Líderes da Igreja ensinam que confiar no Senhor continua sendo um ‘hábito sagrado’ de discipulado

Em um momento global, definido por diferentes mensagens e postagens em mídias sociais diversificadas e barulhentas, a palavra “confiança” se tornou, indigna de confiança.

Porém, repetidamente em 2021, os líderes da Igreja tranquilizaram um público mundial de pessoas que estão enfrentando os desafios do dia a dia com uma mensagem consoladora: eles podem confiar no Senhor.

Em um discurso da conferência geral de abril de 2021, Presidente Russell M. Nelson testificou que, confiar em Jesus Cristo e em Seu evangelho é necessário “neste mundo conturbado, conflituoso e desgastante.”

A confiança no Senhor é fundamental para se tornar um verdadeiro discípulo. Como acontece com quase tudo de valor, tornar-se um discípulo cheio de confiança requer esforço. O Presidente da Igreja ofereceu cinco sugestões para qualquer pessoa que busque aprofundar sua fé e confiança no Senhor:

Primeiro, estudem as palavras de Cristo e Seus profetas e apóstolos.

“Quanto mais aprenderem sobre o Salvador, mais fácil será confiar em Sua misericórdia, em Seu amor infinito e em Seu poder fortalecedor, em Seu poder redentor e em Seu poder de cura. O Salvador nunca está tão próximo de vocês do que quando estão enfrentando ou escalando uma montanha com .”

Em segundo lugar, aumentem a sua confiança escolhendo acreditar em Cristo.

“Estudem com o desejo de acreditar em vez de terem esperança de encontrar uma falha na vida de um profeta ou uma discrepância nas escrituras. Parem de ampliar suas dúvidas debatendo-as com outros que duvidam. Permitam que o Senhor os oriente em sua jornada de descoberta espiritual.”

Terceiro, ajam com fé. “Recebam mais fé ao fazer[em] algo que exija mais fé.”

Quarto, participem das ordenanças sagradas dignamente, que “liberam o poder de Deus para sua vida.”

E quinto, “peçam ao Pai Celestial, em nome de Jesus Cristo, que os ajude.”

“[S]e todas as pessoas no mundo em quem vocês confiam e tudo o mais falharem, Jesus Cristo e Sua Igreja nunca falharão com vocês”, acrescentou Presidente Nelson. “O Senhor nunca descansa nem adormece. Ele ‘é o mesmo ontem, hoje e [amanhã]’. Ele não renunciará a Seus convênios, a Suas promessas ou ao amor que tem por Seu povo.”

“Ele realiza milagres hoje e realizará milagres amanhã.”

Demonstrem confiança em Deus aceitando Sua vontade

Presidente Dallin H. Oaks e a irmã Kristen Oaks acenam para estudantes reunidos no BYU-Idaho Center para um devocional na terça-feira, dia 16 de novembro de 2021.
Presidente Dallin H. Oaks e a irmã Kristen Oaks acenam para estudantes reunidos no BYU-Idaho Center para um devocional na terça-feira, dia 16 de novembro de 2021. Crédito: James Turcotte

Em seu devocional para alunos da Universidade Brigham Young–Idaho, em 16 de novembro de 2021, Presidente Dallin H. Oaks, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, ensinou que exercer confiança em Deus é sinônimo de exercer fé em Deus.

Comece confiando em Seu cronograma. “Quando temos fé no Senhor Jesus Cristo, devemos ter confiança suficiente Nele para aceitarmos Sua vontade, com o conhecimento de que Ele sabe o que é melhor para nós.”

A principal fonte de confiança deve ser sempre o Senhor, acrescentou Presidente Oaks.

“Algumas pessoas não confiam em ninguém, exceto em si mesmas. Algumas depositam sua mais alta confiança em um amigo ou outro membro da família, ou até mesmo em um professor, cientista ou líder político. Mas essa não é a maneira do Senhor. Ele nos disse para depositarmos nossa fé e confiança no Senhor Jesus Cristo.”

Confie no Senhor e siga Seu caminho para a vida eterna.

“Então, não importa se vocês foram chamados para serem bispos ou presidentes da Sociedade de Socorro, se são casados ou solteiros, ou se morrerão amanhã. Vocês não sabem o que acontecerá. Façam o seu melhor e depois confiem no Senhor e em Seu tempo.”

“Podemos sempre confiar em Deus”

Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, e sua esposa, a irmã Susan Gong, acenam para os presentes depois da sessão da manhã de domingo da 191ª conferência geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 3 de outubro de 2021.
Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, e sua esposa, a irmã Susan Gong, acenam para os presentes depois da sessão da manhã de domingo da 191ª conferência geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, realizada no Centro de Conferências em Salt Lake City no domingo, 3 de outubro de 2021. Crédito: Jeffrey D. Allred, Deseret News

Durante sua mensagem na conferência geral de outubro de 2021, Élder Gerrit W. Gong, do Quórum dos Doze Apóstolos, falou sobre a mesma convicção de Presidente Oaks, de que a confiança em Deus é uma extensão da fé.

Confiar no Senhor, ele ensinou, se torna real quando uma pessoa faz coisas difíceis com fé e convida as bênçãos dos céus.

“Podemos sempre confiar em Deus. O Senhor nos conhece melhor e nos ama mais do que conhecemos ou amamos a nós mesmos. Seu amor infinito e conhecimento perfeito do passado, presente e futuro tornam Seus convênios e Suas promessas constantes e seguros.”

Outro aspecto importante de se confiar em Deus é confiar em Seus milagres e em Sua inspiração para discernir com sabedoria.

“Nós podemos mudar, assim como nossos relacionamentos.”, disse Élder Gong. “Por meio da Expiação de Cristo, o Senhor, podemos deixar nosso egoísmo natural e nos tornar filhos de Deus, mansos, humildes12, cheios de fé e confiança necessária.

“Quando nos arrependemos, quando confessamos e abandonamos nossos pecados, o Senhor diz que não se lembra mais deles. Não significa que Ele se esqueça; em vez disso, de uma forma extraordinária, parece que Ele opta por não Se lembrar deles e nós também não precisamos.”

A “jornada de vida” de cada pessoa é individual, acrescentou Élder Gong, “mas podemos voltar mais uma vez para Deus nosso Pai e Seu Filho Amado por meio da confiança em Deus, uns nos outros e em nós mesmos.”

Para os missionários de tempo integral que buscam todos os dias compartilhar o evangelho, confiar em Deus é absolutamente essencial. Ao participar de um tour virtual de ministério à Área Ásia em novembro passado, Élder Peter F. Meurs, Setenta Autoridade Geral e conselheiro na presidência da Área Ásia, lembrou os missionários do poder que pode ser encontrado ao se confiar no Senhor.

“O resultado de sua missão dependerá das escolhas que fizerem”, disse Élder Meurs. “Decidam, como Néfi, agir com fé, confiar no Senhor, buscar Sua orientação para encontrarem os puros de coração e ajudá-los a progredirem e desenvolverem fé.”

Confiem no Senhor “de todo o coração”

A presidência geral das Moças: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Rebecca L. Craven, segunda conselheira.
A presidência geral das Moças: da esquerda para a direita, irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira; presidente Bonnie H. Cordon e irmã Rebecca L. Craven, segunda conselheira. Crédito: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Para os jovens santos dos últimos dias, confiar no Senhor será um esforço unificador em 2022.

O tema dos jovens deste ano foi extraído de conselhos atemporais encontrados nas escrituras antigas: “Confia no Senhor de todo o teu coração; e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:5-6).

Durante os últimos dias de 2021, o Church News se reuniu com as presidências gerais das Moças e dos Rapazes para falar sobre o tema dos jovens de 2022 e a importância de se confiar no Senhor em todos os momentos e em todas as coisas.

Confiar em alguém — incluindo no Senhor — é fruto de um relacionamento de amor.

“Se eu confio em alguém em minha vida, geralmente é porque tenho um ótimo relacionamento com esta pessoa”, disse a presidente geral das Moças, Bonnie H. Cordon. “Portanto, espero que este ano, com esses jovens tão bons, eles possam criar uma compreensão melhor de quem é o Salvador.”

A presidência geral dos Rapazes: da esquerda para a direita, o irmão Ahmad S. Corbitt, o presidente Steven J. Lund e o irmão Bradley R. Wilcox.
A presidência geral dos Rapazes: da esquerda para a direita, o irmão Ahmad S. Corbitt, o presidente Steven J. Lund e o irmão Bradley R. Wilcox. Crédito: Richard M. Romney, Revistas da Igreja

O irmão Ahmad Corbitt, primeiro conselheiro na presidência geral dos Rapazes, repetiu o conselho profético de que a confiança no Senhor é uma extensão da fé.

“Temos fé que o Senhor cumprirá Suas promessas. Então, confiamos em Seu tempo e em ‘cumprir Suas promessas’ — o que nem sempre é o que pensamos que deveria ser.”

Confiar no Senhor não é passivo, acrescentou a irmã Michelle D. Craig, primeira conselheira na presidência geral das Moças. “Confiar exige que ajamos com fé e façamos aquelas coisas pequenas e simples que fomos ensinados a fazer.”

O presidente geral dos Rapazes, Steven J. Lund, observou que às vezes os filhos de Deus não confiam no plano de felicidade do Senhor. Em vez disso, eles vagam por caminhos alternativos e perigosos. Mas confiar na maneira de Deus oferece segurança. “Se vivermos nossa vida com propósito”, disse ele, “podemos reconhecer quando estamos trilhando Seu caminho.”

Os líderes dos jovens identificaram várias ações comprovadas — aqueles “hábitos sagrados de discipulado” — que os santos dos últimos dias de qualquer idade podem utilizar em sua vida diária para desenvolver a confiança em Deus: assistir às reuniões da Igreja; receber e ponderar em sua bênção patriarcal; aceitar e cumprir designações da Igreja; e, é claro, orar e estudar as escrituras.