Como Élder Holland compara o meridiano de Greenwich com 59 anos de serviço missionário

PROVO, Utah — Élder Jeffrey R. Holland colocou os missionários de tempo integral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias com um cronômetro marcando 59 anos, sete meses, três semanas e dois dias.

Para este membro do Quórum dos Doze Apóstolos, isso marca o tempo desde que ele terminou sua missão de tempo integral na Grã-Bretanha, até quando ele falou no devocional semanal do Centro de Treinamento Missionário de Provo na noite de terça-feira, 10 de maio.

“Oro para que, daqui a 59 anos, sete meses, três semanas e dois dias, vocês sintam em relação à sua missão da mesma forma como eu ainda me sinto em relação à minha, e da maneira que eu quero que vocês se sintam esta noite, e amanhã e no dia seguinte,” ele disse.

Foi uma das muitas referências ao tempo feitas por Élder Holland, ao discursar para os quase 450 jovens adultos e missionários seniores de tempo integral no CTM de Provo, bem como para as centenas de outros que assistiram à transmissão do devocional em outros CTMs em todo o mundo.

Ele falou a respeito do Tempo Médio de Greenwich. Tempo de estudo. Tempo de vida mortal.

O Apóstolo estava acompanhado por sua esposa, a irmã Patricia Holland, que também discursou. Eles se juntaram a seu filho, Élder Matthew S. Holland, Setenta Autoridade Geral, e sua esposa, a irmã Paige Holland, bem como vários familiares e amigos.

Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, à esquerda, e a irmã Patricia Holland sorriem enquanto são apresentados no começo de um devocional pelo presidente do CTM de Provo, Benson L. Porter, no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022.
Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, à esquerda, e a irmã Patricia Holland sorriem enquanto são apresentados no começo de um devocional pelo presidente do CTM de Provo, Benson L. Porter, no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022. Crédito: Mengshin Lin, Deseret News

Tempo Médio de Greenwich e tempo de missão

Élder Holland explicou brevemente como o meridiano de Greenwich marca a longitude 0º e como o Tempo Médio de Greenwich serve como o padrão internacional de horário atual, ambos tornando Greenwich o ponto de partida dos fusos horários em todo o mundo. Ele convidou seus ouvintes missionários a fazerem de seu serviço missionário o Greenwich de sua vida.

“Se fizerem isso certo, da maneira como Deus pretende que você faça, sua vida será marcada para sempre, antes de sua missão e depois de sua missão. Será o meridiano de Greenwich em sua alma.”

Esse tem sido o caso de Élder Holland, que disse que tem pensado em sua missão todos os dias desde então, e como ela moldou e formou sua vida.

“Este princípio é verdadeiro para mim. Cada coisa significativa que tenho, tudo o que aprecio”, disse ele, listando casamento, filhos, netos, associações, oportunidades, educação e profissão, “tudo o que se somou para me tornar o que sou veio através desse pequeno, estreito, meridiano de 24 meses da minha missão.”

Ele acrescentou: “Foi isso para mim e suplico, e oro, e espero que seja assim para vocês. … Esta experiência está sendo colocada em suas mãos para que façam exatamente aquilo que querem que seja.”

Missionários fazem anotações durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022.
Missionários fazem anotações durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022. Crédito: Mengshin Lin, Deseret News

Um resumo de ‘Pregar Meu Evangelho’

Para ajudar os missionários em treinamento, Élder Holland ofereceu instruções destacadas de “Pregar Meu Evangelho”, chamando-as de “resumo”, semelhante aos resumos das placas encontrados nas escrituras.

Ele enfatizou o valor de “Pregar Meu Evangelho” em ajudar os missionários a individualizar as mensagens, em vez de recitar as seis lições que ele memorizou e ensinou como missionário seis décadas atrás.

“Vocês estão fazendo isso de uma maneira diferente”, disse ele, explicando que os missionários darão lições diferentes a diferentes pessoas, devido à diversidade de circunstâncias e necessidades. “Vai exigir habilidade, inspiração, sabedoria e todo o planejamento e preparação que vocês puderem lhes dar. Vocês precisam ser muito melhores do que eu, ou minha geração de missionários fomos, para fazer isso.”

Um desafio com responsabilidade

Ele começou com uma declaração da Primeira Presidência encontrada na introdução de “Pregar Meu Evangelho”, quando foi lançado pela primeira vez em 2004: “Queremos convidá-lo a assumir um compromisso ainda maior de ajudar nosso Pai Celestial em Sua obra gloriosa.”

Esse “desafio”, ou convite, da Primeira Presidência exige que os missionários sejam responsáveis, e não apenas durante o período do chamado, mas para sempre, disse Élder Holland.

Missionários ouvem Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, discursar durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022.
Missionários ouvem Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, discursar durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022. Crédito: Mengshin Lin, Deseret News

“A responsabilidade não vem apenas no final de sua missão. É um princípio que influencia como vocês começam, como vocês pensam e sentem sobre a responsabilidade que o Senhor lhes deu, como vocês abordam seu trabalho e quão bem vocês perseveram pelo resto de sua vida”, disse Élder Holland, citando o capítulo 8 de “Pregar Meu Evangelho”, “Como posso usar o tempo com sabedoria?”

Ele incluiu uma declaração do capítulo 1, “Qual é o meu propósito como missionário?”: “A obediência a Jesus Cristo é um compromisso vitalício.”

‘Seu Propósito’ e o evangelho de Jesus Cristo

Ele enfatizou os verbos que indicam “ação e envolvimento” em “convidar” e “achegar” e “ajudar” na seção “Seu Propósito” para os missionários, também no primeiro capítulo: “Convidar as pessoas a achegarem-se a Cristo, ajudando-as a receber o evangelho restaurado por meio da fé em Jesus Cristo e em Sua Expiação, do arrependimento, do batismo, do recebimento do dom do Espírito Santo e da perseverança até o fim.”

O Apóstolo lembrou os missionários de que seu propósito inclui o evangelho de Jesus Cristo: fé, arrependimento, batismo, confirmação, perseverança e fazer o bem, e que é ajudar as pessoas a compreenderem, tanto a queda do homem quanto a Expiação de Jesus Cristo. “Ninguém jamais deve ensinar sobre a queda do homem sem ensinar a Expiação de Cristo.”

Da esquerda para a direita, o presidente do CTM de Provo, Benson L. Porter, Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, e a irmã Patricia Holland cantam um hino durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022.
Da esquerda para a direita, o presidente do CTM de Provo, Benson L. Porter, Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, e a irmã Patricia Holland cantam um hino durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022. Crédito: Mengshin Lin, Deseret News

Lembrando aos presentes que o evangelho pode ser encontrado no Livro de Mórmon e em outras escrituras, bem como nos ensinamentos dos profetas e apóstolos, Élder Holland compartilhou três citações de “Pregar Meu Evangelho”:

  • “O Livro de Mórmon, combinado com o Espírito, é seu recurso mais poderoso na conversão. (…) Uma parte essencial da conversão é receber um testemunho pelo Espírito Santo de que o Livro de Mórmon é verdadeiro. (Capítulo 5, “Qual é o papel do Livro de Mórmon?”)
  • “A doutrina de Cristo muda a crença das pessoas e o modo como elas vivem; também orienta sua maneira de trabalhar e concentrar seus esforços.” (Capítulo 1)
  • “Tirem o Livro de Mórmon e as revelações e onde está nossa religião? Não temos nada.” (Capítulo 5, citando Joseph Smith).

Estude e ‘surpreenda’ com poder e autoridade

Ele mostrou como Doutrina e Convênios 11:21 detalha as diretrizes de estudo do Senhor: “Não procures pregar minha palavra, mas primeiro procura obter minha palavra e então tua língua será desatada; e então, se o desejares, terás meu Espírito e minha palavra, sim, o poder de Deus para convencer os homens.”

Missionárias fazem anotações durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022.
Missionárias fazem anotações durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022. Crédito: Mengshin Lin, Deseret News

Sobre o tempo de estudo pessoal e com o companheiro, ele disse: “Aquelas horas da manhã definirão o tipo de missionário que você é. Eu já disse antes… o sucesso da sua missão acontece das 6h30 às 9h30 da manhã.

Élder Holland convidou os missionários a ensinarem o evangelho pelo Espírito, com poder e autoridade.

Ele exortou os missionários a serem “surpreendentes”, observando que “surpreender” é usado frequentemente no Livro de Mórmon para descrever as ações de missionários. Ele explicou que as raízes da palavra [em inglês] remetem a “trovão.”

“Deus está disposto a armar vocês com trovões”, disse ele, acrescentando que não estava falando sobre volume ou tom de voz ou uma atuação teatral. “Este é o poder dado por Deus para ensinar, e vocês ensinam à sua maneira: pode ser uma voz mansa, delicada, quase silenciosa. … Mas ainda vem com a força de um terremoto.”

Ele convidou os missionários a saborearem, abraçarem e amarem tudo, os dias bons e os ruins, os desafios e os sucessos. “Este meridiano de Greenwich de sua alma só vai acontecer uma vez. Não percam [esta oportunidade]. Não percam um dia, não percam uma hora… porque é a própria verdade de Deus.”

Irmã Holland: Medo e fé

Em seu discurso, a irmã Holland também destacou um elemento de tempo: uma hora.

“Gostaria de poder ter cada um de vocês em minha casa, um por um, por apenas uma hora ou mais, para que eu pudesse colocar meus braços em volta de vocês e lhes dizer o quanto os Holland os amam, mas principalmente para convencê-los do tamanho do amor do Pai Celestial por vocês”, disse ela, enfatizando que a decisão de ensinar, testificar e compartilhar o evangelho é “a decisão mais importante até este ponto em sua vida.”

A irmã Patricia Holland discursa durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022.
A irmã Patricia Holland discursa durante um devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, Utah, na terça-feira, 10 de maio de 2022. Crédito: Mengshin Lin, Deseret News

Ela reconheceu que os missionários em treinamento podem se sentir inquietos e assustados no início de seu serviço. “Não há problema em sentir medo”, disse ela, acrescentando que “esta é a coisa mais real que você fará.”

Ela citou Hebreus 10:31 : “Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo”, e parafraseou o versículo 36 , que diz: “Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa.”

A irmã Holland incentivou os missionários a sempre exercerem a fé. “Fé não é realmente fé até que isso seja tudo que vocês têm para se agarrar”, disse ela.

“Sei que esta é obra de Deus. Eu sei que Ele os ama. Eu amo vocês e sei que Élder Holland também os ama, mais do que qualquer outra coisa no mundo, ele ama os missionários”, disse ela. “Nosso testemunho não é apenas algo para esperar ou acreditar, nós sabemos. Sabemos, sísteres e élderes, que este é o reino de Deus. Vocês estão fazendo o trabalho Dele e, portanto, terão Sua bênção milagrosa para estar com vocês.”