Como líderes de ala e de estaca podem coordenar o trabalho missionário, do templo e da história da família

Para fortalecer o trabalho de coligar Israel dos dois lados do véu e permitir que o bispado foque na juventude, as presidências do quórum de élderes e da Sociedade de Socorro são responsáveis pelos esforços missionários, do templo e da história da família na ala, Presidente M. Russell Ballard reafirmou. 

Uma carta do dia 26 de maio para líderes gerais e locais da Igreja, assinada pelo presidente em exercício do Quórum dos Doze Apóstolos, forneceu recomendações sobre como estes esforços podem ser coordenados dentro de alas e estacas.

O Presidente Russell M. Nelson disse que, coligar Israel é “o maior desafio, a maior causa e o maior trabalho na Terra hoje”. Este trabalho é feito nos quóruns de élderes, nas Sociedades de Socorro, quóruns do Sacerdócio Aarônico e classes das Moças. 

De acordo com a carta, líderes da ala e da estaca dirigem o trabalho missionário, do templo e da história da família das seguintes formas:

  • Cada presidência do quórum de élderes e da Sociedade de Socorro designa um conselheiro para a obra missionária e outro para o templo e história da família. 
  • No lugar do bispo, a presidência de estaca e a presidência da Sociedade de Socorro da estaca — sob as chaves do presidente da estaca — são responsáveis pela instrução das presidências do quórum de élderes e da Sociedade de Socorro sob suas responsabilidades.
  • Os líderes da estaca também treinam líderes de missão da ala e líderes do templo e da história da família (se forem chamados). Membros do comitê do Sacerdócio de Melquisedeque e sumo conselheiros ajudam no treinamento. 
  • O bispo se certifica de que o trabalho esteja sendo coordenado nas reuniões de conselho da ala e conselho de jovens da ala. 

Treinamento e coordenação à nível de estaca

Para coordenar a obra missionária, o presidente da estaca e o presidente da missão normalmente coordenam mensalmente — conselheiros, sumo conselheiros designados e líderes de zona podem participar. Para coordenar o trabalho do templo e da história da família, o presidente da estaca e o presidente do quórum de élderes se encontram regularmente — mais uma vez, conselheiros e sumo conselheiros designados podem participar. 

Missionário: Sob a direção da presidência de estaca, auxiliada pelo comitê do Sacerdócio de Melquisedeque da estaca e pela presidência da Sociedade de Socorro da estaca, o treinamento pode ser realizado em grupos ou por orientação individual, sempre que necessário. Membros designados das presidências do quórum de élderes e da Sociedade de Socorro, e líderes de missão da ala participam quando convidados. 

Templo e história da família: O treinamento pode ser realizado de forma similar, com líderes do templo e da história da família da ala participando, quando convidados, no lugar de líderes de missão da ala.

Treinamento e coordenação à nível de ala

O trabalho do templo e da história da família é discutido nas reuniões de conselho da ala, sob a direção do bispo. 

Missionário: Uma discussão missionária breve e informal é realizada semanalmente, de forma remota ou em pessoa, e é dirigida por um membro da presidência do quórum de élderes (ou líder de missão da ala). Os participantes incluem: um membro da presidência da Sociedade de Socorro, um assistente no quórum dos sacerdotes, um membro da presidência da classe mais velha das Moças e os missionários de tempo integral. 

O propósito é coordenar e preparar para ajudar os membros da ala com a obra missionária na ala, incluindo visitas em pessoa. 

Templo e história da família: Uma discussão breve e informal de coordenação do templo e da história da família é realizada regularmente de forma remota, ou em pessoa, e é dirigida por um membro da presidência do quórum de élderes (ou líder do templo e da história da família da ala). Os participantes incluem aqueles listados acima, com os consultores do templo e da história da família, no lugar dos missionários de tempo integral.

O propósito é coordenar e preparar para ajudar os membros da ala com seu próprio trabalho do templo e história da família.