dignos do templo. Sejam alegres. Sigam o profeta vivo de Deus.

“Quando estivermos carregados de erros, mágoas, sentimentos de inadequação, desapontamento, raiva ou pecado, o poder da expiação do Salvador é, por desígnio divino, uma das coisas que eleva a alma.”

A irmã Susan H. Porter, primeira conselheira na presidência geral da Primária, ensinou que compreender a identidade divina de uma pessoa é uma ferramenta poderosa quando as dificuldades inevitáveis ​​da vida chegam. “Quando sabemos e compreendemos o quão completamente somos amados como filhos de Deus, tudo muda.”

A oração, ela acrescentou, pode ajudar as pessoas a verem Sua mão em sua vida.

Élder Ciro Schmeil discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Élder Ciro Schmeil discursa na sessão da tarde de sábado, dia 2 de outubro de 2021, da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Credit: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Superar adversidades é normalmente um exercício de persistência, paciência e tenacidade. Élder Ciro Schmeil, Setenta Autoridade Geral, testificou a respeito do poder encontrado nos princípios básicos do evangelho: oração e estudo das escrituras. 

“O Senhor sempre me deu forças para agir e suportar mais um dia, mais uma semana e tentar novamente”, disse Élder Schmeil. “Muitas vezes, as respostas não vinham na hora. Tenho perguntas que ainda não foram respondidas, mas continuo perguntando e estudando, e estou feliz porque o Senhor continua a me dar forças para agir enquanto espero pelas respostas.”

Supere a adversidade concentrando-se onde você deseja estar, não onde começou, aconselhou Élder Clark G. Gilbert, Setenta Autoridade Geral. E sempre, ele acrescentou, envolva o Senhor no processo.”

Outro Setenta, Élder Alvin F. Meredith III, lembrou os ouvintes de que Jesus Cristo é o Salvador. “Quando estamos afundando, quando enfrentamos aflições, ou quando vacilamos, também podemos ser resgatados por Ele.”

Leia mais sobre a conferência geral de outubro de 2021

Participantes entram no Centro de Conferências antes da sessão da manhã de domingo da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Salt Lake City no domingo, 3 de outubro de 2021.
Participantes entram no Centro de Conferências antes da sessão da manhã de domingo da 191ª Conferência Geral Semianual de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Salt Lake City no domingo, 3 de outubro de 2021. Credit: Jeffrey D. Allred, Deseret News