Sejam testemunhas de Deus sem vacilarem, ensina Élder Rasband no devocional da Ensign College

Quando Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, começou a encerrar seu discurso no Fórum Inter-religioso do G20 em Bolonha, Itália, algumas semanas atrás, ele percebeu algo. Ele tinha falado a líderes religiosos sobre sua tradição de fé em comum de compromisso com Deus e caridade. No entanto, nenhum dos oradores antes dele fechou em nome da Divindade.    

Ele se perguntou em sua mente: “Devo apenas dizer obrigado a este grupo e me sentar, ou encerro em nome do Senhor Jesus Cristo?”

No entanto, “Como uma testemunha especial de Jesus Cristo, chamada a dar testemunho Dele a todo o mundo, eu sabia que o Senhor me faria dizer Seu nome para concluir minha mensagem”, disse ele. “E então, eu fiz.”

Todos os membros batizados de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, como Élder Rasband, têm a bênção de tomarem sobre si o sagrado nome de Jesus Cristo e servirem de testemunha de Deus “em todos os momentos e em todas as coisas e em todos os lugares em que vos encontreis,” (Mosias 18:9). Tudo que dizem e fazem reflete seu desejo de serem contados como Seus discípulos. 

Falando aos alunos da Ensign College em um devocional realizado no Assembly Hall na terça-feira, 26 de outubro, Élder Rasband convidou todos os presentes a “servirem de testemunhas de Deus, sem vacilarem”.

Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, fala aos alunos da Ensign College e ao público em geral, durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021.
Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, fala aos alunos da Ensign College e ao público em geral, durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Suas observações foram inspiradas e podem ser resumidas por Salmos 16:8: “Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim: … nunca vacilarei.” 

Pedro, um dos apóstolos de Jesus Cristo, O negou três vezes nas últimas horas da vida do Senhor. “Sinto muito por Pedro”, disse Élder Rasband. “Ele havia afirmado sua lealdade muitas vezes; ele havia corajosamente afirmado que nunca negaria o Cristo. Porém, sob a pressão dos guardas, da multidão e do caos, sua determinação enfraqueceu. Percebendo o que tinha feito, ele saiu dali e chorou.”

Mas o exemplo de Pedro mostra que, mesmo que alguém vacile, “podemos nos erguer e nos tornar firmes e imutáveis ao defendermos o Senhor”, disse Élder Rasband. “Após a morte e ressurreição do Salvador, Pedro e seus companheiros apóstolos foram espancados, ameaçados de morte e mandados que não falassem mais em nome de Jesus.”

Em resposta, Pedro e os outros apóstolos saíram “regozijando-se de terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo nome de Jesus. E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar, e de anunciar Jesus Cristo” (Atos 5: 40-42).

Uyiosa Iduma, Jacob Hatch e Raskita Taylor, alunos da Ensign College, ouvem Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, discursar durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021.
Uyiosa Iduma, Jacob Hatch e Raskita Taylor, alunos da Ensign College, ouvem Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, discursar durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

O discipulado de cada pessoa começou no Conselho no Céu, quando o plano do Pai Celestial foi apresentado e Jesus Cristo deu uma passo à frente para ser o Salvador. 

“Meus jovens amigos, nós estávamos lá”, disse Élder Rasband. “Escolhemos naquele conselho estar com nosso Senhor, vir à Terra e ser valentes na causa de Cristo, ser fiéis à Sua Igreja, Seu evangelho, Seus profetas e nossos próprios convênios. Prometemos nos esforçar para sermos como o Salvador para que, no julgamento final, possamos ser considerados dignos de receber a exaltação na presença de nosso Pai”.

Nos últimos dias e horas do ministério mortal do Salvador, Ele tomou sobre si os pecados, dores e enfermidades de cada pessoa; Sua Expiação começou com Seu sofrimento no Jardim do Getsêmani e terminou com Sua Ressurreição. O tempo todo, “Ele pensava naqueles que seriam abençoados por Sua Expiação”, disse Élder Rasband.

Cada pessoa carrega consigo um peso de pecados, erros e convênios quebrados. A força para superar toda essa dor vem do Salvador e de Sua Expiação.

Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, fala aos alunos da Ensign College e ao público em geral, durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021.
Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, fala aos alunos da Ensign College e ao público em geral, durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

“Recorrer ao poder da Expiação do Salvador não é uma experiência de fim de vida, quando alguns fazem as pazes, com medo do que está por vir”, disse Élder Rasband. “É para hoje e amanhã e todo amanhã depois disso.”

O Senhor prometeu: “E também aliviarei as cargas que são colocadas sobre vossos ombros, de modo que não as podereis sentir sobre vossas costas, … e isso eu farei para que sejais minhas testemunhas no futuro e para que tenhais plena certeza de que eu, o Senhor Deus, visito meu povo nas suas aflições.”(Mosias 24:14).

Élder Rasband falou sobre Joseph Smith como alguém que fez a obra do Senhor, prestando seu testemunho “de que Joseph Smith foi chamado por Deus, o Pai, e Seu Filho, Jesus Cristo, para ser Seu primeiro Profeta da Restauração”.

Joseph Smith recebeu revelação para a Igreja e para as pessoas. Uma dessas revelações foi dada a Oliver Cowdery e se encontra na seção 6 de Doutrina e Convênios. O Senhor lhe ordenou: “[Sê] diligente; apoia fielmente meu servo Joseph em qualquer circunstância difícil em que se encontrar por causa da palavra” (Doutrina e Convênios 6:18).

“’Fiquem ao lado de Joseph’”, repetiu Élder Rasband. “Este não é apenas um bom pensamento; é um mandamento. Vocês fazem isso?”

Alunos da Ensign College e membros do público em geral ouvem Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, falar durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021.
Alunos da Ensign College e membros do público em geral ouvem Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, falar durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Ter um testemunho de que Joseph Smith foi chamado por Deus é fundamental para nossa fé e testemunho de Jesus Cristo e de Sua Igreja, disse Élder Rasband. Se o seu testemunho dessa verdade vacilar, estude as escrituras e os ensinamentos daqueles que estão fazendo a obra do Senhor. “Ore e busque um testemunho do Espírito Santo de que Joseph foi divinamente chamado e guiado e, então, fique do lado dele.”

Élder Rasband compartilhou o exemplo de uma amiga sua que passou por uma grande dor emocional e tristeza depois que uma pessoa querida dela se afastou da Igreja. Ela se voltou para as escrituras, o templo e a oração para continuar em seus esforços justos e não permitir que a amargura ou contenda a derrubassem.

Certo domingo, enquanto cantava os hinos “Eu Sei Que Vive Meu Senhor” e “Assombro Me Causa” com a congregação de sua ala, as palavras a tocaram e o Espírito encheu seu coração.

“Ela pensou nessas palavras redentoras, ‘Por mim sua vida deu… Por mim tão humilde Seu sangue Jesus verteu’, e percebeu que eram destinadas a ela, naquele momento, não por qualquer pecado de sua parte, mas por um (…) coração dolorido”, Élder Rasband disse. “Ela descreveu que literalmente a dor passou e não voltou.”

Tal alívio vem por meio da “fé em Jesus Cristo, obediência e arrependimento”, disse ele. “Quando exercemos fé, somos elevados por causa da Expiação infinita do Salvador.”

Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, fala aos alunos da Ensign College e ao público em geral, durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021.
Élder Ronald A. Rasband, do Quórum dos Doze Apóstolos, fala aos alunos da Ensign College e ao público em geral, durante um devocional no Assembly Hall em Salt Lake City na terça-feira, 26 de outubro de 2021. Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Leí, Néfi, Abinádi, Alma, o pai, os 2.000 jovens guerreiros, Samuel, o Lamanita e Morôni são alguns dos muitos exemplos no Livro de Mórmon de homens que exerceram fé em Cristo, serviram como testemunhas Dele e foram elevados pela Expiação do Salvador.

Hoje, Presidente Russell M. Nelson lidera a Igreja de Cristo. Na última conferência geral, ele deu o seguinte conselho: “… agora é o momento de cada um de nós implantar medidas extraordinárias — talvez medidas jamais tomadas — para fortalecer nosso alicerce espiritual.” E continuou:  “Se desejamos suportar os perigos e as pressões que estão por vir, é imperativo que tenhamos um alicerce espiritual firme edificado sobre a rocha de nosso Redentor, Jesus Cristo.”  

Para encerrar, Élder Rasband deu uma bênção apostólica de que “vocês manterão Jesus Cristo sempre em vista, que buscarão o poder de Sua Expiação para abençoarem sua vida quando vacilarem, lutarem ou precisarem de Sua forte mão, que vocês seguirão o conselho dos profetas e apóstolos vivos ao estudarem seus ensinamentos. 

“Oro para que vocês não deixem de ser uma testemunha de Deus.”

Você pode assistir ao devocional completo, em inglês, aqui.