Como os jovens do mundo todo têm se reunido virtualmente durante a pandemia de COVID-19

Pouco depois dos missionários começarem a retornar para casa devido à pandemia de COVID-19, a Estaca Christchurch Nova Zelândia realizou um devocional virtual para jovens missionários. Os missionários compartilharam suas experiências e testemunhos e responderam às perguntas dos jovens.

“O devocional missionário deu aos jovens a oportunidade de interagirem com missionários servindo recentemente, sentirem o Espírito e, com sorte, fortalecerem seu próprio testemunho e desejo de servirem uma missão”, disse Jeff Clendon, presidente dos Rapazes da estaca e sumo conselheiro.

Os missionários também se beneficiaram ao relatarem suas experiências e sentirem apoio durante um momento difícil para retornarem para casa.

A estaca mais tarde fez um pequeno teste com os jovens usando o Zoom. Os participantes enviaram as respostas usando o chat. Este teste foi uma oportunidade divertida para os jovens se “encontrarem” com os seus líderes e encorajarem o “espírito de equipe” dentro das alas, Clendon disse. 

Clendon observou que é mais fácil para os jovens se sentirem isolados durante estas difíceis circunstâncias. “O contato regular com seus líderes e amigos da Igreja os mantém engajados com o evangelho e com o programa para Crianças e Jovens, assim como apoia seu desenvolvimento espiritual”, disse.

Embora jovens e crianças de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias não tenham conseguido se encontrar fisicamente por alguns meses devido às preocupações com a COVID-19, muitos descobriram maneiras criativas de se reunirem virtualmente. Veja aquilo que algumas alas e estacas têm feito pelo mundo todo.

Atividades virtuais dos jovens

Gabriela Pires da Rocha, 16 anos, da Ala Pinhais em Curitiba, Brasil, disse que os jovens de sua ala têm se encontrado online duas vezes por semana para o seminário. Os missionários de tempo integral em sua área, recentemente planejaram uma atividade missionária virtual de quatro partes para os jovens. Eles testaram seu conhecimento das escrituras, jogaram em grupo e compartilharam nas mídias sociais como encontram paz em Cristo. 

A juventude da Ala Pinhais em Curitiba, Brasil, posa para uma foto divertida durante o seminário realizado através do Zoom, no dia 26 de maio de 2020.
A juventude da Ala Pinhais em Curitiba, Brasil, posa para uma foto divertida durante o seminário realizado através do Zoom, no dia 26 de maio de 2020. Credit: Gabriela Pires da Rocha

“É tão legal ver como o Senhor provê vários meios para que consigamos continuar aprendendo sobre o evangelho”, disse. 

Na Estaca Mayagüez Porto Rico, a presidente das Moças da estaca, Betsy González, disse que os jovens continuaram a realizar atividades semanais através de várias plataformas online. 

Algumas atividades recentes focaram na nova proclamação bicentenária que o Presidente Russell M. Nelson anunciou na Conferência Geral de abril. Os jovens da estaca recentemente compilaram um vídeo recitando a proclamação.

Jovens santos dos últimos dias no Porto Rico compartilham “A Restauração da Plenitude do Evangelho de Jesus Cristo: Uma Proclamação Bicentenária ao Mundo.”

A estaca está planejando um devocional virtual para os jovens sobre a Restauração, e a Área Caribe está planejando uma conferência virtual em toda a área, baseada no modelo do For the Strength of Youth (FSY). 

“É tão difícil para os jovens neste momento lidarem com todos estes problemas e distanciamento social sozinhos”, González disse. “Estamos incentivando para que convidem outros amigos e não-membros, que também estão em isolamento social, para que possam se juntar a nós nestes devocionais e atividades.”

Moças da Ala Canyon Rim 2 em Salt Lake City, Utah, recentemente participaram de um concurso virtual de decoração de cupcakes (bolinhos). 

Leslie Walker, secretária na presidência das Moças, disse que ela e outras líderes entregaram a massa do cupcake (bolinho) e as instruções para a atividade na casa de cada jovem. As moças enviaram uma foto dos seus cupcakes (bolinhos) prontos até uma data específica e o bispado julgou as criações. 

A atividade foi um sucesso para todos envolvidos. “Acho que aprenderam que ainda podemos fazer coisas. Não precisamos ficar totalmente isolados”, Walker disse. “Ainda existem coisas que podemos fazer para tentar ficar e estar juntos, mas de forma segura.”

Uma moça da Ala Canyon Rim 2 em Salt Lake City, Utah, segura um cupcake (bolinho) que decorou durante uma atividade virtual de jovens, em maio de 2020.
Uma moça da Ala Canyon Rim 2 em Salt Lake City, Utah, segura um cupcake (bolinho) que decorou durante uma atividade virtual de jovens, em maio de 2020. Credit: Cortesia do Bispo Marc Child

Hazel Shumay, de 15 anos, segunda conselheira na presidência de classe das Moças, disse que a atividade a ajudou a se sentir mais unida com as moças. “Algumas vezes, você se sente bem sozinha. Então, é bom saber que mesmo que não consiga ver as moças, ainda existe esta comunidade que está animada para vê-la quando a quarentena acabar. Faz você se sentir mais apoiada.”

O bispo Marc Child acrescentou: “Eles precisam de conexão. É parte disto. Todos precisamos ser tocados e saber que somos importantes. Precisamos permanecer engajados nisto. Isto é crucial. E eu também preciso vê-los. Preciso saber como estão indo.”

Acampamentos virtuais de jovens

As Moças da Estaca Charlotte Carolina do Norte Sul estão planejando realizar um acampamento virtual em julho. A diretora de acampamento da estaca, Suzy Pierson, disse que estão incorporando as circunstâncias especiais para fazer do acampamento virtual uma experiência edificante e inesquecível.      

“Estamos chamando de ‘acampamento em caixa’”, Pierson disse. Cada moça receberá uma caixa com suprimentos para atividades e classes, assim como uma camiseta do acampamento, programação e um bilhete de suas líderes. As moças mais velhas, servindo como líderes jovens de acampamento, terão um grupo de moças mais novas para encontrarem virtualmente. 

Pierson já notou algumas vantagens inesperadas do acampamento virtual. Por exemplo, as classes são normalmente limitadas pelo tempo ou recursos no acampamento. Mas neste ano, as líderes jovens de acampamento podem ensinar quantas classes quiserem. As moças receberão links para as gravações das classes em que se inscreverem.

Embora um show de talentos virtual e uma reunião de testemunho virtual pareça diferente, Pierson espera que as atividades deem às moças que normalmente não se sentem à vontade, “seu momento de brilhar e serem fortalecidas”.

“Apesar de não podermos estar juntas fisicamente, e isto está partindo o coração de muitos de nós, não há razão para cancelar (o acampamento) deste ano”, Pierson disse. “Há tanto crescimento. Há tanto aprendizado. … Então, vamos torná-lo memorável da melhor forma possível. Este ano será inesquecível.”

Acampamento de jovens em 2020 pode ‘entrar para a história’, diz a presidência geral das Moças

Os rapazes da Estaca Birmingham Alabama também estão planejando um acampamento virtual. Os planos incluem um devocional pré-gravado e atividades em cada uma das quatro áreas do programa para Crianças e Jovens (espiritual, social, intelectual e físico). 

“Queremos garantir que estamos dando a todos uma oportunidade de fazerem algo que gostem e apreciem”, disse David Galloway, presidente dos Rapazes e sumo conselheiro da estaca. 

Independente dos desafios da pandemia, ele espera que os jovens vejam que “Vocês podem fazer limonada com limões.”  

“Vocês ainda podem tirar o máximo de proveito deste momento que estamos passando, sem simplesmente desistir e dizer, ‘Ei, não podemos fazer nada’. Claro, não podemos fazer o acampamento de forma tradicional, mas se uma pessoa for inspirada a ser e agir melhor por meio de algumas destas atividades, então por que não fazê-lo?” Galloway disse. 

Atividades virtuais da Primária

Crianças da Ala 1 de Mountain Shadows em Português, Estaca West Jordan Utah Mountain Shadows, participaram de uma atividade virtual de exercícios físicos na semana passada, através do Zoom. 

O filho de Vanessa Lagemann participa de uma atividade da Primária através do Zoom, em maio de 2020. Os Lagemanns moram na Ala Mountain Shadows 1 em português, Estaca West Jordan Utah Mountain Shadows.
O filho de Vanessa Lagemann participa de uma atividade da Primária através do Zoom, em maio de 2020. Os Lagemanns moram na Ala Mountain Shadows 1 em português, Estaca West Jordan Utah Mountain Shadows. Credit: Vanessa Lagemann

A líder de atividades da Primária, Vanessa Lagemann, disse que explicou os benefícios dos exercícios físicos e mostrou vídeos apropriados do YouTube para as crianças dançarem. Alguns pais participaram. As crianças têm participado de atividades virtuais cerca de uma vez por mês desde o surto da COVID-19. 

“Acho que é importante para elas”, disse Lagemann, continuarem a realizar atividades para as crianças. “Pelo menos elas podem dizer ‘oi’ e ver que todos estão bem, que ficaremos bem e que estamos apenas nos ajustando.”

Diretrizes para reuniões virtuais de jovens e crianças

Para ajudar os jovens, adultos e líderes da Primária a continuarem a planejar reuniões virtuais, a Igreja recentemente planejou diretrizes para usar ferramentas móveis e de web:

  • “Atividades para Jovens por meio de Ferramentas Móveis e de Web e Reuniões Virtuais”
  • “Atividades para Crianças por meio de Ferramentas Móveis e de Web e Reuniões Virtuais”

Os princípios incluem focar em alcançar as necessidades individuais, familiares e locais; ter consideração por crianças e jovens que possam não ter acesso digital; e seguir as políticas de segurança da Igreja e as “Diretrizes de Atividade e Serviço” para crianças e jovens.

“Aconselhem-se juntos e busquem revelação para adaptar atividades para que possam ser realizadas digitalmente. Os jovens frequentemente terão soluções”, afirmam as diretrizes para os jovens. 

Práticas de segurança online incluem evitar usar fornecedores e sites desconhecidos, compartilhar informação pessoal online e exibir fotos de pessoas sem autorização. Líderes devem participar de todas as atividades virtuais e os pais devem estar cientes das atividades para que possam ser responsáveis pela segurança online de suas crianças e jovens. 

Para mais ideias de atividades, verifiquem artigos no aplicativo Viver o Evangelho ou visite o site para Crianças e Jovens.